Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

ovos benedict com batata doce, o brunch paleo que eu pedi para hoje

Pois é. Agora aderi à dieta paleolítica. Vejo toda a gente à minha volta a emagrecer loucamente e a resposta é invariavelmente a mesma: paleo. Por isso, estou rendida. Já comecei e prometo ir contando aqui a minha evolução. Mas uma coisa é certa: vou ficar estupenda, como diria a minha querida Avó Mistério, este verão. E este brunch que descobri no blog Nyssa’s Kitchen é uma maravilha: tem fatias de batata doce, uma salada com tomate cherry e rúcula, uns deliciosos ovos escalfados e um molho holandês e tahine.

Como hoje é Dia da Mãe, o meu querido Marido Mistério disse para eu escolher o nosso brunch de hoje. E vai ser assim.

Ele só vai precisar de batatas doces médias, óleo de coco ou ghee derretido, sal, pimenta e paprica. Para a salada, é bom ter à mão um misto de folhas verdes, rúcula, endro e coentros, cebola roxa fatiada, pepino cortado às fatias, tomates cherry cortados ao meio, azeite, sumo de limão, sal e sementes de sésamo. Depois, claro, precisa de ovos e de vinagre de sidra. Para fazer o molho holandês paleo, o meu querido Marido Mistério vai precisar de gemas de ovos, ghee derretido, tahine, sumo de limão, sal, paprica e uma pitada de alho em pó.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

mediterranean-eggs-benedict-30.jpg

 

 

como fazer a melhor receita de ovos do gordon ramsay para o seu brunch

Todas as sextas-feiras à tarde dá-se um estrondoso choque em cadeia dentro deste meu modesto cérebro. Mal acordo, começo a pensar no fim-de-semana, o que me leva a pensar em comida, o que me leva a pensar em brunch, o que me leva a pensar em ovos, o que me leva a pensar no Gordon Ramsay. Eu sei, não é normal, mas eu nunca disse que era uma pessoa normal.

Normalmente, tudo isto acaba à frente do fogão, a preparar uma receita especial. E, para amanhã de manhã, vou fazer aquela que é para mim a melhor receita de ovos do chef escocês. Trata-se de uns maravilhosos ovos benedict que foram testados e devorados pela revista People.

image_2018-04-13_14-06-05.jpeg