Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

vídeo: duelo entre um chef de topo e uma avozinha, adivinhe quem faz a melhor sobremesa...

IMG_1025 2.jpg

Já pensou quem faz o melhor doce do mundo? Um chef profissional, dono de três dos mais famosos restaurantes do país, ou uma avó habituada a conquistar os netos à mesa, há gerações? Eu sei, é uma dúvida que seguramente atormenta toda a gente há muitos anos. E é exactamente por isso que resolvemos começar 2017 desvendando esse verdadeiro mistério do mundo culinário. 

Para desfazer todas as dúvidas, desafiámos o chef Kiko Martins, dono dos restaurantes O Talho, A Cevicheria e o novíssimo Asiático, em Lisboa, a submeter-se à mais dura e rigorosa prova: defrontar uma avó num duelo de sobremesas. Os dois tiveram uma hora para fazer um bolo, numa cozinha totalmente equipada pela Míele. No final, o doce vencedor foi votado por um rigorosíssimo e respeitadíssimo júri constituído por duas crianças fãs de bolos de todos os tipos e feitios. A prova foi registada num vídeo que pode ver aqui em baixo.

 

 

e se em vez de uma mousse de chocolate fizer uma deliciosa mousse de abóbora sem açúcar para este natal?

Domingo é dia de experiências na cozinha. Especialmente se for um domingo de Sporting-Benfica. Assim, eu enfio-me na cozinha, Ela enfia-se na sala e não há cá discussões. Quando estivermos juntos, será só para comer. Por isso, espero que o ambiente seja relativamente tranquilo. E hoje encontrei, no fantástico blog Broma Bakery, a receita ideal para mediar conflitos futebolísticos familiares: uma fabulosa, cremosa, deliciosa (e outras coisas acabadas em "osa") mousse de abóbora com crème fraïche, gengibre e xarope de ácer, o que afasta de nós essa tentação do demo que é o açúcar. 

Tudo o que vou precisar é de natas para bater com 30% a 40% de gordura, crème fraîche, extracto de baunilha (se gostar, coloque cerca de meia colher de chá), puré de abóbora, xarope de ácer, canela em pó, gengibre fresco ralado, noz moscada, cravinho, flor de sal e bolachas de gengibre. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Pumpkin-Mousse-5.jpg

 

mousse de chia, amêndoas e banana: sim, é verdade, ainda estou em dieta mas estou feliz

E de repente sinto-me uma espécie de guru da alimentação saudável. Sonho com uma feijoada mas como uma saladinha, apetece-me um gelado mas como uma peça de fruta, tenho desejos de um copo de vinho, mas bebo água. Resumindo: sou uma mulher nova. Cheia de contradições e quase esquizofrénica mas uma mulher nova. E é, cheia de apetite que vou desfrutar deste pequeno-almoço delicioso e saudável, como se estivesse a comer dez panquecas cheias de Nutella por cima. É tudo uma questão de mentalização.

O que me vale é que esta receita do blog Grits & Chopsticks é surpreendentemente deliciosa, por isso, até é convincente. Só preciso de leite de coco, sementes de chia, bananas maduras às rodelas e amêndoas tostadas laminadas. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

8b961f7a348145856a80dd03f80c487c.jpg