Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

como fazer o ovo estrelado perfeito

É um dos grandes mistérios da Humanidade: o ovo estrelado. Como é que conseguimos aquela clara consistente, tostada e crocante nas pontas e aquela gema líquida e cremosa no meio? Como é que não deixamos a gema cozer? Como é que evitamos que a clara fique com a consistência tão ranhosa como a minha querida Mulher Mistério em dia de ataque de alergia? 

São perguntas que mobilizam a civilização moderna há séculos e que hoje finalmente se deparam com um vigoroso ponto final. Graças ao seu querido Casal Mistério? Não. Graças ao respeitável site de notícias Huffington Post

Foi lá que encontrei a solução que vai inspirar o meu brunch de amanhã. Há uns tempos descobri aqui uma solução: fritar primeiro a clara e só depois acrescentar a gema. O problema é que toda a complexidade à volta dessa ideia nos enfia durante uns largos minutos na cozinha.

Com a dica do Huffington Post, não. Tudo é rápido e eficaz. O segredo está na água.

ovo.jpg

 

 

a maneira mais genial de transformar os seus ovos estrelados num jantar de sonho

Agora suspenda a dieta só por uns instantes. Imagine que lhe entrou a Isabel Baía pelo monitor adentro a pedir desculpa por esta interrupção e a anunciar que a dieta segue dentro de momentos. Vai ver que vale a pena fazer um pequeno intervalo só para conhecer a melhor maneira de fazer uns deliciosos e estaladiços ovos estrelados com um sabor verdadeiramente surpreendente.

O conselho é do fantástico site Food52. E é um óptimo guia para comer uns fantásticos ovos estrelados fora do pequeno-almoço. Tanto dá para os servir misturados com umas batatas fritas ao jantar ou, uma versão mais light, por cima de umas couves de Bruxelas – vai ver como é bom.

9de1b0bf-bea7-466c-9882-b1be5e616ac2--2016-0503_ge