Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

a nossa próxima viagem romântica: um cruzeiro de sonho pelos rios da europa

Meu querido Marido Mistério,

O verão está a acabar e, para não deprimir, já estou a planear a nossa próxima viagem. Eu sei que tu nunca queres gastar muito dinheiro, eu é que sou a descontrolada e a gastadora da família, tu és o ponderado, o sensato, enfim, o maçador e o desmancha-prazeres. Uma pessoa tenta sonhar e Ele invariavelmente atira-me com baldes de água fria, os chamados banhos de realidade.

Por tudo isto, procurei uma solução que agrade aos dois: na Europa, o que é simpático porque os voos são mais baratos; e um cruzeiro por destinos românticos e bucólicos porque, com a nossa vida infernal, estamos a precisar de empandeirar os miúdos para irmos namorar.

E foi assim que descobri estes cruzeiros nos rios mais famosos da Europa, como o Danúbio, o Reno, o Sena ou o Ródano.

4426DBD000000578-0-image-a-1_1505125244185.jpg

 

 

9 destinos únicos e originais para a sua lua-de-mel

IMG_1123.jpg

Está noivo? Gostava de estar? Já casou mas está a precisar de uma nova lua-de-mel? Está solteiro mas gostava de fazer uma viagem romântica? Então este post é para si.

Não há nada melhor do que, depois de meses e meses de preparação, stress e discussões, termos um dia perfeito e partirmos para um paraíso enquanto tentamos recordar todos os detalhes do casamento que demorou décadas a preparar e passou num instante. O ótimo blog britânico Hand Luggage Only elaborou uma lista de sítios únicos e diferentes para ir de lua-de-mel, para além das óbvias Caraíbas, Paris ou Veneza. Claro que inclui destinos de praia paradisíacos mas, na maioria dos casos, são lugares surpreendentes.

 

3 hotéis românticos para um dia dos namorados único no alentejo

11096496_898423640181162_1830502832795535583_n.jpg

Hoje sinto-me o Cupido da blogosfera, a Vénus da Internet, o Adónis do mundo virtual. Espere lá, o Adónis não tem nada a ver com amor, mas eu sinto-me um Adónis na mesma. Seja como for, estou aqui de arco e flecha em punho, prontíssimo para preparar o seu Dia dos Namorados. 

Não sei se já percebeu, mas faltam três semanas para essa data mítica em que todos vamos tentar fugir dos restaurantes repletos de casalinhos tète-à-tète. É altura de tomar uma decisão importante na sua vida: se vai fugir dos restaurantes, onde é que se há-de enfiar. Hipótese 1: num hotel alentejano com uma salamandra no quarto. Hipótese 2: num hotel alentejano com uma banheira no quarto. Hipótese 3: num hotel alentejano com uma janela no quarto. Uma janela no quarto?! Então os outros não têm janela?! É claro que têm, mas esta janela tem uma vista fantástica para a vinha da herdade. E quem é que recusa adormecer a olhar para o berço do vinho? 

 

a sangria do amor, que é como quem diz, um delicioso e incrível espumante com amoras

Hoje acordei apaixonada. Apaixonada pela vida, pelos meus queridos filhos, e claro, pelo meu querido Ele. E decidi celebrar o amor e a vida. Como? Dando abraços a desconhecidos na rua? Não. A prender cadeados em pontes? Não? A cantar serenatas à chuva? Não. A fazer a chamada sangria do amor... há lá bebida mais romântica? O blog da jacquelyn clark acha que não e quem sou eu para discordar?

blackberry-thyme-cocktail_3-480x722.jpg

 

 

se não pode jantar à lareira, convide a lareira para jantar

Mais um fim de semana sem sol e com ele uma imensa vontade de não sair de casa. Por isso enquanto o meu querido marido mistério improvisa um jantar, eu arrumo a casa e ponho a mesa. Hoje à noite vamos mandar a equipa de futsal para casa dos avós e fazer um programa a dois. E que tal esta lareira portátil, para aquecer o ambiente?

 

 

Se quiser comprar esta romântica lareira para decorar a sua mesa de jantar, clique aqui.

 

Bom fim de semana,

Ela

o que fazer no dia dos namorados?

Não caia na tentação de marcar um restaurante para essa fatídica noite. Tivemos uma vez essa experiência e jurámos para nunca mais: 14 de fevereiro é sinónimo de restaurantes a abarrotar de casalinhos a olharem para o relógio, a espreitarem discretamente o Facebook debaixo da mesa, a ouvirem as conversas da mesa do lado, tudo isto sem trocarem uma única palavra entre eles. Um restaurante cheio é, quase sempre, sinónimo de serviço medíocre e de potencial desastre na cozinha, e pior de tudo: é sinónimo de ementas fixas especiais que incluem invariavelmente espumante rasca e morangos congelados. Por tudo isto, se puder fuja. E se a sua carteira o permitir, fuja para bem longe. Pegue na sua cara-metade e surpreenda-a com um destino realmente romântico. Aqui ficam quatro sugestões:

 

Paris 

As pontes sobre o Sena são um dos principais símbolos do romantismo da cidade. Já reparou que quase todas estão cheias de cadeados, muitos com mensagens de amor? O ritual começou na Pont des Arts e rapidamente se estendeu às restantes pontes sobre o rio da capital francesa: os casais apaixonados prendem um cadeado à ponte e atiram a respetiva chave ao rio, como promessa de amor eterno. Há lá coisa mais romântica do que isto?  

 

Maldivas 

Areia branca, mar azul, quente e transparente, recifes de corais, praias desertas, luxo em todos os detalhes, coqueiros, bungalows na areia, bungalows em cima da água, piscinas privadas, snorkelling, passeios a pé de mão dada, jantares na praia à luz de velas ou de tochas. Há lá coisa mais romântica do que isto? 

 

Veneza­ 

Cidade dos canais, do amor, da sedução, das máscaras, das pontes, dos táxis marítimos, dos vaporettos, do festival de cinema, da praça de São Marcos, da ponte dos suspiros, dos passeios de gôndola pelos canais… Há lá coisa mais romântica do que isto? 

  

Santorini 

Provavelmente um dos sítios mais românticos do mundo. Porquê? Não sei explicar. A ilha, a paisagem, a música nas ruas e ruelas, os tons de azul e branco, a vista deslumbrante para a cratera do vulcão, as esplanadas dos restaurantes nas encostas. O ar que se respira é o antídoto para casais desavindos. Impossível discutir ou zangar-se quando se está em Santorini. Há lá coisa mais romântica do que isto?  

Feliz Dia dos Namorados,

Ela