Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

crackers de maçã com queijo, nozes e romã, o aperitivo mais saudável deste natal

Prepare-se porque estes são provavelmente os mais fáceis, os mais rápidos e os mais saudáveis aperitivos que vai encontrar este Natal. São uma ótima ideia para receber os seus convidados com requinte sem os engordar! A ideia é do blog Fool Proof Living e demora 5 minutos a fazer.

Só vai precisar de maçãs (quanto mais doces melhor), queijo creme ou blue cheese (ou ambos), aipo cortado em fatias muito fininhas, cebolinho picado, nozes tostadas e picadas, romãs, mel e tomilho fresco para decorar.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 10 a 12 pessoas, espreite aqui a receita original.

Cheesy-Apple-Bites-Image-2-6323.jpg

 

 

papas de aveia cozidas com banana e maçã para fazer em 3 minutos no microondas

Nas manhãs de escola, esta casa parece Angola nos dias que correm. É uma verdadeira revolução: há correrias para todos os lados, casacos a voar, lutas à porta da casa-de-banho, assaltos aos armários uns dos outros e, no meio de tudo isto, claro, nunca sobra tempo para um pequeno-almoço de jeito.

Pois bem, hoje vou armar-me em José Eduardo dos Santos e pôr esta casa na ordem. E a primeira medida coerciva é um pequeno-almoço decente, como não podia deixar de ser. Para começarmos a semana nos trinques, como dizia o Timóteo d'Alembert, da Tieta, vou fazer umas facílimas e hiper-rápidas papas de aveia no microondas, do fabuloso blog Food & Whine.

Tudo o que vou precisar é de flocos de aveia instantâneos, sementes de linhaça moídas, um ovo, leite, banana esmagada, maçã em cubinhos, mel e canela. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

IMG_0353.jpg

 

 

maçãs assadas no forno com molho de canela, uma sobremesa vegan e sem glúten para celebrar a chegada do outono

Não sei se sou a única mas francamente já me apetece que chegue o outono. Não me leve a mal, eu adoro calor, mas já tenho saudades de uma lareira acesa, daqueles pratos reconfortantes feitos no forno, com abóbora ou batata doce, de castanhas assadas… ou de sobremesas como esta que descobri no ótimo blog Minimalist Baker. Feita com ingredientes naturais e sem açúcar nem glúten, esta receita é vegan, facílima e deliciosa. Demora 10 minutos a preparar e uma hora no forno.

Só precisa de maçãs médias a grandes, sumo de limão, óleo de coco, açúcar de coco, canela em pó, gengibre ralado, uma pitada de noz-moscada, amido de milho, sumo de maçã ou água e uma pitada de sal. Para servir, tenha à mão chantilly de coco ou gelado de coco ou de baunilha.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

AMAZING-Cinnamon-Baked-Apples-10-ingred-1-bowl-NATURALLY-SWEETENED-Tender-Delicious-bakedapples-vegan-plantbased-fall-applesglutenfree-refinedsugarfree-8-768x1152.jpg

 

 

uma panqueca que parece um soufflé? ou será um bolo de maçã? é tudo isto e muito mais…

Alguém me explica como é que é possível hoje ser já segunda-feira outra vez? Quem alinha num referendo ou numa petição, qualquer coisa que nos ajude a prolongar o fim-de-semana para três ou quatro dias? Tenho a certeza de que a minha produtividade disparava!

Bem, enquanto isso não acontece, vamos enfrentar a dura realidade de que hoje é outra vez o primeiro dia da semana. E sinto que estou a precisar de um incentivo para aumentar a minha energia e produtividade para começar bem esta segunda-feira. Bendito blog Love and Lemons que trouxe até mim esta receita deliciosa. É uma panqueca com uma consistência de soufflé e, só por isso, é irresistível. E é tão fácil de fazer que vou arriscar e vou eu (sim, leu bem, eu) para o fogão!

Só preciso de manteiga, maçãs descascadas e cortadas às fatias, açúcar mascavado, canela, ovos, leite de amêndoa (ou outro qualquer), farinha (pode ser normal ou de espelta), fermento e açúcar de confeiteiro para decorar.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 a 3 pessoas, espreite aqui a receita original.

IMG_0026-2.jpg

 

 

carpaccio de maçã com chocolate e manteiga de amendoim, um snack para improvisar em 5 minutos

Nunca escondi a minha solene embirração com maçãs. Coitaditas, não fazem mal a ninguém. Antes pelo contrário, fazem muito bem à saúde. Lá diz o ditado: an apple a day keeps the doctor away. De facto, a maçã é idolatrada por muita gente, desde o Newton aos nutricionistas, há uma irritante unanimidade em relação a este fruto. Não me levem a mal. Eu até gosto, só que comparada com outras frutas, está claramente em primeiro lugar no pódio no que toca a maçadoria e falta de graça. Mais eis que tropeço nesta ótima receita do blog Trial and Eater que eleva uma simples maçã a todo um outro nível. E em cinco minutos, consigo fazer uma sobremesa deliciosa, fácil, sem glúten e deliciosamente saudável.

Apple-nachos-chocolate-peanut-butter-Trial-and-Eater-1.jpg

 

 

fatias de maçã com granola, chocolate e manteiga de amendoim: um pequeno-almoço original e nutritivo

A autora desta receita, do blog The Comfort of Cooking, podia ser minha alma gémea. Já a estou a imaginar a olhar para as maçãs que tem lá em casa com um ar tão infeliz como eu olho para as minhas que sou obrigada a trincar entre refeições com uma bolachinha graças à minha interminável dieta. A criativa Georgia pegou nas maçãs e transformou-as num espetacular snack para as crianças e num autêntico atentado para a minha fatídica missão de emagrecer.

Ela usou duas maçãs cortadas em fatias (cerca de 8), manteiga de amendoim, granola, canela em pó e pepitas de chocolate preto. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 16 a 20 fatias, espreite aqui a receita original.

ChocolatePeanutButterGranolaAppleBit6_thumb1.jpg

 

 

pudim de chia com maçã e canela, uma receita vegan para me penitenciar dos meus pecados

Segunda-feira é dia de começos e de recomeços. Para mim, é sempre dia de recomeço de dieta porque invariavelmente desgraço-me toda durante o fim-de-semana. Ontem até um cozido à portuguesa marchou! Assim, não vou longe, não. Estou aqui estou numa daquelas reuniões de gordos anónimos da Kate do This is Us. Mas para evitar que isso aconteça, hoje recomeço a dieta, com esta espetacular receita do blog Hello Glow. Demora 15 minutos a fazer e vale mesmo a pena porque é uma delícia super saudável. É doce, ligeiramente picante e é vegan. Ideal para manhãs frias, aquece-nos o corpo e a alma. E pode usar o seu leite preferido e optar por outros frutos como pêssego que fica ótimo com cardamomo ou ameixas com noz-moscada, por exemplo.

Só vou precisar de leite de coco ou de amêndoa, extrato de baunilha, sementes de chia, flocos de coco, maçãs sem caroço fatiadas e canela em pó.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 1 a 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

Apple-Cinnamon-Chia-Pudding.jpg

 

 

tostas de tahini, maçã, mel e tomilho, um pequeno-almoço original e... tão bom!

Tahini. Não, tagine. Não, não é tagine, é tahini. Ah! não é gralha? Não, não, é tahini mesmo. Sim, esta conversa de surdos aconteceu entre mim e mim própria. Assumo a minha ignorância, nunca tinha ouvido falar em tal coisa até descobrir esta delícia aqui. Pois bem, tahini é uma pasta de sementes de sésamo. Pode fazer-se em casa (se quiser aprender deixo a receita no fim do post) ou comprar nos supermercados indianos, no Martim Moniz, em Lisboa. Para mim, sementes de sésamo, maçãs e tomilho são sinónimo de dieta rigorosa.

Ok, esta receita do fantástico blog Tasty Yummies tem pão e mel, mas o pão pode ser escuro e o mel pode ser pouco, por isso, esta é uma ótima ideia para incluir na minha eterna dieta, ou não?

Tudo o que vou precisar é de pão torrado (escuro para mim, o que preferir para si), maçã cortada em fatias fininhas, tahini, mel, raminhos de tomilho fresco e flor de sal. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

15126890497_a30c036770_c.jpg

 

 

maçãs recheadas no forno com iogurte gelado, uma sobremesa com cheirinho a outono

“An apple a day keeps the doctor away” e eu estou determinada a fugir dos médicos como o diabo da cruz. O ditado não especifica se temos de comer a maçã sozinha, crua e sem graça, por isso, acho que esta receita do blog Camille Styles se encaixa perfeitamente na minha dieta saudável. A vantagem das maçãs no forno é que sabem a tarte de maçã sem a habitual farinha e o temível açúcar! E dá muito menos trabalho!

Só preciso de maçãs, flocos de aveia, alperces secos picados, arandos secos, sementes de abóbora tostadas, nozes pecan, canela em pó, noz-moscada, cravo da índia, sal, xarope de ácer, óleo de coco e iogurte gelado ou crème fraîche para servir. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

Stuffed-Apples-74-683x1024.jpg

 

 

duas fantásticas sobremesas de última hora para fazer em 8 minutos no microondas (e são só para uma pessoa)

Desde que vi, pela primeira vez, este sketch da Porta dos Fundos que penso sempre duas vezes antes de proferir a palavra "sobremesa" cá em casa. Para mim, é impensável cometer a ousadia de questionar o que a minha querida Mulher Mistério me coloca à frente nos raros dias em que Ela fica responsável pelo fogão. Quando não gosto, levanto-me discretamente e vou até à cozinha preparar qualquer coisa rápida. 

E é aqui que está o segredo da minha felicidade: passo metade dos meus dias a procurar receitas rápidas e simples para fazer uma turbo-sobremesa quando percebo a desgraça que Ela planeou para o jantar. No outro dia, descobri estas duas receitas do fantástico site Spoon University para fazer em oito minutos no microondas. Com uma vantagem: são sobremesas só para uma pessoa. E com outra vantagem extra: ambas têm maçã – o que me transforma a mim na Branca de Neve e a Ela na Bruxa Má da cozinha.

 

Crumble de Maçã e Canela

10204620713_e64b67546f_b.jpg

 

panquecas de maçã, o brunch perfeito para as férias

Quando estou de férias, o que mais gosto é de acordar tarde. Mas tarde mesmo, quase à hora de almoço. E, por isso, em vez de um pequeno-almoço, tomar um brunch. É uma grande maçada... E um brunch digno desse nome tem de ter o quê? Panquecas, obviamente! Eu sei, eu estou de dieta. Mas não é para mim. Tenho uma prole de férias para alimentar. E eles vão adorar esta original receita do site brasileiro Bolsa de Mulher. Só preciso de 2 ovos bem batidos, leite, farinha de trigo, fermento em pó, sal, açúcar, 3 maçãs médias raladas, óleo vegetal e açúcar refinado para polvilhar. Se quiser saber as doses certas destes ingredientes, espreite aqui a receita original.

Receita de panquecas de maçã.jpg

 

duas receitas saudáveis e surpreendentes com maçãs, perfeitas para a dieta

Uma maçã por dia… já sabe o resto da frase…é isso: não sabe o bem que lhe fazia! As maçãs são ricas em antioxidantes e fibras e têm pouco açúcar, são as melhores amigas de pessoas como eu, que ainda percorrem esse duro e eterno calvário que é a dieta. Não há nutricionista que não adore uma maçã a meio da manhã ou a meio da tarde. Por isso é que eu fui à procura das formas mais originais e surpreendentes de comer uma maçã ao longo do dia. Estas receitas são da incontornável Martha Stewart.

 

Sanduíche de Maçã com Amêndoas e Mel 

challah-apple-bread-167-d111217_vert.jpg

Mais saudável é difícil: experimente, nesta sanduíche, substituir o odiado pão pelas fatias de maçã. Eu sei que a receita original tem pão, mas vamos esquecer essa tentação do demo! Corte as maçãs em fatias e disponha-as num prato ou numa travessa. Coloque por cima amêndoas tostadas e um fio de mel. Tão bom, não é?

 

fatias de maçã desidratadas com blue cheese e amêndoas, o aperitivo mais saudável de sempre

Original, saudável, deliciosa e, ainda por cima, chiquérrima. Por favor ergam uma estátua à autora desta receita incrível, do blog Little Rusted Ladle! Que aspeto maravilhoso e, ainda por cima, permitida pelo mais tirano dos nutricionistas: fatias de maçã desidratadas com toppings deliciosos e originais, todos saudáveis, claro. E o melhor de tudo? Demora quase o mesmo tempo a preparar do que a pôr em taças os amendoins, cajus e tremoços do costume.

Só precisa de fatias de maçãs desidratadas, uma chávena de blue cheese cortado em pedaços de cerca de 1 cm, alperces secos cortados em 6 fatias cada, framboesas secas, amêndoas, e manjericão fresco ou microgreens para decorar. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, veja a receita completa aqui.

apple.jpg

 

salada de pera com roquefort, um almoço light para depois dos excessos da páscoa

Pronto. Foi tão bom, não foi? Acabou o que era doce. Voltei a fechar a boca ou, pelo menos, a tentar fechá-la. A vida é assim: uns dias cometemos pecados, noutros tentamos cometer poucos. Mas hoje estou tão cheia ainda das atrocidades que ingeri ontem que até me apetece comer uma saladinha. Mas uma saladinha divinal, pois claro, como esta do ótimo blog Verses From My Kitchen.

Só preciso de duas peras e meia maçã cortadas muito fininhas, queijo Roquefort, folhas de agrião, pistácios picados, sal e pimenta moída. Para o molho, vou usar natas azedas, vinagre de vinho branco, maionese, uma pitada de sal, alho, queijo Roquefort e pimenta moída. Se quiser saber as quantidades certas destes ingredientes para duas pessoas, espreite aqui a receita original.

pear-salad-b2b.jpg

 

e o melhor gin do mundo (acabadinho de ser eleito) é...

1240209_880169822001423_1246817181547495104_n.jpg

Há quem vibre com a Liga de Futebol, há quem vibre com a noite dos Óscares, eu vibro com a eleição dos Melhores Gins do Mundo. E hoje foi eleito o melhor gin de 2016. Por isso, estou aqui, de smoking nos ombros e copo na mão, para brindar ao magnífico Martin Miller's Westbourne Strength. É uma espécie de Ronaldo da Martins Miller's e ganhou a gigantesca prova cega deste ano, organizada pelo The Drinks Report, o mais prestigiado site para profissionais de bebidas.

Antes de abrirmos a garrafa e começarmos a servir, deixe-me só dizer-lhe que esta votação se divide em três etapas ao longo das quais um gigantesco painel de jornalistas, bartenders, donos das principais destilarias e especialistas internacionais avaliam cada gin sempre com os olhos vendados. E este ano escolheram este Westbourne Strength que, além de ser destilado naqueles que são considerados os Rolls Royce dos alambiques, ainda é levado até à Islândia onde lhe é acrescentada água extraída dos glaciares e que é conhecida como a água mais pura do mundo.

Mas, para não me tornar no José Hermano Saraiva dos copos, o melhor é seguir em frente e dar três receitas diferentes para servir este gin deslumbrante.