Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

o que as estrelas de hollywood jantaram na cerimónia dos globos de ouro

b-t-golden-globes-2016-red-carpet.png

A passadeira vermelha foi estendida, os vestidos provados, os penteados ensaiados e as jóias escolhidas. Tudo foi preparado ao detalhe no Hotel Beverly Hilton, em Los Angeles, para a 73.ª edição dos Globos de Ouro, que normalmente são uma espécie de antevisão dos Óscares. É a única cerimónia que premeia TV e cinema, por isso é também aquela que junta mais estrelas de Hollywood por metro quadrado. E onde se juntam todos? À mesa, pois claro. E o que jantaram Jennifer Lawrence, Cate Blanchett, Leonardo di Caprio, Eddie Redmayne e Wagner Moura? Um menu chiquérrimo com influências asiáticas, preparado para os 1300 convidados, com meses de antecedência, pelo chef do Hotel Beverly Hilton, Troy N. Thompson, que inclui sobremesas do chef pasteleiro Thomas Henzi.

 

7 sinais que o devem fazer fugir de um restaurante a 7 pés

Flickr_-_cyclonebill_-_Marv_med_syltede_grøntsage

Temos uma má notícia para lhe dar: há truques sofisticados para fazer uma ementa que conquiste os clientes mesmo que a comida não seja brilhante. Agora temos uma boa notícia para lhe dar: há maneiras de descobrir esses truques e evitar os restaurantes caros e fracotes.

O jornal britânico The Guardian convidou um crítico gastronómico mistério (não, não, infelizmente não fomos nós...) a explicar qual é a melhor maneira de escolher um bom restaurante só pela ementa. Nós publicamos aqui os sinais que indiciam quando existe uma pequena desgraça no horizonte. E pode começar por se convencer de uma coisa: umas lulas em cama de arroz não são mais do que umas lulas com arroz.

 

 

sabia que no jantar dos óscares foram servidos 15 kg de ouro comestível? veja aqui o que as estrelas comeram

rojo_oscar_1-a.jpg

São lindas, maravilhosas e magras. Que nervos! Mas não pensem que não custa nada. Se custa! São semanas e semanas de sofrimento para caberem nestes vestidinhos tamanho 34. São semanas de exercício físico intensivo com Personal Trainers, dias inteiros de boca fechada a mando de implacáveis nutricionistas, horas nas mãos de cirurgiões plásticos que lhes dão um pequeno retoque aqui e ali para desfilarem na passadeira vermelha com toda a elegância e o glamour que o momento exige.

 

 

the green chef estreia-se no station já em janeiro

NFZ_9831.JPG

Depois dos Djs, chegou a vez dos chefs convidados. A partir de janeiro, o Station convida um chef por mês para apresentar os seus pratos e menus inovadores. E a primeira convidada é Sarah Maraval, mais conhecida por The Green Chef. Anote na sua agenda: 21 de janeiro, quarta-feira, a partir das 20h30, é o dia da grande estreia. Foi na Califórnia, na conceituada academia de Matthew Kenney, conhecido como “O Guru da Raw Food”, que Sarah aprendeu tudo sobre cozinha saudável. Hoje, a The Green Chef só trabalha com produtos orgânicos e não processados e ingredientes naturais, como legumes, frutas e frutos secos, criando pratos nutritivos, saudáveis e, claro, deliciosos.

GreenChef_corrigido_1.jpg

O menu que será servido em janeiro no Station é unica e exclusivamente composto por “raw food”, que é como quem diz, comida crua. Mas não se assuste. É mesmo bom. Quer ver?

GreenChef_3.jpgA entrada é uma sopa quente de miso e pistácio, seguido de um carpaccio de beterraba e funcho confitado, e o prato principal são uns Vermicelli artesanais feitos à base de legumes sazonais, com molho de amêndoa semi picante e crocante de frutos secos marinados. Para sobremesa, a chef fará um sorbet cremoso de citrinos com molho cacau semi-picante. Os jantares, que funcionam por reserva antecipada para um número máximo de 50 pessoas, custam 40€ sem vinho e 45€ com o vinho sugerido pela chef.

GreenChef1.jpg

É desta que a minha dieta arranca. Pratos mais saudáveis deve ser impossível de encontrar, e lá que têm boa aspeto, lá isso têm. Se eu já era fã do Station, com iniciativas destas, fiquei fã número um.

NFZ_9847.JPGUma excelente e saudável alimentação para todos,

Ela

 

fotos: station

 

depois do brunch aos domingos, a quinoa criou agora o slunch

 

É já a partir de dezembro que a Quinoa inaugura um novo conceito no seu espaço do Chiado: o slunch, uma mistura de supper com lunch. A ideia é aproveitar os fins de tarde, depois de sair do trabalho e antes de chegar a casa. E com estes três menus, quando chegar a casa, já não vai precisar de fazer o jantar.

Chá das 5.jpg

Chá das 5

Um chá à escolha, um scone com compota e manteiga, uma fatia de salame caseiro e uma mini bolinha de água com queijo, fiambre e alface, por €5,50.

Para picar.jpg

Para picar

Um copo de vinho tinto ou branco, uma variada seleção de queijos, acompanhados com pão simples e tostado, azeitonas e nozes, por €9,10.

O ajantarado.jpg

O Ajantarado

Um sumo do dia, um cappuccino, um copo de iogurte natural com fruta e granola caseira, um mini hambúrguer, sopa do dia e um copinho de sobremesa do dia, por €11,60.

 

Estes três menus são servidos todos os dias (exceto ao domingo e 2ª feira) e disponíveis à hora que lhe apetecer. A mim, já me apetecia o menu “para picar”.

E a si?

 

Bom fim de tarde,

Ela

 

fotos: Paula Bollinger