Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

a maneira mais eficaz de gelar uma garrafa de champanhe em cinco minutos

wood-light-flowers-hotel-large.jpg

Agora chegou o momento Professor Karamba do dia. Encoste-se um pouco mais ao computador que eu estou prestes a adivinhar como é que vai ser o seu jantar de logo à noite. Está preparado? Então, aqui vai. Por volta das 23h30, alguém vai perguntar: 

– Onde é que está o champanhe?

E alguém vai responder:

– Está ali. Só não está é gelado.

 

os sete melhores brunches de ano novo

1.jpg

Há lá melhor forma de começar o ano do que a… comer? E bem, de preferência? Se há coisa que apetece depois de uma noitada é acordar tarde e tomar um delicioso brunch para entrar em 2016 com a dignidade que o novo ano merece! Depois de uma profunda e detalhada investigação, deixo-vos aqui a minha seleção dos melhores brunches de Ano Novo, em Lisboa e no Porto.

 

passagem de ano: 4 maneiras originais de fazer mini crepes blinis, uma entrada de chorar por mais

Vou admitir uma coisa publicamente que vai fazer com que Ele rejubile na cadeira de felicidade: foi Ele que me mostrou pela primeira vez os crepes blinis. Sabem aquele género de marido que acha que a mulher só descobriu o mundo depois do casamento? É Ele. Amoroso...

Mas num único ponto Ele tem razão: foi graças a Ele que descobri os blinis. É verdade. Maldita a hora porque, além de serem deliciosos, engordam, claro. Estas mini panquecas dão uns aperitivos ou umas entradas fantásticas para o seu jantar de Passagem de Ano. Basicamente pode pôr o que lhe apetecer em cima, doce ou salgado, o sucesso é garantido. Aqui ficam quatro sugestões diferentes que encontrei no delicioso site Ichigo Shortcake.

7176081037_2a3571f8a0_b.jpg

 

 

ceia de ano novo: quais os melhores vinhos para acompanhar cada queijo

Tive dois grandes desgostos que marcaram profundamente a minha vida. O primeiro foi ver, aos 6 anos, O Campeão morrer à frente do filho. O segundo foi descobrir, aos 26, que os queijos não se comem apenas com vinho tinto. Não é fácil aguentar desilusões desta dimensão sem me tornar de um dia para o outro na versão masculina da Pomba Gira. Mas eu resisti. E é por isso que, todos os anos, dedico uma boa parte da minha passagem de ano a homenagear os queijos e os vinhos.

No entanto, para tudo sair perfeito é preciso encontrar o vinho ideal para cada queijo. E, se no Natal, encontrei um fantástico guia para combinar os vinhos com os pratos natalícios, agora descobri um magnífico dicionário para decidir que vinho deve acompanhar cada tipo de queijo. O trabalho de casa foi feito de forma irrepreensível e ultra-completa pelo site Fix.

Só tem de procurar o queijo que vai servir e ver quais as castas de vinho que mais se adequam. As castas e os queijos portugueses foram acrescentados por nós.

wine-cheese-pairings.jpg

 

 

ano novo – a alternativa mais requintada às 12 passas da meia-noite: tostinhas com brie, passas e redução de vinho branco

É o meu maior sacrifício de Ano Novo. Ter de comer 12 passas seguidas, sem mais nada, em apenas 12 segundos é quase tão penoso como ter de engolir as 23 pastilhas elásticas que Jorge Jesus ingere por cada jogo de futebol. Eu confesso que todos os anos tenho uma pequena discussão de fim de ano com a minha querida Mulher Mistério por causa da polémica das passas. Eu resisto, Ela insiste. E, como em todos os casais do século XXI, eu cedo e Ela ganha. 

Pois bem, este ano vai haver uma pequena surpresa. Para suavizar o meu sofrimento, vou disfarçar as passas no meio de uma receita maravilhosa. E enquanto Ela despejar mãos cheias de frutos para dentro da boca, eu vou deliciar-me com duas destas magníficas tostinhas com queijo brie do fantástico blog Bite Me.

Para levar a cabo esta minha rebelião festiva, só preciso de passas brancas, queijo brie, pão de baguette ou de sementes, manteiga sem sal, 1 vagem de baunilha partida ao meio na vertical, açúcar, vinho branco Chardonnay e água. Mas para ver as medidas certas, é melhor consultar a receita original aqui.

DSC_0246.jpg

 

 

trufas de queijo de cabra com ervas aromáticas e… ligeiramente picantes, para terminar o ano em beleza!

Estão oficialmente abertas as hostilidades para a preparação do jantar da passagem de ano. E estas trufas até que passam por saudáveis. Vamos lá ver: basicamente o único ingrediente que engorda é o queijo de cabra… Ah, pois é. Mas podemos fazer micro-bolinhas, assim não engordam tanto. O que é que interessa? (Pronto, lá está Ela outra vez) É proibido falar em dietas no último dia do ano. Ano novo, dieta nova! Até lá, seja o que Deus quiser! Esta receita do blog dana treat só precisa de um queijo de cabra macio, de salsa picada, endro picado, nozes pecan picadas, pimenta preta, paprika, azeite e flocos de pimenta vermelha. Se quiser saber as doses certas para 30 trufas, espreite aqui a receita original, adaptada de uma receita de Martha Stewart.

IMG_7950_picnik-346x520.jpg

 

 

biscoitos de toblerone para aproveitar os meus últimos dias antes da dieta

Faltam dois dias. Dois dias para regressar ao meu inferno habitual. Quarenta e oito horas. Não sei se entre já em depressão ou se coma até explodir. Como não sou dada a tristezas, vou optar pela segunda hipótese. E vou aproveitar para me despedir em grande de 2014 com esta maravilhosa e facílima receita deste inspirado blog que me vai encher de remorsos mas vai cobrir de alegria a nossa equipa de futsal: biscoitos de Toblerone. Só o nome já me faz crescer água na boca.

toblerone2.jpg