Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

passei três dias a fazer a dieta do momento: o jejum intermitente... e não é que emagreci?

Vingança divina, só pode ter sido. Não bastasse ter de ir às Finanças, antes das férias, tratar de assuntos muito maçadores, fiquei na fila ao lado de um “avaliador de condição corporal” em plena missão “evangelizadora”. Com um físico digno de um ringue de wrestling, bastaram-lhe dois segundos para ter percebido que não, não faço ginástica! (corro de um lado para o outro, não chega?) e que estou de dieta (sou capaz de ter comentado alto o quanto me apetecia um croissant de chocolate quando tirei, com um ar tristíssimo, uma maçã da carteira). Foi o gatilho para uma conversa bizarra em que me sugeriu (com bastante autoridade, diga-se!), que experimentasse o jejum intermitente. Jejum intermitente? Agoro como, agora não como, agora já como e depois não como??? Imaginei um sinal de jejum a piscar, pareceu-me uma coisa estranha e a abordagem do especialista entroncado, bem... mais estranha ainda.

appetite-1239056_960_720.jpg