Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

scones de muesli sem glúten, o pequeno-almoço ideal para os dias de semana

Já que a minha dieta é um bocadinho estranha (porque começo super empenhada de manhã, faço uma ou outra asneira ao almoço e invariavelmente desgraço-me ao jantar) decidi seguir o conselho de uma amiga minha: cortar no glúten. Quem sabe? Talvez resulte comigo… Estou desesperada e não tenho nada a perder. Por isso, implorei ao meu querido Marido Mistério para me fazer estes deliciosos scones, do blog Elana’s Pantry, que são sem glúten e sobretudo feitos à base de frutos secos e sementes.

Só precisa de farinha de amêndoa, sal, bicarbonato de sódio, arandos secos, alperces secos cortados em quartos, sementes de girassol, sementes de sésamo, pistácios picados, um ovo grande, geleia de agave ou mel. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

muesli-scones-gluten-free-recipe-DSC_07151.jpg

 

scones de coco só com 3 ingredientes, o lanche perfeito de domingo

Adoro scones. Não, não é verdade. Amo scones. Normalmente só consigo parar de os comer quando acabam. E mais recentemente passei a gostar de coco. Quando era miúda, não gostava nada. Hoje em dia sou fã. Por isso, fiquei nas nuvens quando descobri esta receita de scones de coco e vou experimentar hoje ao lanche. É fácil, só preciso de três ingredientes e demora apenas 20 minutos a fazer: 10 a preparar e 10 no forno.

3-Ingredient-Coconut-Oil-Biscuits-1.jpg

 

scones de queijo de cabra com alecrim, o lanche perfeito para um sábado de estudo

Sou a única que já não aguenta testes, questões de aula, mini-testes ou exercícios escritos de avaliação sumativa (havia necessidade de um nome tão maçador?)? Não me interpretem mal. Eu até sou uma mãe exigente (há quem diga que sou demasiado mas não acho nada!) e acho lindamente que os nossos filhos sejam avaliados e muitas vezes. O problema é que quando as crianças têm de estudar, os pais ficam de castigo em casa. Mas para grandes males, grande remédios. E já que tenho de estar em casa para prevenir a bandalheira, vou fazer um lanche especial para animar a nossa prole que fica sempre deprimida em altura de testes. E vou fazer esta maravilha que descobri no blog baker by nature, que demora cerca de meia hora e que é divinal. Só preciso de farinha, fermento, açúcar, sal e pimenta preta, manteiga sem sal, alecrim picado, queijo de cabra e natas. Se quiser saber as doses certas dos ingredientes para fazer 8 scones, espreite aqui a receita original.

IMG_3869-2.jpg

 

um maravilhoso brunch na deslumbrante vila de sintra: os scones gigantes do café saudade

10406596_881447008585296_6340351574461647030_n (1)

Ao olhar para o meu scone no Café Saudade, em Sintra, senti-me como o Marques Mendes a contemplar o Empire State Building em Nova Iorque. Não é um bolo grande, é gigantesco. São os Himalaias dos scones. Ainda por cima, são óptimos, servidos quentes, com o interior suave e (único defeito!) a parte de fora pouco crocante para aquilo que eu gosto.

 

 

scones de abóbora e de sálvia para aproveitar da melhor forma a hora que ganhámos hoje

Já acertou os ponteiros dos relógios de sua casa? Não se esqueça que mudou a hora! Hoje temos mais tempo para… estar à mesa, pois claro! E uma manhã de domingo pede um brunch sem pressas…de preferência, já à lareira, porque não? E porque não fazer esta incrível e original receita do blog baker bettie? Scones de abóbora e sálvia? Porque não? Além dos óbvios leite, vinagre, farinha, açúcar, fermento, bicarbonato de sódio e sal, tem ingredientes como a mistura de especiarias para a torta de abóbora (encontra aqui), folhas de sálvia, manteiga e puré de abóbora. Se quiser saber as quantidades certas para 12 a 14 scones, espreite aqui.

pumpkin-sage-scones-cherry-jam.jpg

 

 

um brunch no tease: o caminho para a perdição passa pela praça das flores

Imagine que entra numa pequena pastelaria de bairro com um ar cosy e muito vintage e depara-se com isto:

10835425_847929845245792_2193030151923644477_o.jpg

 

 

scones de laranja e tâmaras? porque não? quer melhor ideia para um brunch de domingo?

Confesso que estou a adorar este primeiro fim-de-semana de outubro. Com este tempo muito mais ou menos, já não tenho o meu querido e enérgico Marido Mistério a querer ir dar um mergulho à praia, andar de bicicleta ou a inventar mil e um programas saudáveis ao ar livre. Acreditam que até uma sesta consegui fazer ontem à tarde! Que maravilha! E o que é que apetece numa manhã de domingo de outono (ou numa tarde ou numa noite, pois claro!)? Uns scones quentinhos acabadinhos de fazer (prometo que não escrevo mais nenhum diminutivo). Mas estes são diferentes. A originalidade desta receita da infalível donna hay está nos ingredientes extra. Além dos óbvios (farinha com fermento, açúcar, leite e manteiga), esta guru da cozinha australiana junta-lhes casca de laranja ralada e tâmaras picadas. Espreite aqui as doses dos ingredientes para fazer 16 scones.

197916e3d6d77af0293400aa2e7fa138.jpg

 

 

scones de provolone com manteiga de tomate, um lanche original para a nossa equipa de futsal e companhia (i)limitada

Férias de verão é sinónimo de casa cheia de crianças. Eles adoram convidar amigos e eu prefiro tê-los debaixo de olho e felizes, de preferência. Por isso, haja imaginação e orçamento para alimentar bandos de miúdos e pré-adolescentes esfomeados. Quando descobri esta fantástica e original receita, do blog how sweet eats, fiquei com uma súbita vontade de provar scones... então de queijo provolone, nem se fala. Confesso que fiquei com mais água na boca ainda só de imaginar o sabor da manteiga de tomate cherry. Que combinação de génio, meu Deus! Pena não ser para mim. Mas se os meus filhos estão felizes, eu estou feliz. E eu ficarei feliz com menos um quilo ou dois que será a minha recompensa se eu resistir a esta deliciosa tentação...

provolone-scones-I-howsweeteats_com-1-5.jpg

 

 

scones de batata doce com ovos escalfados, o pequeno-almoço dos meus sonhos

Já falei aqui da minha paixão por batata doce. Paixão não, é obsessão mesmo. Ando sempre à procura de novas e deliciosas receitas com batata doce. Por isso, fiquei alucinada quando descobri esta maravilha no apetitoso blog How Sweet it Is: scones de batata doce? Tenho mesmo de experimentar. Durante a semana, é uma correria, não há tempo para nada, mas no fim-de-semana, meu querido Marido Mistério, vais pôr literalmente a mão na massa, porque tenho sonhado dia e noite com este scones e isto está a tornar-se patológico!

swbb-3.jpg

 

chá das cinco no palácio das cardosas no porto

 

Vou ser franca. Sempre embirrei com “os dias internacionais de qualquer coisa”. Bom, exceção feita para o dia da criança, quando era miúda. Agora, parece que todos os dias são dias de alguma coisa, e confesso que até mesmo o dia internacional da mulher me irrita um bocadinho. “Porque é que não há o dia internacional do homem?”, perguntou-me outro dia um dos membros femininos da nossa equipa de futsal. Expliquei-lhe que infelizmente este dia é muito importante para despertar consciências sobre as atrocidades que milhões de mulheres ainda sofrem em todo o mundo. E sendo um dia fundamental para recordar que as mulheres devem ser tratadas como rainhas, nada como celebrar o dia 8 de março como uma princesa.

 

 

Um pouco de História

É isso mesmo que propõe o Bar do Palácio das Cardosas no Porto. Um chá das cinco digno da princesa Catarina de Bragança. Sim, porque o famoso “english tea” ou o “five o´clock tea” foi uma tradição introduzida por uma portuguesa na corte inglesa. Quando Catarina de Bragança, filha de D. João IV, se casou com Carlos III de Inglaterra, levou consigo um dote, no mínimo, exótico: 500 mil libras de ouro, o livre comércio de Inglaterra com as possessões portuguesas na Ásia, em África e nas Américas, a cidade de Bombaim e uma caixa de chá… (quem diria que uns séculos depois estaríamos sob um resgate e a poupar até no chá?) O que é facto é que esta caixa mudou para sempre a vida e os hábitos dos ingleses que, até hoje, não abdicam do chá das cinco, com scones e marmelada (também esta vinha na mala de D. Catarina).

 

 

Por isso, vamos esquecer que vivemos num pobre país resgatado pela troika e fingir que estamos na corte inglesa por uma tarde. Os ingredientes estão lá todos: um palácio, livros, chás e scones deliciosos e até um piano de cauda. Com uma vista privilegiada sobre a cidade do Porto, vai poder provar os mais variados chás dos quatro cantos do mundo.

 

 

O Verdadeiro Chá das Cinco – Scones, mini sandwiches com compotas, manteigas e natas batidas: 35€ para duas pessoas

Chá e Scones – 12,50€ por pessoa

Chá e Mini Sandwiches – 14,50€ por pessoa

Depois deste lanche, vou celebrar o dia internacional da mulher… gorda!

Ela