Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

o pão é carcaça, a maionese não é caseira, o ambiente é caótico – então o que faz deste um dos restaurantes mais famosos do algarve?

20170730_200632 3.jpg

Nunca julguei possível poder gostar de um couvert composto por umas torradas de carcaças cortadas ao meio, barradas com uma manteiga de qualidade duvidosa e acompanhadas por uma maionese Hellmann's com alho. Só a ideia de misturar manteiga e maionese no mesmo pedaço de pão já deixa a minha querida e pseudo-saudável Mulher Mistério à beira de um colapso nervoso. E então se esse pedaço de pão for a velha e desenxabida carcaça que acompanhou anos e anos dos meus lanches de infância, o cenário ainda se torna mais improvável. Mas, no entanto...

...no entanto, assisti verdadeiramente abasurdido ao aspirar de torres de carcaças torradas mergulhadas em maionese. Não só por parte da minha querida Mulher Mistério, mas de toda a família em peso (e aqui a palavra peso aplica-se com todo o seu significado).

Na verdade, aquelas torradas tornam-se irresistíveis exactamente por me lembrarem da minha infância, quando os lanches eram feitos de carcaças com manteiga sem qualquer tipo de peneiras. Quando não havia hipermercados Continente nem dezenas de marcas de manteiga para comprar. Quando uma simples maionese de alho era o supra-sumo da gourmesice nacional.