Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

couves de bruxelas panadas com queijo parmesão, a receita que vai mudar a sua vida (ok, posso estar a exagerar...)

Sei que vou ser trucidada por toda a gente pelo que vou escrever a seguir: eu adoro couves de Bruxelas desde criança. Também sei que não é normal, porque quase toda a gente que eu conheço não gosta. Os nossos Minimisteriosos adoram (ah, os mistérios insondáveis da genética!) mas tenho a perfeita noção de que é um fenómeno raro.

Esta receita do imprescindível blog Damn Delicious vai provocar uma revolução na boca de toda a gente. A partir de agora, as couves de Bruxelas vão transformar-se numa unanimidade. Esta versão é deliciosamente crocante e incrivelmente deliciosa. Vai ver que, depois de experimentar, não vai querer outro acompanhamento no seu prato.

Só precisa de azeite, pão ralado panko, queijo Parmesão ralado, tempero cajun (encontra aqui, por exemplo), couves de Bruxelas lavadas, farinha e dois ovos batidos.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

sub-buzz-14758-1505943274-9.jpeg

 

o petisco mais original deste verão: espargos crocantes com parmesão para fazer no forno

Uma das coisas que mais me custa quando estou de dieta (que é basicamente sempre) é chegar a casa e não poder petiscar, ao lado do meu querido Marido Mistério, umas amêndoas, uns pistácios, umas batatas fritas, uma mini, enfim, pequenos prazeres da vida a que infelizmente só alguns privilegiados (aquela espécie de gente que abomino porque come, come mas não engorda, ou aqueles que invejo profundamente porque comem, engordam e se estão absolutamente nas tintas) têm acesso.

Sabendo deste meu desgosto, o meu querido Marido Mistério (que é um anjo na terra) decidiu surpreender-me ontem ao fim da tarde com esta deliciosa receita do blog Damn Delicious: uma alternativa saudável às calóricas batatas fritas.

Ele só precisou de pão ralado panko, queijo parmesão ralado, sal e pimenta preta moída, espargos, farinha e dois ovos batidos.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

IMG_2791edit.jpg

 

camarão com alho e parmesão no forno, uma receita deliciosa para fazer em 15 minutos

Esta é uma das mais fáceis, mais tentadoras e mais deliciosas receitas que descobri nos últimos tempos. Ainda por cima prepara-se em 5 minutos e só precisa de 10 minutos no forno, no máximo. É uma excelente entrada ou então um ótimo jantar acompanhado de um arroz branco ou arroz de coentros! Encontrei esta delícia no indispensável blog Damn Delicious e vou fazer hoje para o jantar! Sim, sou eu que vou fazer! Hoje vou dispensar os préstimos do meu dileto Marido Mistério e vou pôr o avental. Ele merece um descanso de vez em quando e esta receita é tão fácil que sim, eu consigo fazer. Yes, I can!

Vamos a isto: só preciso de camarão médio sem casca, azeite, alho picado, orégãos e manjericão secos, parmesão ralado, sal e pimenta preta moída, sumo de um limão e salsa picada para decorar.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

IMG_3930edit.jpg

 

 

ovos no forno com espinafres, acelga e parmesão, o brunch surpresa preparado pelos nossos filhos mistério

Ontem foi dia de acordar tarde e a más horas. Depois de uma noitada (a idade já não perdoa!) passámos o dia, deitados de sofá em sofá até voltarmos a adormecer. Uma miséria. E com os pais KO, os nossos filhos tomaram conta da cozinha. Só que, desta vez, inexplicavelmente, não se juntaram para fazer asneiras! Fizeram-nos esta maravilhosa surpresa que descobri há uns dias no blog Fork Knife Swoon. E estava tão bom mas tão bom que quase derramei uma lágrima de emoção e orgulho.

Eu já tinha comprado os ingredientes, porque andava a implorar ao meu querido Marido Mistério para fazer esta receita. A nossa equipa de futsal só teve de ir à despensa e ao frigorífico porque estava lá tudo: azeite, alho picado, folhas de espinafres e folhas de acelga cortadas em pequenos pedaços, ovos, natas, queijo Parmesão ralado, sal e pimenta preta moída.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

BakedEggswithSwissChardSpinach2-TextWEB.jpg

 

 

massa com espinafres e parmesão, para transformar os nossos filhos em potenciais popeyes

Nada como um bom prato de massa para encher os miúdos e dar-lhes força e energia para estudarem para os testes. Se os jogadores de futebol comem massa antes dos jogos, nós damos massa à nossa equipa de futsal. E já agora com espinafres. Se refilarem mostro-lhes os desenhos animados do Popeye. Esta receita do blog Naturally Ella é facílima de fazer e deliciosamente saudável…

Só preciso de manteiga, alho, tomilho ou alecrim, espinafres baby, esparguete (se optar por integral, melhor ainda!) e parmesão ralado.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 3 a 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

IMG_0500-450x675.jpg

 

 

linguini com sumo de limão, parmesão e manjericão: mas que belo jantarão!

Esta última semana de férias das crianças tem sido particularmente agitada. Eles estão naquela fase em que ficam a “bezerrar” em casa, esparramados no sofá a ver séries, a discutir se vêem Massa Fresca ou Pretty Little Liars, com amigos que vão chegando aos poucos e por lá vão ficando.

E chegar a casa e ter de alimentar a prole e respetivos amigos que se vão acumulando é tarefa hercúlea para uma mãe trabalhadora e sem imaginação como eu.

Ontem, por exemplo, cheguei tarde e a más horas, e só tive tempo de recorrer ao imprescindível blog da fantástica Donna Hay que me salvou a noite com a descoberta deste linguini. Só precisei de uma embalagem de linguini, sumo de limão, azeite, parmesão ralado, natas, uma gema de ovo, manjericão fresco, sal e pimenta preta. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

linguini.jpg

 

bolinhos de ricotta e parmesão com pesto, um almoço para viciados em queijo como eu

Sim, não é propriamente a receita mais saudável do mundo, mas também já vi piores. Muito piores. Bem piores. Escandalosamente piores. OK, já chega. Mas como diria a minha mãe: “O que tem que ser tem muita força”. É kármico. É o destino. E esta receita da incrível Donna Hay foi criada a pensar em mim. A autora não sabia mas estava escrito nas estrelas que um dia esta receita iria chegar até mim. E chegou. Agora só falta pedir ao meu querido Marido Mistério para a fazer.

É tão fácil que até eu poderia arriscar fazê-la mas para quê correr riscos desnecessários quando se tem um cozinheiro em casa? Ele só vai precisar de ricotta fresca, ovos levemente batidos, raspas de limão, parmesão ralado, sal e pimenta preta, azeite extra-virgem e pesto. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original. 

Ricotta_and_parmesan_fritters_with_pesto.jpg

 

 

chips de parmesão, óregãos e pinhões, uma receita com apenas 4 ingredientes e que… não engorda (muito)

Parecem batatas

Mas não são

Parece que engordam

Mas olhe que não!

 

A comida tem este efeito em mim. Dá-me para fazer poesia e da boa, como podem ver! Mas quando descubro uma receita deliciosa e que não engorda (muito), fico assim: canto, danço, faço poesia, enfim... fico feliz. E a razão da minha felicidade de hoje é esta incrível receita do blog Not Enough Cinnamon: chips de parmesão, óregãos e pinhões. Além de facílima, demora menos de 20 minutos a fazer e só precisa de parmesão ralado, farinha, óregãos e pinhões. Se quiser saber as quantidades certas para 15 chips, espreite aqui a receita original.

12207971_10207252789854835_1802090138_n.jpg

 

 

alcachofras recheadas com queijo de cabra, uma entrada genial ou um almoço especial

Cá em casa somos todos fãs de alcachofras. Crianças incluídas. Comemos, muitas vezes, como entrada, cozidas com manteiga derretida ou com azeite e vinagre balsâmico. Quando descobri esta receita do blog a cookbook obsession entrei numa espécie de transe, por isso, não passa deste fim-de-semana. Temos mesmo de experimentar. Alcachofras com queijo de cabra? Como é que Ele, o meu querido Marido Mistério e Senhor e Mestre da nossa imensa cozinha, não se lembrou disto antes? Mas que entrada genial! E não pode ser mais fácil. Só precisa de 2 latas de corações de alcachofras, um queijo de cabra, parmesão ralado, salsa e cebolinho. Espreite aqui a lista completa dos ingredientes e respetivas doses.

Herb-and-Goat-Cheese-Stuffed-Artichoke-Bottoms-1.j

 

bolinhas de batata doce com parmesão, uma receita deliciosa com apenas 2 ingredientes

Já partilhei aqui várias vezes a minha verdadeira paixão por batata doce. Então desde que descobri que é muito mais saudável do que a batata normal, tornei-me fã número 1. Nunca mais comprei batata. Agora cá em casa só entra batata doce. Por isso, cada vez que descubro uma receita nova cujo principal ingrediente é esta maravilha da natureza, fico em delírio. Foi o que aconteceu quando me deparei com esta facílima e deliciosa receita, do blog laura fuentes, com apenas dois ingredientes.

sweet-potato-tots-1-681x1024.jpg

ovo cozido a baixa temperatura sobre torrada de manteiga com parmesão

Eu sei que isto do Dia dos Namorados já se está a tornar uma obsessão e, acima de tudo, uma obsessão um bocadinho a atirar para o cansativo. Não há blog que não fale da data, não há site que não sugira um restaurante, não há portal que não tenha uma receita para um “jantar especial”. Eu tenho de confessar uma coisa: jantar fora é impensável e “jantar especial” é o que toda a gente faz. Por isso, resta-me ponderar alternativas surpreendentes que consiga preparar em menos de 24 horas. E como o almoço é de trabalho e pouco romântico, resta-me o quê? O lanche? Cala a boca, Magda!!! É o pequeno-almoço!

Eu sei que é dia de trabalho, eu sei que não há muito tempo, eu sei que estamos todos meio-zombies de manhã. Mas não quer uma surpresa? Então, um pequeno-almoço semi-requintado num dia de trabalho é uma surpresa. Acorde 20 minutos mais cedo, tome um banho de água fria se for preciso, e desperte. Depois é fácil. Ponha água a ferver e duas torradas a fazer. Quando a água levantar fervura, reduza o lume para o mínimo, deite um pouco de sal lá para dentro, rode com uma colher de sopa e faça um remoinho. Parta um ovo e deite-o para o centro do remoinho. Quando a água parar de girar, o ovo vai começar a ganhar uma forma compacta. Deixe-o cozer ligeiramente a muito baixa temperatura. A ideia é que a clara fique branca, mas ainda um pouco molhada, e a gema totalmente crua.

Quando o ovo estiver pronto, retire-o com uma escumadeira e coloque-o em cima da torrada com muita manteiga. Rale umas lascas de parmesão e coloque por cima juntamente com pimenta. Arranje o prato, coloque-o num tabuleiro decente e leve-o à cama com uma flor. Faz uma vistaça, ninguém está à espera e não custa assim tanto. Melhor de tudo: é bom e não engorda (se não contarmos com o pão... nem com a manteiga... nem com o parmesão...). Bom, se calhar é capaz de engordar um bocadinho...

 

Ingredientes

- 1 ovo

- 2 torradas

- Manteiga

- Parmesão às lascas

- Pimenta

- Sal

 

Um bom Dia dos Namorados para si, onde quer que esteja,

Ele