Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

rolo de queijo e fiambre com apenas 3 ingredientes, um jantar fácil e ideal para as crianças

Ninguém merece perder as últimas horas de domingo a cozinhar! Tudo o que queremos é um jantar fácil e rápido para conseguirmos aproveitar a noite para ver em loop a nossa série preferida. A Mansão Mistério está totalmente rendida ao This is Us, por isso, tentamos jantar cedo, para vermos e revermos a série em família.

E esta receita, do blog The Comfort of Cooking, só precisa de 3 ingredientes: massa de pizza, fatias de fiambre fininhas e queijo mozzarella ralado. Pode ainda acrescentar, se gostar, mas já é opcional, salsa fresca e servir com mostarda ou molho de rábano.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para cerca de 8 fatias, espreite aqui a receita original.

3-IngredientBaked-HamandCheeseRollups-3.jpg

 

 

noodles de courgette com pesto de abacate, um jantar delicioso com apenas 214 calorias!

Agora é assim até ao verão! Tem de ser. Primeiro foi o Carnaval, depois foi a Páscoa, tudo é um pretexto na minha vida para adiar ou arruinar a minha dieta. Pois é, agora não há volta a dar. Está estudado e cientificamente provado que o melhor dia para recomeçar uma dieta de vez é na segunda-feira a seguir ao domingo de Páscoa. Sim, confesso que sou eu a autora desse rigoroso estudo, porque, como é público, sou uma experimentalista por natureza. É que os remorsos e as culpas são tantos quanto o número de amêndoas e ovos de chocolate que ingeri ontem por minuto. Por isso, hoje é o dia de todos os recomeços. E vou começar por pedir ao meu querido Marido Mistério para fazer esta maravilhosa e saudável receita do blog Eat Yourself Skinny, que tem nada mais nada menos do que apenas 214 calorias por porção.

Só preciso de azeite e de seis courgettes já espiralizadas (se ainda não comprou um spiralizer, vá comprar a correr porque é fundamental para quem está de dieta). E para o molho, vou precisar de dois abacates maduros, folhas frescas de manjericão, alho, pinhões, sumo de limão, sal, pimenta preta e mais azeite.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 8 pessoas, espreite aqui a receita original.

avocado-pesto-7-700x1050.jpg

 

 

salmão no forno com molho de manteiga e limão, o jantar ideal para o dia de hoje

Para a grande maioria dos portugueses, Sexta-Feira Santa é dia de jejum ou de comer peixe. Jejum, tento eu fazer todos os dias sem grande sucesso, mas um peixinho é sempre bem vindo, sobretudo se for salmão, um dos meus poucos vícios saudáveis. Fé ou tradição, o que importa é que é um excelente ritual por dois motivos: primeiro porque adoro peixe e segundo porque não engorda.

Esta receita do blog Natasha’s Kitchen demora menos de meia hora a fazer e é simplesmente deliciosa.

Só precisa de lombos de salmão, sal, pimenta, azeite e salsa. Para o molho, uma cebola ou duas chalotas picadas, sumo de limão fresco, vinho branco seco, natas e manteiga.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 a 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

Baked-Salmon-with-Lemon-Cream-Sauce-8-600x900.jpg

 

 

 

tarte de manteiga de amendoim, só porque sim!

Esta é claramente uma receita para a desgraça. Mas a Páscoa está a chegar e anda por aí muita gente em jejum (por opção, que é uma coisa que eu admiro, porque, já eu, ando o ano todo a tentar fazer jejum forçado sem qualquer resultado prático) e o Domingo de Páscoa é dia de festa e de muitas asneiras alimentares! E porque não, em vez do típico Folar da Páscoa, fazer de sobremesa esta espetacular tarte de manteiga de amendoim que descobri no New York Times?

Terá de ser o meu prendado Marido Mistério a confecionar tamanha obra de arte da culinária mas eu vou às compras para não o sobrecarregar!

Ele só precisa, para a base, de manteiga sem sal derretida, açúcar, cacau em pó, farinha e sal. Para o recheio, vou comprar: natas, manteiga de amendoim, queijo creme, açúcar mascavado, extrato de baunilha e sal. E ainda... chocolate semi-amargo partido em pedaços e mais manteiga sem sal para a cobertura!

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, espreite aqui a receita original.

08COOKING-CHOC-PEANUT-BUTTER2-articleLarge.jpg

 

 

como cozinhar salmão ao vapor no forno: uma receita de um chef 3 estrelas michelin que só leva 2 ingredientes

É provavelmente a maneira mais deliciosa e suculenta de cozinhar lombos de salmão fresco. E também a maneira mais fácil. O autor desta estrondosa invenção é o chef francês Michel Bras, orgulhoso detentor de três repenicadas estrelas Michelin, desde 1999, graças ao seu famoso restaurante Le Suquet.

Metade do segredo para o sucesso deste salmão está em encontrar um tabuleiro fininho para colocar o salmão no forno. A outra metade está na água que vai hidratar o peixe, deixando-o suculento e irresistível por dentro. Mas o melhor é começar pelo início. E é para isso que está aqui a fantástica receita compilada pelo sempre respeitável The New York Times. Tudo o que vai precisar é de salmão e cebolinho – além, claro, de sal e pimenta para temperar.

22WOLFERT5-articleLarge.jpg

 

pistácios de caril tostados, um aperitivo com um leve toque indiano para esta páscoa

Sou fanática por pistácios. Adoro. Mas confesso que me irrita solenemente o vício em que se tornam. Porque é que, depois de uma pessoa meter o primeiro à boca, só consegue parar quando a taça fica vazia? É completamente irracional. Bem, eu sou totalmente irracional no que toca a comida. E esta receita, que descobri no ótimo site The Kitchn enquanto procurava aperitivos originais para a Páscoa, prevê-se ser mais uma desgraça para a minha malfadada dieta.

Tudo o que vai precisar é de geleia de agave, óleo de coco, sumo de lima, caril em pó, pimenta caiena, raspas de uma lima, pistácios com casca e uma colher de sopa de açúcar. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

53250cf6dbfa3f3a10002336._w.540_s.fit_.jpg

 

 

tostas com queijo de cabra, favinhas e ovo escalfado, uma entrada ou um prato principal?

Guerra é guerra. Desde que a Jovem Misteriosa aqui do lado preparou uma entrada à Downton Abbey para me tentar achincalhar na cozinha à frente da minha própria mãe, teria que ter evidentemente uma resposta à altura. E uma resposta à altura, no meu caso de basquetebolista da Reboleira, é uma resposta a grande altura.

Peguei neste escultural corpinho de lutador de sumo e dirigi-me vagarosamente até à despensa onde encontrei um maravilhoso frasco de favinhas fritas em azeite que tinha comprado no supermercado a seguir ao Natal. Munido das favinhas, mergulhei na Internet em busca de uma receita digna da Senhora, Minha Mãe. E foi assim que encontrei esta preciosidade do Tiny Inklings.

Só precisei das benditas favinhas, de sumo de limão, pão de sementes, alho, queijo de cabra, ovos, flor de sal e pimenta moída. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

Fava_2.jpg

 

 

frittata de cogumelos, queijo feta e espinafres, um jantar delicioso para fazer em 10 minutos

Sou fã desta invenção que se chama “frittata”, que basicamente é uma quiche sem base, logo sem massa folhada, logo engorda menos! Esta receita é ideal para quando chega a casa tarde e cansado e sem paciência para fazer o jantar. Demora 10 minutos a fazer. Leu bem: 10 minutos. A autora do blog Love Grows Wild sugere esta maravilha para o pequeno-almoço (e ainda dizem que eu como muito? Deus me livre!) mas eu acho que vou fazer hoje ao jantar! Sim, vou arriscar e vou dar uma folga ao meu querido Marido Mistério. Afinal esta receita é tão fácil de fazer como odiar o Donald Trump.

Só preciso de manteiga sem sal, espinafres baby, cogumelos frescos fatiados, ovos, leite, quejo feta, sal e pimenta.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 8 pessoas, espreite aqui a receita original.

Spinach-Mushroom-Feta-Frittata-1.jpg

 

 

rolinhos de frango recheados com alho e ervas, um jantar fácil que só suja uma frigideira

Sinto-me quase como o Bruno de Carvalho a falar dos árbitros. Eu sei que pareço obcecado com frango para o jantar de segunda-feira, mas, confesse lá, existe prato mais prático e multifacetado do que este?

Então, não responde?

Calculei que a resposta fosse essa. E é exactamente por isso que hoje, a primeira segunda-feira do santo mês de Abril, o jantar na Mansão Mistério será... galinha. É o máximo que eu posso fazer para variar. Especialmente desde que vi esta irresistível receita de peitos de... galinha com manteiga e ervas no fabuloso site Food52.

Tudo o que vou precisar para fazer esta beleza de prato é de peitos de galinha (se lhe quiser chamar frango, eu também não levo a mal), sal, pimenta, alho, salsa, tomilho e manjericão frescos e picados, manteiga, farinha, azeite, vinho branco e limão. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

fde3f792-69b4-45c9-b07a-15cc9e54ad0d--2014-0103_WC

 

 

panquecas de legumes com ovo escalfado, um jantar original para este domingo

A obsessão por panquecas da nossa Família Mistério já é sobejamente conhecida pelos nossos queridos leitores. Estou convencida de que já esgotámos as receitas de panquecas que existem por essa Internet fora para o pequeno-almoço. Mas eis se não quando descubro esta incrível receita no site Edible San Francisco: panquecas de legumes? Ao princípio, o meu querido Marido Mistério achou que eu tinha enlouquecido, mas bastou-lhe olhar para a fotografia que se segue para vestir o avental e tomar conta da cozinha.

Ele só precisou de farinha, bicarbonato de sódio, sal, pimenta preta, pimenta caiena, couve-flor picada, brócolos picados, salsa e cebolinho picados, queijo cheddar ralado, um ovo, leite, ovos (para escalfar) e azeite. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

cauliflower-pancakes-kathleen-korb.jpg

 

 

a massa preferida na mansão mistério: noodles de arroz ultra fininhos sem glúten, com frango e chalota crocante

Tenho uma confissão a fazer. Ainda não é desta que vou desvendar a identidade da minha querida e ilustre Mulher Mistério, mas preparo-me solenemente para fazer uma revelação ainda mais grave: estou a ficar viciado em massa de arroz vermicelli. Mais do que viciado, estou a ficar verdadeiramente obcecado.

Está a ver aquela massa fininha, branca, leve e macia que quase se perde na boca? Aquela massa divinal que a minha querida Mulher Mistério aspirou no restaurante do Henrique Sá Pessoa, no Mercado da Ribeira, em Lisboa, a acompanhar um tataki de salmão? É essa mesmo. E, ainda por cima, é das coisas mais fáceis de fazer: só precisa de despejar água a ferver por cima e esperar uns cinco minutos. E não tem glúten. Nem gordura.

Hoje, vou aproveitar uma fantástica receita do site Bon Appétit para fazer uns fabulosos noodles de arroz vermicelli para o jantar. Tudo o que vou precisar é dos noodles de arroz vermicelli (que consegue encontrar, por exemplo, no El Corte Inglés), peitos de frango (de preferência, ainda com osso e pele), uma chalota grande, óleo vegetal, um pimento jalapeño picado (se gostar de picante), alho picado, sumo de lima espremido no momento, molho de peixe sem glúten, açúcar mascavado, nabo e rabanetes laminados muito fininhos e manjericão. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

efb426b849df2cd1cc2717a5615ccca0.jpg

 

5 receitas maravilhosas para transformar chips de batata doce num jantar fácil durante a semana

Tudo começa com uns deliciosos palitos ou rodelas de batata doce no forno. Depois, escolhe qual o acompanhamento que preferir. Mas aqui o ingrediente principal é batata doce. É claro que a minha querida Mulher Mistério já puxou do seu autoritarismo semi-nazi para impedir todo e qualquer tipo de fritos. Por isso cá em casa as batatas doces fritas passaram rapidamente a batatas doces no forno. A grande vantagem é que ficam quase iguais e engordam metade do que deviam. 

Tudo o que é preciso fazer, para seguir este guia semanal da batata doce, é da batata doce propriamente dita. Corte-a em palitos, ou em rodelas muito fininhas, salpique-os com um fio de azeite, flor de sal e pimenta e leve-os ao forno, pré-aquecido a 200º C, durante 20 a 30 minutos, até ficarem tostados e estaladiços (cuidado porque quanto mais fininhos menos tempo podem ficar no forno).

Preparadas as batatas, tem aqui cinco divinais sugestões para transformar a sua batata doce frita num jantar de sonho. É só escolher.

 

Batata Doce com Queijo Brie e Bacon

Brie-and-Brown-Sugar-Bacon-Sweet-Potato-Fries-2.jp

Juntar batata doce frita com queijo no mesmo prato é como juntar o Rambo e o Rocky no mesmo filme. Esta ideia fenomenal é do blog Cooking for Keeps e é tão simpes como isto. Corte a batata doce em rodelas fininhas com a ajuda de um cortador. Pincele um tabuleiro com azeite e espalhe as rodelas de batata doce por cima. Misture numa taça açúcar mascavado com mostarda em pó e pimenta caiena. Envolva seis fatias fininhas de bacon nesta mistura. Coloque o bacon por cima de uma grelha com um tabuleiro por baixo, para onde vai pingar a gordura. Coloque o bacon no terço inferior do forno, pré-aquecido a 200º C, e as rodelas de batata doce no terço superior. Deixe durante 15 minutos. Vire as rodelas de batata doce e retire o bacon. Deixe a batata doce mais cerca de 10 minutos no forno. A ideia é que tanto a batata doce como o bacon fiquem crocantes. Reduza o forno para os 180º C.

Deixe as fatias de bacon arrefecer ligeiramente, depois parta-as em pedaços e espalhe-as por cima da batata doce, juntamente com queijo brie cortado em cubos e com o que sobrou do açúcar mascavado. Leve ao forno durante uns cinco minutos só até o queijo derreter e o açúcar caramelizar. E pode servir. Veja esta receita divinal completa aqui.

 

 

camarão com molho de manteiga e alho, tomate seco e espinafres: mamma mia, que delícia!

Hoje acordei com desejos de camarão. Não, não se preocupe, não vem aí mais um mini-misterioso. Eu é que, grávida ou não, sempre tive desejos de comida. Pensando bem o meu querido Marido Mistério também tem… mas é mais de bebida, sobretudo de gin tónico.

Mas voltando aos camarões, tenho sempre um saco dos ditos no congelador para alguma emergência, como é o caso de hoje. Não planeei o jantar mas os camarões vão safar-me das queixas de que o jantar é sempre a mesma coisa: frango ou salmão. Hoje, não só vou variar, como vou arrasar, já que descobri esta espetacular e apetitosa receita do blog Cafe Delites.

Só preciso de manteiga com sal, alho picado, camarões ou gambas, uma cebola picada, vinho branco (opcional), tomate seco, leite magro ou de amêndoa (se preferir), sal, pimenta, espinafres baby, queijo parmesão ralado, amido de milho, ervas aromáticas e salsa picada. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

Creamy-Garlic-Butter-Tuscan-Shrimp-101.jpg

 

 

frango assado com molho de queijo derretido, um jantar divinal para fazer em meia hora

IMG_9029.jpg

Porque é que eu haveria de fazer um simples frango assado para o jantar se posso fazer um divinal frango com um fabuloso molho de queijo derretido por cima? A pergunta atormenta esta pobre alma desde que a AEG nos desafiou a reinventarmos uma receita clássica portuguesa: o tradicional frango assado com molho de manteiga.

Confesso que sou fã incondicional do frango assado no churrasco, mas em casa tenho dois obstáculos inultrapassáveis:

  1. A minha querida Mulher Mistério é uma feroz adversária do programa do churrasco, especialmente no Inverno;
  2. A minha querida Mulher Mistério – sempre ela, essa tirana do lar – proíbe todo e qualquer jantar que demore mais de 30 minutos a fazer, aos dias de semana, durante as aulas.

Por isso, só me restou uma alternativa: pensar numa receita de frango assado com molho de manteiga que fosse deliciosa, prática, fácil de fazer – e que não deixasse a minha querida Mulher Mistério com o humor do Donald Trump cada vez que vê um jornalista à frente. 

Primeiro, reduzi o frango a uns bons e suculentos peitos – algo que há sempre na Mansão Mistério. Depois, levei-o a assar no forno com um molho de manteiga reinventado – com natas e queijo. O resultado é um jantar que se prepara em menos de meia hora e que deixou os mini-misteriosos cá em casa em estado de euforia. 

Melhor ainda: pode aprender a fazer esta maravilha vendo este vídeo de 50 segundos, filmado por nós numa fantástica cozinha AEG. Não lhe disse que era fácil?

 

 

salmão marinado com doce de alperce e mostarda dijon: quem disse que segunda-feira é um dia para esquecer?

A semana só agora começou mas nem tudo são más notícias. Já faltou mais para o fim-de-semana: só faltam 4 dias e umas horitas, não é verdade? E só por isso já me apetece celebrar. Eu sei, sou a pessoa mais otimista do mundo, mas a primavera começou hoje e automaticamente caiu em mim uma sensação de felicidade instantânea. De tal forma, que não me sai da cabeça o tema dos Monty Python: “Always look on the bright side of life”.

Assim, vou pedir ao meu querido Marido Mistério para fazer esta deliciosa receita do blog Closet Cooking para o jantar. É facílima e, em 15 minutos, tem à sua frente um jantar de fazer inveja a qualquer chef de restaurante. Além disso, um prato destes melhora o humor de qualquer um.

Só precisa de lombos de salmão, doce ou compota de alperce, mostarda em grão, mostarda de Dijon, molho de soja light, sumo de lima, gengibre ralado e alho picado. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

Apricot Dijon Glazed Salmon 800 3042.jpg