Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

o vídeo do jantar mais fácil para as férias de verão: rolinhos de pizza crocantes com presunto e queijo derretido

 

Férias! Finalmente consegui carregar um camião TIR de malas cuidadosamente preparadas pela minha querida e obcecada Mulher Mistério a caminho de um misterioso destino de férias. Não sei onde é que Ela consegue encontrar tanta roupa escondida no armário para trazer para as férias, mas a verdade é que, todos os anos, é capaz de me surpreender com mais uma mala da qual eu desconhecia a existência.

Normalmente, preciso de descontar quatro dias às minhas férias reais: um dia para estudar qual a forma possível de encaixar tantas malas num único carro (mesmo que se trate praticamente de um camião TIR), um dia para conseguir encaixar realmente as malas e mais dois dias de intensas negociações para, no final, sair vitoriosamente com dois pares de meias a menos.

A verdade é que já passei por esses quatro penosos dias e hoje, finalmente, aqui estou, sentado, descansado e preparado para fazer o prato preferido dos meus queridos Filhos Mistério durante as férias. Trata-se de uns divinais rolinhos de pizza carregados de queijo derretido por dentro e com uma cobertura crocante de azeite e alho.

rolinhos_pizza04-1.jpg

rolinhos_pizza03-1.jpg

rolinhos_pizza02-1.jpg

Ao contrário do que possa imaginar, são facílimos de fazer. No ano passado, já tinha preparado uns torcidos de pizza com molho pesto, que as crianças adoraram. Mas agora a Oliveira da Serra desafiou-nos a criar outra receita de rolinhos de pizza, usando o fantástico azeite Oliveira da Serra Gourmet que tem uma acidez máxima de 0,3%. E foi assim que nasceu a tal fabulosa cobertura crocante de azeite e alho.

Mas há mais. E melhor. Tudo isto demora 20 minutos a fazer e um único minuto a aprender. Basta ver o vídeo aqui em baixo.

 

Rolinhos de Pizza Crocantes com Presunto e Queijo Derretido

Por fora é uma massa de pizza crocante e fininha, por dentro é uma combinação de pepperoni, presunto e queijo derretido. Tudo isto com um delicioso molho de alho e azeite Oliveira da Serra Gourmet. Veja a receita completa em www.casalmisterio.com #pizza #queijo #video #casalmisterio

Publicado por Casal Mistério em Segunda-feira, 24 de Julho de 2017

 

figos com queijo de cabra e presunto ou como fazer-me uma mulher feliz!

Se para a maioria das pessoas civilizadas, esta receita seria um maravilhoso aperitivo, para mim seria um ótimo pequeno-almoço, almoço, lanche ou jantar. Aliás, podia passar o dia inteiro a comer esta delícia! Adoro queijo de cabra e amo figos, por isso, estou às portas do paraíso.

Mas falando a sério, esta receita do site Nugget Markets faz um brilharete em qualquer jantar. É fresca e facílima de fazer! Só precisa de figos frescos, rúcula, queijo de cabra, mel e fatias de presunto. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, espreite aqui a receita original.

figs.jpg

 

tortilla de ricotta, presunto e tomate cherry: definitivamente hoje é para a desgraça!

Apetece-lhe uma receita saudável? Vegan? Vegetariana? Biológica? Sem glúten? Então está a ler o post errado. Esta receita do blog The Little Room of Style é uma desgraça a todos os níveis mas… também é irresistível. Basicamente é uma espécie de tortilla (a autora da receita original chama-lhe frittata) mas o segredo desta tentação está nos ingredientes: ovos, natas, parmesão ralado, sal, pimenta preta, azeite, meia cebola e uma batata média descascadas e cortadas fininhas, tomates cherry cortados ao meio, presunto, ricotta e cebolinho picado. Se quiser saber as doses certas destes ingredientes, para 6 a 8 pessoas, espreite aqui a receita original.

Frittata_AranGoyoaga_edoc2784.jpg

 

sala de corte, o paraíso para quem gosta de carne

11898515_894913210602096_3999461961979925576_n.jpg

A minha relação com a dieta é muito clara e cristalina. Desde que o meu médico me disse que a melhor maneira de dormir bem à noite era acabar sempre aquilo que começo, eu já me empenhei em conseguir acabar sozinho dois pacotes de bolachas e um bolo de chocolate com chantilly. Mais recentemente, foi a vez dos entrecôtes. E dos chuletóns. E das batatas fritas. E dos molhos. E das sobremesas maravilhosas da Sala de Corte, o novo restaurante que abriu há poucos meses no Cais do Sodré, em Lisboa.

 

um jantar perfeito para um domingo de outono: bruschetta de espargos, brie e presunto crocante

Acho estes dias um bocadinho esquizofrénicos: de dia está um sol maravilhoso, à noite só apetece é ficar por casa e acender a lareira. E isso é o pior que há para quem quer fazer dieta. Está uma pessoa embrulhada em mantas em casa e o que é que faz? Vai ao frigorífico e inventa uma desculpa para começar a dieta amanhã. E essa desculpa encontrei-a neste delicioso site Heather Christo com esta tentadora receita que me fez esquecer a malfadada dieta mais uma vez. Ainda por cima é facílima de fazer. Até uma iletrada na cozinha como eu consegue. Querem ver?

 

tostas de queijo de cabra com presunto e figos, a minha última tentação

Hoje estou feliz. Ainda consegui encontrar figos no supermercado. É mais ou menos o mesmo tipo de felicidade que os meus filhos expressam quando chego a casa com um frasco de Nutella. E agora o que fazer com eles? Num dia normal, tiraria do saco e não chegariam ao frigorífico. Mas hoje, vou acrescentar só mais algumas calorias a esta tentação, que por acaso é a minha fruta preferida. Vou fazer esta incrível receita do blog Renée Kemps para me desgraçar de vez. Se é para cair em tentação que seja em grande estilo.

tartinefinal3.jpg

 

 

chegou a época da fruta preferida da família mistério: figos recheados com queijo de cabra e enrolados em presunto

Estou no mais absoluto estado de transe. Primeiro, vi cinco minutos do programa Cartas da Alma ontem de manhã, na TVI. Depois, comprei os primeiros figos do ano na praça. Tenho de confessar que, apesar de ter ficado sensibilizado com os presságios matinais, os figos ainda são ligeiramente mais transcendentais do que a Sarah Moustafá. E foi por isso que mergulhei numa cruzada em busca da receita perfeita – com figos, não com Moustafá. O resultado é este divinal petisco do blog Soup Addict.

a5732d4208fd638281e9427f8c6d197c.jpg

 

 

novidade! novidade! abriu uma pizzaria do bairro nas amoreiras (e tem uma deliciosa pizza de presunto de vaca)

10940620_763673017001396_3408211639509843703_n.jpg

As pizzas à fatia são conhecidas como o petisco "Vai ser tão bom, não foi?". É aquela comida perfeita que é deliciosa e engorda menos. Podemos provar só uma fatia da nossa pizza preferida sem precisarmos de fazer quatro maratonas a seguir para não nos sentirmos culpados. 

O problema é quando chega o momento da verdade. E, depois de termos passado noites em claro a sonhar com aquela pizza espectacular, encontramos uma fatia ressequida e requentada a olhar para nós. Vamos lá esclarecer esta questão com tranquilidade: pizza boa é acabada de sair do forno, ainda com a massa a estalar e o topping a fumegar. Ora, pizza vendida à fatia não pode ser acabada de fazer, porque se eu vou comer apenas uma fatia alguém vai ter de comer as outras muitos minutos depois. 

 

 

tâmaras recheadas com queijo de cabra e nozes pecan enroladas em presunto, um ótimo aperitivo para uma festa

Cada vez que se fala de tâmaras cá em casa, os miúdos torcem o nariz. Embirram com o aspeto deste delicioso fruto seco que tem um sabor tão doce que parece um rebuçado. Já desisti de os convencer a provar. Por mais que lhes explique que são ótimas e doces, eles dizem que não gostam sem sequer provar, que é uma coisa que me tira do sério. "Perdoai-lhes, Senhor, que eles não sabem o que dizem". Mas hoje vou pô-los à prova. Como temos um jantar cá em casa, vou fazer este delicioso aperitivo que descobri no blog recipe runner e vou dar-lhes a provar. Aposto que vão ficar rendidos e só no fim é que lhes digo com um ar triunfante:

- Gostaram? Acabaram de comer tâmaras. 

ProsciuttoWrappedGoatCheeseStuffedDates1.jpg

 

 

novidade! novidade! fomos comer uma deliciosa chapata de queijo da serra e presunto à charcutaria, a nova esplanada da avenida da liberdade

Captura de ecrã 2015-06-3, às 11.20.30.png

O que é que um pai garboso faz quando tem de levar o seu filho ao médico às três da tarde? Exactamente isso que estava a pensar: leva-o para almoçar no novo quiosque da Charcutaria Lisboa, na Avenida da Liberdade. É preciso animar a criança... dar-lhe alguma recompensa... e enquanto alguns enchem os filhos de chupa-chupas à entrada do médico, eu encho-os de presunto e queijo.

 

 

tosta de bagel com presunto e ovos para começar bem o dia (dieta? qual dieta?)

Socorro! Estou farta da minha dieta! Hoje vou desgraçar-me. Não quero saber. Tenho fome. Estou desesperada. Por isso, o meu pequeno-almoço vai ser esta maravilha que encontrei no fantástico blog Verses From my Ktchen, que eu adoro: uma tosta de bagel com presunto e ovos escalfados. Paciência. Depois passo fome o resto do dia.

brunch sandwich set straight on.JPG

 

ovos com espinafres e presunto no forno: a receita ideal para abrir as hostilidades esta semana

Esta receita do blog super cool Donal Skehan é uma versão diferente dos clássicos ovos cocotte. Pode servir ao pequeno-almoço, ao almoço ou ao jantar, depende do seu tempo e da sua paciência. Não é que seja difícil mas não será o ideal para um dia em que esteja com pressa de manhã. Mas dá um belo pequeno-almoço de fim de semana ou mesmo um ótimo brunch para a manhã do dia de Natal.

FoodWine-Xmas-Shoot-2013_1.jpg

 

 

tartines de figo, presunto, queijo de cabra e mel

Estava a precisar de uma boa notícia para lhe animar estes dias de chuva, não era? Bom, eu estava. E como já percebi que não posso contar com o Benfica para me animar os dias este ano (pelo menos, com o Artur, não seguramente), virei-me mais uma vez para a natureza. Como é habitual, não fui propriamente contemplar a paisagem. Preferi contemplar as árvores – de figos.

 

 

a pasta nella forma do italy

Estou com a estranha sensação que me deito com o impermeável vestido e acordo com o chapéu de chuva na cabeça. Parece que passei a viver dentro da Anatomia de Grey, onde as únicas cenas sem chuva são as que se passam dentro do hospital (e mesmo aí já choveu...). Só que infelizmente, apesar dos meus lindos olhos azuis, ainda não sou o Derek Shepherd para acabar com a depressão do mau tempo lá em casa através de um simples sorriso. Eu tenho de me esforçar para animar a família - se é que se pode chamar família a seis bocas constantemente à espera de serem alimentadas. E não basta explicar que em Seattle, em 1953, já choveu durante 33 dias seguidos sem parar. Não. É preciso surpresas, presentes, algumas graças e muitos jantares fora. É assim a minha vida e está a ser assim a minha semana. E a surpresa desta semana foi um restaurante italiano.

O ambiente

O sítio é barulhento, a decoração é de cantina, os desenhos nos pratos são de fugir. Aqui há garrafas gigantes a imitar cristal, jogadores de futebol a comer de boca aberta, concursos de misses Brasil a desfilarem por entre as mesas. Aqui há grupos de homens a falarem aos gritos e grupos de mulheres a gritarem enquanto falam. Aqui tudo foi pensado para correr mal. Mas aqui tudo corre muito bem. Tudo? Sim, tudo. Ou acha que o ambiente numa verdadeira pizzaria italiana tem alguma coisa a ver com bom gosto, sofisticação e tranquilidade? Nada disso existe no Italy. Porque no Italy você está como se estivesse em Itália.

 

O serviço

Os empregados falam italiano entre eles e portiliano consigo. São rápidos e são eficazes, são simpáticos e são efusivos, são italianos e são orgulhosos. Ao entrar na sala do Italy, na Avenida Duque d'Ávila, em Lisboa, parece que está a entrar na sala de casa do Padrinho, na Sicília. Só que, em vez de um assustador Michael Corleone encontra uma maravilhosa Pasta nella Forma. E é isso que transforma este restaurante num sítio obrigatório para quem gosta de comida.

 

A ementa

No Italy, não é importante o couvert, as entradas ou as sobremesas. Guarde cada milímetro cúbico do seu estômago para esta massa. Estamos evidentemente a falar de um spaghetto fresco e especial. Primeiro, a massa é cozida na cozinha e passada por uma frigideira com manteiga e natas. Depois é levada para junto da mesa, onde um empregado pega num enorme queijo Grana Padano original sem a casca de cima e passa a massa quente pelo interior, deixando o queijo derreter um pouco com o calor do spaghetto. Quando a massa está realmente envolvida no Grana Padano, é colocada num prato por cima de uma fatia de presunto de Parma. Leva ainda um molho com cogumelos porcini, cebola, natas e salsa e é temperada com um fio de azeite de trufas brancas e um pouco de pimenta. Tudo isto se passa à nossa frente, enquanto lá fora as ruas alagam e as coberturas dos estádios de futebol voam. É uma mistura perfeita de diferentes sabores típicos italianos - queijo, cogumelos, trufas, presunto e pasta - e a única coisa que me faz sair de casa num dia como este. Só um ultimo conselho: se for ao site do Italy, não se assuste com o aspecto. É tipicamente italiano: kitsch, mas muito bom.

 

O óptimo

A Pasta nella Forma

O bom

O serviço

O mau

A decoração

 

Uma boa molha para si, onde quer que esteja,

Ele