Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

5 sangrias de espumante para fazer este verão

Verão sem sangria é como futebol sem golos. No meu caso, fico perdido, a olhar para o infinito sem qualquer apoio para suportar os dias de intenso calor. E então se a sangria for de espumante, podem trazer os tambores e os gigantones porque vamos ter festa. 

É claro que, mal o dia 21 de Junho surgiu no calendário, eu surgi na Internet incessantemente em busca de cinco salvações para as minhas férias de Verão. E, depois de muito trabalho e ainda mais sofrimento, cheguei a esta magnífica finalíssima de cinco deliciosas sangrias de espumante. São todas fáceis de fazer e deliciosas de beber. Agora, vá lá buscar o jarro e o gelo que isto vai aquecer.

 

Sangria de Pepino e Menta

685caa4358c68fe762e29012087473da2346d33c.jpeg

Esta é provavelmente a melhor e mais simples combinação para uma sangria: o sabor fresco do pepino e da menta com o gaseificado do espumante. Comece por fazer um xarope de menta, juntando água, açúcar granulado e umas folhas de hortelã numa panela. Depois de deixar ferver, vá mexendo durante um ou dois minutos até dissolver completamente o açúcar. Enquanto o xarope arrefece, esmague um pepino picado fininho com sumo de lima acabado de espremer. Junte um pouco de vodka, o xarope de menta e misture bem com muito gelo. Se quiser, também pode fazer isto num shaker. Acrescente o espumante, umas fatias fininhas de pepino e um ramo de hortelã e pode servir. A receita e a foto são do blog Domesticate Me. Veja a receita completa e as quantidades certas de cada ingrediente aqui.