Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

noodles de caril com camarão e leite de coco: um jantar muito mais fácil e rápido do que parece

noodles-4.jpg

São receitas como esta que me animam os dias. É verdade: o Bruno de Carvalho rejubila cada vez que olha para o Facebook, eu vibro com noodles de camarão mergulhados numa fenomenal sopa de caril. É assim. Não há nada a fazer. A comida está para a minha vida assim como o "pá" está para o vocabulário do José Sócrates. Não consigo passar mais de 20 segundos sem ela.

Hoje vou aproveitar mais um fim-de-semana cinzento para fazer uns divinais noodles de arroz vermicelli ultra-fininhos e acompanhados com camarão e um fantástico caril de coco. A ideia é servir a massa dentro de uma taça e depois ir saboreando os noodles e o camarão enquanto vai comendo umas colheradas do fabuloso molho de coco.

Mas a melhor notícia de todas vem agora: pode aprender a fazer esta delícia vendo um vídeo de poucos segundos.

 

 

o jantar mais fácil do mês: noodles de arroz com camarão e molho de coco para fazer em dez minutos

Há coisas inevitáveis nas nossas vidas: Vladimir Putin será sempre Presidente da Rússia e a terça-feira será sempre um dia de camarão ao jantar. Não há nada a fazer. A vida é assim e não há volta a dar.

Cá em casa, vivemos numa democracia consolidada como a russa e, perante os desejos da minha querida Mulher Mistério, resta-me uma de duas opções: ou deixar crescer a barba e transformar-me no José Milhazes da cozinha ou fazer o jantar de camarão que Ela sugere. 

Pelo menos hoje, vou largar o meu sotaque transmontano e optar pela segunda opção. E por isso vou fazer uma fabulosa receita do sempre genial site Bon Appétit que junta uns carnudos camarões com uns fantásticos noodles de arroz. Já sei, noodles de arroz engordam, não é? Mas pode sempre substituí-los pela hiper-dietética massa konjac e saltar alegremente para cima da balança.

Além dos noodles e do camarão, só vou precisar de leite de coco sem açúcar, sumo de lima espremido no momento, molho de peixe, chalotas picadas, azeite, pepino laminado, agrião, coentros, amendoins tostados esmagados e malagueta às fatias. A receita original também leva açúcar mascavado mas, se eu não quero passar o resto dos meus dias na Sibéria por atentado contra a dieta Dela, acho que é melhor não usar. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

rice-noodles-with-shrimp-and-coconut-lime-dressing.jpg

 

noodles de pepino com molho de abacate e sashimi de atum, um jantar fácil com apenas 187 calorias

É um jantar do outro mundo. Delicioso, híper saudável e viciante. E não engorda nada. Juro que não! Esta receita do blog Inspiralized que tem dezenas de dicas para usar o espiralizador (aquele utensílio mágico da cozinha que transforma legumes e frutas em deliciosos noodles) é ótima para a minha dieta. Só tem 187 calorias, não é genial? Espere. As boas notícias ainda não acabaram: demora 20 minutos a fazer.

O meu querido Marido Mistério já se convenceu a fazer esta maravilha para o nosso jantar. Ele só vai precisar de lombos de atum para sashimi cortados em pequenos cubos, um abacate bem maduro descascado e cortado também em cubos, um pimento jalapeño pequeno picado (sem sementes), coentros picados, sumo de lima, sal, pimenta e pepinos descascados sem sementes. Para o molho poke, vai precisar de sementes de sésamo tostadas, óleo de sésamo, molho de soja, vinagre de arroz e cebolinho picado.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

IMG_2793-copy.jpg

 

 

noodles de courgette com pesto de abacate, um jantar delicioso com apenas 214 calorias!

Agora é assim até ao verão! Tem de ser. Primeiro foi o Carnaval, depois foi a Páscoa, tudo é um pretexto na minha vida para adiar ou arruinar a minha dieta. Pois é, agora não há volta a dar. Está estudado e cientificamente provado que o melhor dia para recomeçar uma dieta de vez é na segunda-feira a seguir ao domingo de Páscoa. Sim, confesso que sou eu a autora desse rigoroso estudo, porque, como é público, sou uma experimentalista por natureza. É que os remorsos e as culpas são tantos quanto o número de amêndoas e ovos de chocolate que ingeri ontem por minuto. Por isso, hoje é o dia de todos os recomeços. E vou começar por pedir ao meu querido Marido Mistério para fazer esta maravilhosa e saudável receita do blog Eat Yourself Skinny, que tem nada mais nada menos do que apenas 214 calorias por porção.

Só preciso de azeite e de seis courgettes já espiralizadas (se ainda não comprou um spiralizer, vá comprar a correr porque é fundamental para quem está de dieta). E para o molho, vou precisar de dois abacates maduros, folhas frescas de manjericão, alho, pinhões, sumo de limão, sal, pimenta preta e mais azeite.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 8 pessoas, espreite aqui a receita original.

avocado-pesto-7-700x1050.jpg

 

 

camarão com couve chinesa para fazer em menos de meia hora

Já passaram 24 horas desde que Donald Trump tomou posse como presidente dos Estados Unidos e ainda estamos todos vivos, o que, atendendo às expectativas, só pode ser motivo para celebrar. E é por isso que hoje vou fazer um jantar especial. Light, claro, para não desapontar a minha querida e prezada Mulher Mistério, mas light. E delicioso. E fácil. Tudo aquilo de que um homem em profunda depressão política precisa.

A receita é do fantástico blog The Weary Chef e fica pronta em menos de meia hora. Só vou precisar de noodles de arroz, óleo de sésamo, molho de soja, molho chilli garlic (se gostar de picante, encontra à venda na Glood), açúcar mascavado, couve chinesa cortada em tiras fininhas, cebolinho, cenouras cortadas em rodelas fininhas e camarão sem pele. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

spicy-rice-noodles-with-shrimp-and-cabbage-5-600x8

 

 

salada de noodles de arroz vegetariana e crocante, um ótimo almoço para levar para o trabalho

Confesso que só descobri os noodles com o meu querido Marido Mistério. Pronto. Admiti. Neste momento Ele está a dançar de felicidade em frente ao computador. Adora convencer-se de que foi Ele que me mostrou o mundo. E eu adoro fingir que é verdade. E, de facto, há pelo menos duas coisas (que eu me lembre, assim de repente) que provei pela primeira vez graças a Ele: lingueirão e noodles. Pronto. Disse. Não se vai calar o resto do dia...

Voltando ao que interessa: esta salada de noodles de arroz, do blog Floating Kitchen, tem tudo o que eu preciso neste momento: legumes crocantes, ervas aromáticas e um delicioso molho light.

A receita demora menos de 20 minutos a fazer e é bem mais fácil do que parece. Para o molho, vai precisar de vinagre de arroz, molho de soja, raspas e sumo de uma lima, óleo de sésamo, açúcar mascavado, um dente de alho picado e flocos de pimenta vermelha.

Para a salada, precisa de noodles de arroz, ervilhas tortas, meio pepino cortado às rodelas fininhas, cebolinho cortado também em fatias muito fininhas, amendoins tostados e picados e folhas de manjericão e de hortelã. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, espreite aqui a receita original.

Crunchy-Noodle-Salad-2.jpg

 

noodles light com frango, legumes e molho de sésamo, o almoço ideal para levar para o trabalho

Esta maravilhosa receita do não menos maravilhoso blog Pinch of Yum é fácil de fazer, tem um molho de sésamo com manteiga de amendoim de chorar por mais e é saudável. Sabe porquê? Porque tem apenas 326 calorias. Sim, leu bem. 326 calorias. Estou tão feliz que era capaz de fazer como a Teresa Guilherme e vestir-me de Ana Malhoa e “ficar toda turbinada”.

Como diria o meu filho mais velho: “Noção? Cadê você?” Por isso, como feliz ou infelizmente a noção ainda abunda por esta Mansão Mistério, em vez de me vestir de Ana Malhoa, vou mas é vestir o avental e preparar esta receita deliciosa. OK. Quem vai vestir o avental é o meu querido Marido Mistério, mas eu vou dar-lhe apoio moral e antes vou comprar-lhe os ingredientes.

Para o molho de sésamo, Ele vai precisar de óleo de sésamo, vinagre de arroz, alho, gengibre fresco, sal, manteiga de amendoim, água, sementes de sésamo e flocos de pimenta vermelha. Depois, claro, vou ter de comprar peitos de frango, noodles de trigo sarraceno (há no El Corte Inglés e são bem mais saudáveis), um pepino, cenouras e coentros. Se quiser saber as quantidades certas destes ingredientes para 4 a 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

sesame-noodles-8.jpg

 

noodles com tomate cherry, feijão branco e manjericão, o jantar ideal para combater a neura de segunda-feira

Primeiro dia da semana, primeiro dia de escola, primeiro dia de atividades extracurriculares, primeiro dia do resto das nossas vidas e eu já só penso no fim-de-semana. E depois de um dia de regressos e estreias, uma pessoa ainda tem que pensar no jantar. Hoje, não tenho tempo para grandes invenções e ideias. Por isso, vou despachar a Família Mistério com esta deliciosa e prática receita do blog a couple cooks. É saudável, nutritiva e o melhor de tudo: é facílima de preparar. A receita original é feita com noodles de trigo sarraceno, mas como é difícil encontrar essa iguaria em Portugal, muito menos numa segunda-feira à noite, vou fazer com noodles normais.

4Y0A4682-1.jpg

 

noodles de legumes com molho de amendoim, a inspiração que faltava para... o meu novo estilo de vida (e esta, hein?)

Ontem dei por mim a ver um programa antigo da Ellen DeGeneres em que a celebridade entrevistada era a Cameron Diaz. Sinceramente nem é das minhas atrizes preferidas. Para mim é uma espécie de Rita Pereira, que faz sempre dela própria. Mas enfim. Adiante: comecei a ver a entrevista a propósito do livro que ela tinha lançado na altura, “The Body Book”, com várias dicas de nutrição, atividades físicas e cuidados com o corpo e a mente.

Comecei logo a revirar os olhos até que me apercebi de que aquela criatura tinha a minha idade. Foi uma espécie de terapia de choque. Valeu-me por 50 palestras motivacionais. Caraças! Aquela mulher tem a minha idade e um corpão!

Moral da história, estou mais motivada do que nunca, por isso todas as receitas light com um aspeto apetitoso, como estes maravilhosos noodles que encontrei no incrível blog Averie Cooks, têm um efeito inspirador em mim. Demora 15 minutos a fazer, e pode optar pelos seus legumes e noodles favoritos. Ah, e faça o molho de amendoim a dobrar, porque dura pelo menos uma semana no frigorífico, num recipiente bem fechado.

peanutnoodles-21.jpg