Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

pistácios de caril tostados, um aperitivo com um leve toque indiano para esta páscoa

Sou fanática por pistácios. Adoro. Mas confesso que me irrita solenemente o vício em que se tornam. Porque é que, depois de uma pessoa meter o primeiro à boca, só consegue parar quando a taça fica vazia? É completamente irracional. Bem, eu sou totalmente irracional no que toca a comida. E esta receita, que descobri no ótimo site The Kitchn enquanto procurava aperitivos originais para a Páscoa, prevê-se ser mais uma desgraça para a minha malfadada dieta.

Tudo o que vai precisar é de geleia de agave, óleo de coco, sumo de lima, caril em pó, pimenta caiena, raspas de uma lima, pistácios com casca e uma colher de sopa de açúcar. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

53250cf6dbfa3f3a10002336._w.540_s.fit_.jpg

 

 

couves de bruxelas caramelizadas com molho balsâmico: sim senhora, assim, vale a pena estar de dieta

Quando era criança não era fã de couves de Bruxelas. Tão ingénua, não sabia mesmo o que perdia. Hoje em dia sou viciada... E a nossa prole mistério também. Nem foi preciso dar-lhes o meu exemplo. Eles adoram tudo, saem à mãe. Como estou sempre de dieta, há sempre couves de Bruxelas cá em casa. E hoje vai ser o acompanhamento ideal para o nosso jantar: uma dourada no forno com couves de Bruxelas caramelizadas. Adoro o termo "caramelizadas". Gosto de pensar que vou trair a minha dieta, mas não é o caso. A receita, do incrível blog avery cooks, demora pouco mais de meia hora a fazer, é saudável e um sucesso garantido em qualquer refeição. Se quiser saber as doses certas dos ingredientes para 2 a 4 pessoas (depende do apetite da sua família) espreite aqui a receita original.

brusselssprouts-6-650x975.jpg

 

 

chips de chocolate light, a receita ideal para começar a dieta pré-natalícia nesta casa

A minha querida Mulher Mistério entrou numa fase difícil da sua vida, por isso peço a vossa paciência e compreensão para a aturar nestes dias que se aproximam. Acreditem que não vai ser fácil e que a blogosfera não os vai proteger do seu crescente mau feitio: Ela entrou na sua habitual dieta pré-natalícia. Está certo que hoje já dizia que, se calhar, a dieta não precisaria de durar exactamente até ao Natal; que, com alguma boa vontade e espírito de sacrifício, em duas semanas resolvia o problema; que dieta não queria dizer que não pudesse comer doces – mas nada disso vai conseguir proteger-nos do seu afamado mau feitio dietético.

Eu já comecei a preparar-me – e a melhor maneira de me preparar é encontrar óptimas receitas light. Hoje resolvi fazer em casa esta maravilhosa e ultra-light sugestão do fantástico blog The View From Great Island. Trata-se de uns espectaculares chips de chocolate preto salpicados com sementes, frutos secos e frutas desidratadas – se calhar, é melhor dispensar as frutas desidratadas...

dark-chocolate-superfood-bites-6.jpg

 

 

o lanche irresistível para levar para a praia: as maravilhosas mini-madalenas de amêndoa e pistácio da eric kayser

1167607_707359695945145_361230108_o.jpg

Estou perdido. Irremediavelmente perdido. Desde que descobri as mini-madalenas da Eric Kayser, a minha vida mudou – e a minha barriga também. Acabaram-se os palitos de cenoura e os wraps saudáveis na praia. Agora, não consigo sair de casa sem um saquinho de papel com uma dúzia de bolos que vou devorando enquanto penso que, se calhar, devia ir andar um bocadinho a pé.

As mini-madalenas (ou financiers, no original) têm o tamanho ideal para não nos fazer sentir culpados. E são absolutamente viciantes. Feitos com uma mistura de farinha e amêndoa moída, têm um sabor delicioso e delicado. A textura é suave e macia. Mas o melhor é o interior dos bolos: cada vez que trinca (neste caso, em duas trincadelas vai tudo), encontra uma massa húmida e nada enjoativa, com um delicadíssimo travo a manteiga – não sei que manteiga é que é usada, mas adoraria descobrir.

 

 

figos recheados com queijo de cabra e pistácios, uma entrada genial ou uma sobremesa surpreendente

- Figos? Outra vez?

Porque é que os homens adoram fazer perguntas desnecessárias? Claro que sim. Figos sempre. Por mim, podia ser ao pequeno-almoço, ao almoço, ao lanche e ao jantar. Adoro. Amo. Venero. Por isso, cada vez que descubro um novo pretexto para comer figos, não desperdiço a oportunidade. Deus sabe o que faz. E quando coloca figos no meu caminho, a mensagem é claríssima:

- Levanta-te e come, minha filha!

E eu sempre me orgulhei de ser uma filha obediente. Por isso, não hesitei em fazer esta deliciosa e facílima receita que descobri no blog A Subtle Revelry

image.jpg

 

 

gelado de coco com crumble de pistácios e mirtilos, uma receita saudável e sem leite

Esta arrisca-se seriamente a entrar para o top das receitas mais fáceis da história. São quatro simples ingredientes que lhe vão fazer um fantasmagórico gelado de coco com baunilha para animar os dois dias de calor equatorial que estão aí a chegar no fim-de-semana. Bom, se calhar, o calor não é propriamente equatorial, mas lá que apatece um geladinho fácil de fazer, lá isso apetece. E foi graças a esta conjugação astral que me caiu no colo, atirada pelos deuses da Internet, esta incrível receita do magnífico blog Top With Cinnamon.

Coconut-Ice-Cream-with-Pistachio-Crumb-and-Blueber

 

 

pesto de pistácios, uma receita mais barata, que só demora 10 minutos a fazer

Nos últimos tempos, reinventei o molho de pesto na minha vida. Antigamente só usava nas massas, nas saladas e nas pizzas. Aliás, é raro ir a uma pizzaria e não pedir uma pizza com pesto. Adoro. Este molho, que é basicamente feito de manjericão, azeite, pinhões, queijo e alho, também é uma pequena maravilha para petiscar com tostas e grissini. Depois de ter descoberto o pesto de beterraba, eis que encontrei agora neste site um pesto de... pistácios. Primeiro, as boas notícias: este novo twist demora 10 minutos a fazer e só tem 117 calorias. A seguir, as ótimas notícias: enquanto os pistácios no Continente custam €18/Kg, os pinhões podem custar mais de €90/Kg. Ou seja, além de ser light e delicioso, este pesto é também low cost. Ou quase...

pesto_560x730_b789ca5b0115f61a7f3b3741f091b222.jpg

 

 

batido de pistácios? e sem leite? como é que eu nunca pensei nisto antes?

Adoro pistácios. Para dizer a verdade, sou viciada em pistácios. Eu sei. Engordam… Para variar. Porque é que eu só gosto de coisas que engordam? Triste destino o meu… Mas paciência, o que tem que ser tem muita força. E eu tenho mesmo de fazer esta receita incrível do genial blogue The Healthy Maven.

DIY-Pistachio-Milk-4.jpg

Ingredientes

Para 4 copos

  • 1 chávena de pistácios crus e descascados
  • 4 chávenas de água
  • 1 colher de chá de extrato de baunilha
  • 1 colher de sopa de xarope de ácer

 

Mergulhe os pistácios em água durante 6 horas. Escorra e coloque-os com as 4 chávenas de água no liquidificador. Misture bem, na potência máxima, até ficar com uma consistência cremosa. Junte o extrato de baunilha e o xarope de ácer e volte a misturar. Passe o líquido por um passador muito fininho ou por uma peneira para um jarro. Guarde no frigorífico durante alguns dias. Antes de servir, terá de agitar porque a água pode separar-se do resto dos ingredientes. Pode juntar aos cereais do pequeno-almoço em vez do leite, ou então aqueça. Fica ótimo quente. Se quiser, junte cacau para transformar esta bebida incrível num chocolate quente com pistácio.

 

Um ótimo dia para todos os fãs de pistácios,

Ela

 

receita e fotos: thehealthymaven

 

iogurte grego com pistácios caramelizados e alcaçuz para combater a tosse da criançada

Sobraram-lhe quilos de pistácios do Natal? Não sabe o que lhes fazer? Não desespere. Encontrei no magnífico blog Ulf Svane a solução ideal para os usar num pequeno-almoço ou num lanche de sonho. E a combinação do aveludado do iogurte com os estaladiços pistácios caramelizados e o aroma do alcaçuz é uma invenção dos deuses. Ainda por cima, a receita é facílima, até para mim. Quer ver?

4708091_281271_PistYogurt1.jpg

 

queijo no forno com pistácios, nozes e sementes de sésamo

Esta é uma receita invencível! Encontrei-a no Gourmande in the Kitchen e não imagino melhor maneira de começar o seu dia do que a ver estas fotografias. Só corre mal numa única situação: se os seus convidados não gostarem de queijo. Aí é uma catástrofe. Mas quem é que não gosta de queijo, Deus meu? Está claramente no meu Top Ten de delícias para me lambuzar na época natalícia que está aí a chegar como um foguete desgovernado.

Dukkah-Crusted-Baked-Brie-Recipe-from-gourmandeint