Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

chegou o sushi de kit kat e não é nada mau – mesmo!

170201120850-sushi-kitkat-32222881190-o-exlarge-16

Calma, respire fundo. O mundo já esteve melhor, eu sei. Donald Trump já foi apenas a estrela de um reality show e o sushi já foi simplesmente peixe e arroz. Mas não se exalte, porque não há motivos para isso. O título deste post é bastante mais alarmista do que o resultado final. De facto, a Kit Kat resolveu lançar um sushi de chocolate. De facto, parece uma mistura horripilante. Mas, na verdade, é bastante mais delicioso do que possa imaginar ao ler o título tabloidista aqui em cima.

Apesar de parecer um rolo de sushi, estas novas invenções que foram lançadas ontem no Japão são feitas com uma divinal base de arroz tufado envolvido em chocolate branco com um invejável toque de wasabi. Não há cá o verdadeiro arroz de sushi, há um maravilhoso e estaladiço arroz tufado que poderia estar em qualquer doce de alta pastelaria. Além disso, a cobertura de chocolate branco dá-lhe uma consistência crocante irressistível e o sabor a wasabi fica sempre bem quando combinado com um chocolatinho.

 

chegou a descoberta do ano: um garfo que dá um gosto salgado à comida sem ter de lhe pôr sal

image.jpeg

É a última grande invenção do mundo da culinária. Na verdade, é mais uma invenção do mundo da tecnologia do que da culinária, mas eu temo que daqui a uns anos seja tudo a mesma coisa. Investigadores da Universidade de Tóquio, no Japão, inventaram um garfo que consegue recriar o gosto salgado na sua boca sem adicionar um único grama de sal à comida.

Tudo isto podia ser só uma loucura passageira de aspirantes a Einsteins se o garfo não andasse já a percorrer as ruas da capital japonesa em restaurantes pop-up.  Na semana passada, a agência de publicidade J. Walter Thompson organizou dois dias de jantar sem sal. À refeição, foram servidos cinco pratos totalmente insossos que deveriam ser degustados com o novo garfo. As reacções foram um sucesso.

 

 

hambúrguer de rã, a última moda no japão (isto, sim, é engolir um verdadeiro sapo)

Está tudo doido. O museu Orbi Yokohama, em Tóquio, lançou um menu, no mínimo, bizarro para celebrar a abertura de uma exposição de animais venenosos e, claro, mortíferos. O Menu Rã é constituído por uma sanduíche de um destes amorosos anfíbios fritos, num pão preto feito com tinta de carvão de bambu. O pior são as perninhas de fora. Não aguento. Não sei se seria capaz de experimentar.

2675EB8C00000578-2986230-image-a-36_1425902852952.

Os visitantes do museu são convidados a observar 25 animais venenosos diferentes vindos dos vários cantos do planeta, como aranhas, raias, e outras criaturas simpáticas. A tour termina com uma visita à cafetaria para os mais aventureiros se deliciarem a engolir, literalmente, um sapo. Como diria a minha avó: cruzes, credo! Esta iguaria, de edição limitada, pode ser comprada pelo tentador preço de 6 euros aproximadamente, e garantem os responsáveis do museu que é bastante menos tóxico do que os amigos expostos ali mesmo ao lado. O pão preto não é original. O Burger King, no Japão, já tinha lançado um hambúrguer do género em 2014. Se não conseguirem engolir estas perninhas proeminentes, os visitantes podem sempre pedir o Doce de Ovo de Rã, por pouco mais de 4 euros, que tem ovos de rã e uma rã feita de tofu de amêndoa e gelatina.