Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

gelado de iogurte com manga e pistácio (quem vai estragar a dieta hoje, quem é?)

Alguém resiste a este calor sem um geladinho? Eu até resistiria se não tivesse em casa quatro bocas esfomeadas a implorarem por um lanche diferente. Como estão a estudar para os testes eu faço tudo para lhes agradar... ou melhor, admito, reconheço, confesso: faço mesmo chantagem como eles, do estilo "Se conseguirem estudar durante uma hora seguida, concentrados, sem levantar a cabeça dos livros e sem falarem, preparo-vos uma surpresa para o lanche". Eu sei, não é a educação ideal, mas para grandes males grandes remédios. E, claro, resulta em cheio. Como estão ali sossegados a fingir que estão a estudar imenso, tenho de ter alguma surpresa pronta no frigorífico, porque não há maior crime para uma criança do que prometer e não cumprir. E foi assim que encontrei esta deliciosa receita do blog the white ramekins: gelado de iogurte com manga e pistácios.

mango-pistachio-frozen-yogurt-2.jpg

 

 

sushi light sem arroz para se preparar para o verão

O Kim Jong-un cá de casa decretou este fim-de-semana que o sushi tinha sido banido das nossas vidas. A tirania da dieta está a consolidar-se aos poucos nesta família. Acho que vou chegar ao Verão a comer plantas e a beber água – mas só destilada para engordar menos.

Eu sei, já está aí desse lado com uma lágrima no canto do olho, a chorar de pena de mim. Aceito a sua solidariedade. E agradeço. Mas, antes de começar a estudar quais as melhores plantas para fazer no churrasco, resolvi procurar sushi light, o que é o mesmo que dizer sushi sem arroz. E foi assim que encontrei esta salvadora receita do blog The Clothes Make the Girl

makiroll.jpg

 

 

brûlée de manga, uma sobremesa maravilhosa para fazer em cinco minutos

Eu já sei: Ela está de dieta e fotografias destas não ajudam. Mas temos de ser razoáveis: 50 gramas de açúcar a dividir por quatro dá a módica quantia de 12,5 gramas de açúcar por pessoa. Arrendondando, é um pacote de açúcar mais coisa menos coisa (se calhar, um pouco mais a puxar para o "mais coisa" do que para o "menos coisa"). Mas não é dramático, pois não? E, ainda por cima, é açúcar de cana integral! É claro que a manga também tem algum açúcar e as frutas tropicais são o pior que pode acontecer a uma árdua dieta, mas daqui a nada a rapariga engorda só de respirar o ar à porta dos Pastéis de Belém. 

Como diria o arrumador de carros aqui da rua, "vá lá ver, um dia não são meses". Por isso, decidi avançar convictamente para esta sobremesa semi-light e hiper-simples que descobri no maravilhoso blog Dine&Dish.

Mango-Brulee.jpg

Ingredientes 

  • 2 mangas
  • 50 g de açúcar de cana integral
  • 1/8 de colher de chá de gengibre ralado
  • 1/4 de colher de chá de canela em pó
  • 1 pitada de noz-moscada moída

 

Corte a manga ao meio mesmo junto aos dois lados do caroço. Coloque de parte a fruta que sai com o caroço e aproveite-a para outra receita qualquer. Misture os outros ingredientes numa taça e espalhe-os por cima das quatro metades de manga: confirme se as metades estão direitas, caso contrário o açúcar vai escorrer para fora. A seguir, derreta a parte superior da manga com um maçarico para cozinha – ou leve-a ao forno com o grelhador ligado durante três minutos (bem próxima da parte superior).

Diga lá se não vale a pena esta pequena transgressão na dieta para comer uma maravilha assim.

 

Uma boa sobremesa para si onde quer que esteja,

Ele

 

receita e fotos: dine&dish