Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

3 presentes completamente originais para o dia da mãe

eb2455813613340d25c6c0b5b65a4d2da3359042.jpg

Não me diga que se preparava para oferecer outra vez o raminho de flores do costume. Ou o livrinho sugerido, em desespero de causa, pelo empregado da livraria. Ou a caixinha de bombons comprada, à última hora, na bomba de gasolina a caminho de casa da sua mãe. (Sim, os diminutivos são para denegrir os presentes habituais de Dia da Mãe e não consequência de uma "inhite" aguda que acabou de me atingir).

Basicamente, eu sou adepto dos presentes caprichados, demoradamente ponderados e preparados. Mesmo que, no fim, Ela nunca use aquilo na sua vida, pelo menos não se vai esquecer tão cedo do que recebeu.

Este ano, depois de muito pesquisar, esta é o meu top de presentes para o Dia da Mãe. São os mais originais e criativos que encontrei. E que gostaria de dar à senhora, minha progenitora, e à senhora, progenitora dos meus mini-misteriosos.

 

 

quem quer dormir dentro de um cockpit? a noite de sonho de qualquer criança (e de alguns adultos também)

this-jumbo-jet-was-transformed-into-a-beautiful-ho

É o sonho de qualquer criança – e de qualquer adulto com uma mentalidade que ande lá próximo, como eu. Estou a falar de um hostel dentro de um avião. É verdade: em Portugal tínhamos um bar de strip dentro de um avião, os suecos têm um hostel. O projecto nasceu em 2008 e aproveitou todas as zonas de um antigo Jumbo 747 das companhias Singapore Airlines e PanAm. O hostel chama-se Jumbo Stay e tem cafetaria...

 

 

sanduíches de cheesecake: estômago meu, estômago meu, há sobremesa mais original do que eu?

Prepare-se para entrar na quinta dimensão da doçaria internacional. Quando conseguimos juntar uma sanduíche de biscoitos de manteiga e um cheesecake na mesma sobremesa é sinal de que nasceu uma nova realidade. E nesta casa essa realidade apareceu graças a esta fantástica e simples receita do blog Spoon University, que visito cada vez que estou com o humor ao nível do Dr. House. 

nillla-wafers-finals-product1.jpg

 

 

quem precisa de uma ideia fácil e original para um jantar de cerimónia? folhado de galinha dentro de uma caneca

Não pense que este texto é apenas para todos os solteirões e solteironas por esse país fora. Não, senhor. E, já agora, não, senhora também. Este texto dirige-se a todo e qualquer ser humano que queira jantar sozinho ou acompanhado. Em silêncio ou em barulho. A olhar para o telemóvel ou a fazer olhinhos. Por muito que possa parecer que não, esta é uma receita universal, global e total. Se servir um consomé num jantar de cerimónia é o pináculo da chiqueza urbana, porque é que não se há-de servir este divinal folhado em doses individuais dentro de pequenas canecas em vez de fazer a travessa familiar do costume? Hã? Responda! Não fala?! É o costume. Pois... Não tem resposta, não é? Calculei... E foi por isso que me encantei com esta fabulosa receita do fantástico blog Dance on Flour. Cá em casa é para fazer no próximo jantar com convidados. Ai é, é.

P8070564.jpg

 

 

5 presentes originais para o dia da mãe (sempre são melhores do que as flores do costume!)

Desde que as quatro dóceis criaturas semi-adolescentes que habitam esta casa se juntaram no Natal para oferecer à minha querida Mulher Mistério uma placa a dizer "Deixei a bebida, só não sei onde" que eu previa o pior para este Dia da Mãe. Pois, no outro dia, a previsão transformou-se em preocupação.

Ao entrar na sala, encontrei a nossa mini-equipa de futsal reunida à volta do computador, a conspirar em surdina. Estavam a pesquisar canecas, todas elas com frases carinhosas como a da bebida. É claro que, enquanto eu tentava perceber o que é que se passava, já o meu cartão de crédito circulava pelos meandros mais obscuros da Internet. Para não estragar a surpresa, não estou autorizado a divulgar qual foi a compra – nem sequer se foi mesmo uma caneca – mas tive licença para revelar quais os presentes pesquisados. Sempre pode ser útil se quiser dar alguma coisa mais original à sua mãe – se ainda for a tempo, claro!, porque nesta altura já devia ter tudo comprado, não é assim?

slide_415796_5281304_free.jpg

Esta é claramente a minha preferida. Uma singela homenagem ao gigantesco bom humor com que Ela costuma acordar. Está à venda no Etsy por €9,42.

 

 

aqui pode adormecer ao volante à vontade

É fanático por carros? Então vai adorar este hotel de quatro estrelas na Alemanha! O V8, em Estugarda, tem dez suites para fãs de automóveis: são verdadeiros cenários em que as camas são as protagonistas. Desde modelos clássicos a vintage, a desportivos ou modernos, há para todos os gostos. E toda a decoração tem a ver com a protagonista do espaço: uma cama-carro, com pormenores deliciosos como postos de abastecimento de gasolina, escovas para lavagem automática e até um cinema drive in.

O hotel, que ocupa um dos edifícios do antigo aeroporto Boblingen (cuja abertura remonta a 1915), faz parte da História da Alemanha: foi utilizado como uma espécie de estação de aterragem para os voos de Graf Zeppelin, nos finais dos anos vinte, e usado como base dos caças ME-109 durante a Segunda Guerra Mundial. Hoje, além do hotel V8, o edifício alberga o Motor World Estugarda que recebe o Forza Italia, uma mega exposição de carros antigos italianos, precisamente neste primeiro fim de semana de maio.

Para quem gosta de carros, um noite neste hotel é melhor do que ir à Disney. Toda a decoração e arquitetura tem a ver com o mundo automóvel. E cada quarto corresponde a um tipo de carro, como o inesquecível Herbie, um Mercedes clássico de corrida ou um Cadillac. Os detalhes são únicos. Mas nem tudo são boas notícias: cada noite nestes quartos de sonho custa 486 euros.

O pior vai ser mesmo adormecer. É impossível não ficar acelerado deitado numa cama destas. Nem que seja com a excitação.

Se quiser saber mais, espreite o video do hotel.

 

 

Bons sonhos ao volante destas camas,

Ela

comida de tricot? há doidos para tudo…

Parece que é mas não é. Mas que tem graça, lá isso tem. É no mínimo original. A artista plástica Jessica Dance e o fotógrafo David Sykes decidiram homenagear a arte de tricotar e a diversidade gastronómica que se encontra nos cafés britânicos e nos restaurantes de fast food um pouco por todo o mundo. Ela tricotou, ele iluminou e fotografou. O resultado é este:

A atenção ao detalhe impressiona. São muitas horas à volta de duas agulhas e novelos de lã (Deus me livre! Eu nem um cachecol consigo fazer!). Jessica confessou ao site it´s nice that que “o bacon foi o que me fez perder mais tempo. Queria mesmo ter a certeza de que a gordura ficaria convincente, tal como as salsichas!” Imagino! Santa paciência!

O pior é que estas réplicas são tão perfeitas que até nos dão uma certa fome. Não deixe de espreitar o trabalho de Jessica e de David nos respetivos sites.

 

Boa quarta-feira,

Ela

 

uma casa, duas caras

Esta casa em São Francisco é a casa ideal para nós. Porquê? Porque é clássica de um lado e moderna do outro. Ou seja, de um lado é a cara Dele, do outro é a minha cara. Como ocupa dois lados de um quarteirão, tem duas entradas. Uma delas, original da época vitoriana, perfeitamente preservada, dá as boas vindas a todo um ambiente clássico, e seria claramente o lado do meu querido Marido Mistério, enquanto o lado oposto, moderno e cheio de vidros, abre as portas a todo um mundo novo, que seria obviamente o meu. Qual das duas prefere?

 

Boa quarta-feira,

Ela