Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

o que comer depois dos excessos do natal: smoothie de batata doce

O Natal acabou, o inferno recomeçou. Não, juro que não me vou queixar mas estou de dieta outra vez – pelo menos, até à Passagem de Ano. Porque é que, nestas épocas, estrago sempre tudo? Porque é que o meu esforço é sempre inglório? Porque não consigo resistir a uma mesa cheia de coisas boas. É a mais pura das verdades. Não há nada a fazer. Para o ano, enfio-me num convento durante todo o Natal a rezar. Pelo menos, em clausura, não cedo a tentações. Dizem que uma dieta à base de líquidos é super eficaz. Por isso, hoje fiz este mega smoothie do fantástico blog Foodess e não como mais nada o resto do dia. Não é propriamente detox porque não tem couves nem coisas verdes mas ao menos tem dois ingredientes que eu adoro: banana e batata doce.

Sweet-Potato-Smoothie.jpg

 

um fantástico dia de natal para as nossas pessoas preferidas (os nossos queridos leitores, claro!)

5c4d8542ddde999ec5a1b9f2b0732cad.jpg

a1dde0724947b9f5a936b675785c605e.jpg

d48bacc8264e2539684c0276fa63be61.jpg

Um beijinho de toda a Família Mistério!

 

fotos: pinterest

 

 

 

feliz natal aos melhores leitores do mundo... alimentem-se bem e bebam melhor ainda!

bb2bf17f05b7f0667ab0af7396a8a098.jpg

Aqui estamos nós de malas feitas prontos para celebrar o Natal, a época preferida da Família Mistério. Este fim-de-semana vai ser passado de casa em casa, com os presentes a tiracolo, com muita alegria, comida e bebida à mistura! Por isso, não vos vamos maçar com os posts gigantes d'Ele nem com as loucuras habituais d'Ela. Vamos só desejar a todos os nossos queridos leitores um Natal feliz e uma mesa farta!

 

 

fudge de chocolate com menta, uma receita vegan para fazer em cinco minutos

É véspera de Natal, está a confirmar se tem tudo pronto e de repente lembra-se de que um dos seus familiares é vegan e não tem sobremesa para ele? Não se preocupe! Estou aqui para o ajudar! Esta espetacular receita do blog Gourmande in the Kitchen demora apenas 5 minutos a fazer. A sério. Depois tem de manter no frigorífico durante duas horas, mas essa parte já não dá trabalho nenhum.

Só precisa de um bom chocolate preto, partido em pedaços, uma lata de leite condensado de coco, uma pitada de sal, gotas de cacau e óleo essencial de hortelã-pimenta. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

Easy-5-Minute-Peppermint-Hot-Cocoa-Fudge-Vegan-on-

 

crumble de romã e frutos vermelhos, um doce facílimo e delicioso para este natal

Confesso que quando descobri esta receita no blog How Sweet It Is achei que tinha enlouquecido. O título original usava o termo "cobbler" e eu assumo aqui, sem qualquer pudor, a minha ignorância. Não fazia a mais pequena ideia do que era um "cobbler". Claro que o senhor-com-a-mania-que-sabe-tudo que é o meu querido Marido Mistério sacou da sua bagagem intelectual/gastronómica e elucidou-me: “É uma sobremesa de origem anglo-saxónica, na qual se prepara uma massa simples que é assada com frutos suculentos”. Ainda Ele nem tinha começado a frase, já estava eu a revirar os olhos. OK. Na prática, deduzi, é uma espécie de crumble. E crumble será! E este é um cobbler/crumble (whatever!) delicioso.

Só precisa de frutos vermelhos congelados, açúcar, romãs, farinha, fermento, sal, manteiga sem sal, uma vagem de baunilha sem sementes, leitelho, extrato de baunilha, amêndoas laminadas, açúcar em pó e gelado ou chantilly para servir.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

pomegranate-cobbler-I-howsweeteats.com-7.jpg

 

 

as mesas de natal que poderiam ser a mesa da mansão mistério

802c7702fe14e56ba5b59cd74ffc76b3.jpg

Cá em casa, já se sabe, vive-se para comer… bem, de preferência. Por isso, cada vez que nos sentamos à mesa é um ritual. Então, nesta época nem se fala! Adoro comprar centros de mesa com espírito natalício, velas e azevinho, muito azevinho para decorar a mesa. Não estou propriamente a falar de toalhas e guardanapos encarnados e verdes nem de renas e pais natais a enfeitar a mesa. Estou a falar de pequenos detalhes que fazem mesas lindas e simples.

6f21bb203820f92eb5964900a477de4e.jpg

Eu tenho um gosto um bocado minimalista. O meu querido Marido Mistério queixa-se disso, diz que, por vezes, é demasiado, mas Ele não tem voto na matéria. Além disso, já lhe expliquei mil vezes que less is more. Por isso, uma toalha branca bonita com um ou outro pormenor natalício chega para deslumbrar os seus convidados. Ou uma mesa de madeira, com velas, pinhas e ramas de pinheiros. Não acredita? Espreite estas ideias onde eu própria fui buscar inspiração:

1dd7e58dbbfdf1f414486ac10d124d7b.jpg

 

tarte de manteiga de amendoim vegan: porque não ser original e saudável no natal?

Oito ingredientes. Dá para acreditar? Só tem oito ingredientes mesmo. Só podia ser uma receita do fantástico Minimalist Baker. É escandalosamente deliciosa e surpreendentemente saudável. E é uma sobremesa original para a sua noite de Natal. Demora no máximo 40 minutos a fazer e vai ver que não se vai arrepender!

Só precisa, para a base, de bolachas Graham Crackers (ou parecidas sem glúten) e manteiga derretida vegan ou óleo de coco. Para a tarte propriamente dita, vai precisar de tofu sedoso, manteiga de amendoim natural, geleia de agave ou xarope de ácer, leite ou creme de coco (guardado no frigorífico durante a noite e sem agitar a garrafa ou a lata para separar o creme da água). Para a ganache de chocolate, vai precisar de chocolate semi-amargo sem lactose e leite de coco ou de amêndoa. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 10 pessoas, espreite aqui a receita original.

Vegan-Peanut-Butter-Cup-Pie-PB-Mousse-filling-choc

 

rolinhos de folha de arroz com fruta e iogurte, uma receita deliciosa e light para o meu brunch de natal

Hoje bateu-me novamente à porta um enorme sentimento de culpa. Porquê, meu Deus? Porquê? Por que raio não consigo manter a minha boca fechada? Nem me aproximei da minha balança no fim-de-semana para não encarar a triste realidade. Voltei a dar um tempo na minha relação com ela (está por um fio, já estivemos mais longe do divórcio e ainda nem chegou o Natal). Fraca! Pás! Pás! (este é o som das chapadas que estou a dar a mim própria). Acabou! É agora ou nunca. E por isso vou fazer esta maravilhosa receita, que descobri no fantástico blog What Should I Eat For Breakfast Today, para o meu brunch de Natal neste fim-de-semana. Além de light, faz uma vistaça. 

fruit_rolls_6.jpg

 

já embrulhou os seus presentes de natal? aqui tem algumas ideias para se inspirar...

aad1191474a3b0c00f2c4ed33bf2258e.jpg

Confesso que sou aquela mãe, mulher, irmã, tia, neta e filha desnaturada que deixa os presentes para o último fim-de-semana antes do Natal. As minhas últimas vinte e quatro horas foram passadas entre lojas de comércio tradicional, shoppings e mercados de Natal numa correria que, como diria o sempre atento Diácono Remédios, "não havia necessidade". Adorava ser como a minha mãe que começa a comprar presentes em outubro ou como a minha sogra que começou em setembro (juro que é verdade!) mas não consigo ser tão organizada. Paciência, talvez quando me reformar...

d3047287a28aeffbfd368f75317db3bc.jpg

Mas, atenção, posso deixar tudo para a última hora mas no que toca a embrulhos, sou imbatível. Tento ser original e criativa porque não há melhor sensação do que ver a cara das pessoas de que nós gostamos a receber um presente embrulhado com todo o carinho. Por isso, ontem foi dia de comprar, hoje vai ser o dia de embrulhar.

Aqui vos deixo algumas das ideias do Pinterest onde me inspirei para este Natal.

a33d0b190866943e4e6416f0e0b21ca2.jpg

 

7 erros que tem de evitar quando cozinhar o seu peru de natal

Há duas coisas obrigatórias no Inverno: a Serra da Estrela é a única estância de ski que fecha cada vez que neva e nós somos a única família que come um peru por pessoa no Natal. Ok, é capaz de não ser todo esse exagero, mas adoro a pele estaladiça, o molho caramelizado, a carne tenrinha e o recheio suave. Um Natal sem peru é para mim tão grave como o Bruno Carvalho sem aquela voz de marialva ressacado.

E quando falo de peru tem de ser um peru delicioso, cozinhado mesmo no ponto. No ano passado, já aqui falei daquilo que deve fazer para cozinhar um peru perfeito; este ano vou falar daquilo que não pode fazer – nunca, jamais, em tempo algum. E para isso o fabuloso site The Kitchn juntou os sete erros que tem mesmo de evitar quando pegar num avental.

6cf07a53f8850c1071709272752ade51e780516f.jpeg

 

 

brie no forno com nozes caramelizadas, alecrim e mel, uma entrada muito fácil e divinal para a sua consoada

A frase que se segue é um conselho de amiga. De uma boa amiga. Não daquelas que nos dizem que estamos lindas e maravilhosas quando estamos uns trambolhos. Não. Daquela amiga de infância que quer o seu sucesso e a sua felicidade genuinamente. Aquela que quer que arrase na sua consoada. Aqui vai o conselho: Guarde esta receita para o seu Natal. Mesmo. Porquê? Porque além de fácil de se fazer, é sucesso garantido. Já escrevemos aqui no blog algumas receitas de Camembert ou Brie no forno, mas esta do blog Will Cook For Friends, é imbatível e perfeita para uma entrada na noite de Natal.

Só precisa, para as nozes caramelizadas, de nozes partidas ao meio, xarope de ácer e uma pitada de sal. Para o Brie, vai precisar obviamente do propriamente dito, mel, raminhos de alecrim, tostas para servir e, claro, das nozes caramelizadas. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, espreite aqui a receita original.

11730580953_81ef3ecaea_z.jpg

 

 

a entrada que vai deixar a sua família embevecida neste natal: ovos recheados com iogurte grego e mostarda de dijon

Ovos-Recheados-6.jpg

Está desesperadamente à procura de uma entrada que deixe toda a família de queixo caído na noite de Natal? Quer uma receita tão deliciosa que revolucione para sempre o Natal em sua casa? E que, ainda por cima, seja light e tão espectacular como a Angelina Jolie depois de acordar? Ok, ou como o Brad Pitt de tronco nu?...

Então, tenho só três palavras para lhe dizer: ovos, iogurte e grego. E mostarda. E cebolinho. E paprika. Esta divinal entrada de Natal nasceu de mais um desafio que nos foi lançado pela magnífica Mostarda Maille de Dijon. Nós, cá em casa, adoramos todos mostarda (sim, até as crianças...) e a Maille desafiou-nos a criar uma entrada de Natal com mostarda de Dijon. O resultado são uns fantásticos ovos cozidos recheados com uma hiper-cremosa mistura de iogurte grego com Mostarda Maille de Dijon. Por cima, leva cebolinho e paprika salpicada.

E sabe o que é o melhor de tudo? Esta receita é tão fácil de fazer que, para a aprender, só precisa de um vídeo de 50 segundos. Espreite lá...

 

  

manteiga de castanha, um presente irresistível e original para oferecer neste natal

Esta maravilha do blog A Tasty Love Story arrisca-se a ficar para a história da Família Mistério como a melhor de todos os tempos. Eu sou completamente fanática por castanhas. Amo. Venero. Claro que engordam e muito, só por isso é que não como mais. E, claro, adoro doce de castanha mas confesso que nunca me tinha lembrado de fazer manteiga de castanha. Que ma-ra-vi-lha!Além disso, é uma ideia genial para oferecer no Natal à tia, ao primo, à diretora de turma, à professora de matemática ou até ao seu PT. Como é saudável, até ele vai aprovar. Além de sair muito mais barato, é delicioso e tem muito mais valor porque é feito por si.

Só precisa de castanhas, nozes, óleo de girassol, sal e água. Só? Só. Se tenho a certeza? Absoluta. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

DSC_01ch62-21-600x400.jpg

 

 

bolo ferrero rocher com nutella, a sobremesa que vai arrasar neste natal

Os nossos filhos são viciados em Ferrero Rocher, aliás, são viciados em chocolate de uma forma em geral. Já eu dava milhões de Ferreros Rocher para ter um Ambrósio à minha disposição. Era uma Ela tão feliz…Tinha tempo para tudo e nunca chegava atrasada que, admito, ser provavelmente (a par com o pecado da gula) o meu único defeito. Mas esta receita do blog Let the Baking Begin é qualquer coisa de irresistível e vou ter de implorar ao meu querido Marido Mistério para fazer esta tentação para a noite de Natal. Primeiro vou arrasar com a minha sogra, que é uma excelente cozinheira e sempre olhou para mim de lado por infelizmente não ter nascido com talento para a cozinha. Já a minha dileta mãe tem tantos ou mais dotes culinários do que eu, por isso, no Natal, é mais do género de encomendar…

Ele vai precisar, para o bolo, de ovos, açúcar, farinha de avelã ou avelãs trituradas, farinha, cacau em pó e fermento… e ainda bolachas wafers esmagadas. Para a cobertura, só precisa de manteiga sem sal, chocolate cortado aos pedaços e de Nutella. Finalmente, para decorar, precisa de bombons Ferrero Rocher e avelãs picadas e mais bolachas wafers esmagadas. Só os ingredientes são de enlouquecer! Se quiser saber as quantidades certas de cada um espreite aqui a receita original.

IMG_0821_thumb.jpg

 

 

hoje fazemos 3 anos mas o presente é seu: estamos a oferecer duas viagens para um país da europa à sua escolha

13769546_10153773373633339_5562699556489542411_n.p

Cá em casa adoramos dar presentes. Até quando fazemos anos. Foi por isso que este ano decidimos juntar-nos à easyJet para comemorarmos juntos o aniversário do blog. E para fazermos uma festa a sério, vamos oferecer o melhor presente que já saiu das mãos desta Família Mistério. É verdade. Hoje o Casal Mistério faz três imberbes anos de vida e tem uma viagem de avião para lhe dar. E não é uma viagem qualquer. É uma viagem para duas pessoas, para um país da Europa à sua escolha.

Só tem duas limitações: o destino escolhido tem de ser um destino para onde a easyJet tenha voo directo (veja aqui) e a viagem não poderá ser marcada para os meses de Julho, Agosto e Dezembro. De resto, só tem de escolher para onde quer ir que a easyJet trata de tudo. Gostava de ir de férias passear nos românticos canais de Amesterdão? Temos. Preferia ir conhecer as magníficas paisagens e os deslumbrantes castelos de Edimburgo (nós gostávamos...)? Também temos. Não, o que queria mesmo era conhecer Berlim? Itália? Paris? Madeira? Londres? Suíça? Ou outro maravilhoso destino na Europa? É só escolher aqui: a easyJet voa para dezenas de destinos na Europa, por isso tem muito por onde optar.