Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

10 lanches com menos de 170 calorias e quase sem açúcar nem hidratos de carbono

Minha querida e admirável Mulher Mistério, descobri a fórmula da felicidade. Neste caso, a fórmula da tua felicidade. Exactamente, estou a falar de lanches dietéticos que mantêm os níveis de açúcar estáveis no sangue ao longo do dia. Daqueles que têm poucos hidratos de carbono, poucas calorias e nada de açúcares adicionados. Além disso, têm fibras que ajudam a atrasar a digestão, dando-te uma sensação de saciedade e estabilizando os níveis de açúcar ao longo do dia.

Calma, não tens de me agradecer já. Agradece antes ao BuzzFeed que falou com vários nutricionistas para descobrir qual é o lanche ideal. E a fórmula é esta:

  • Calorias: 200 ou menos
  • Proteínas: 15 g
  • Gordura: 10 g
  • Fibras: 4 g
  • Hidratos de carbono: 25 g ou menos
  • Açúcar adicionado: 10 g ou menos

 

Antes que comeces a protestar porque não és propriamente uma calculadora nutricional para descobrires quantas proteínas tem uma fatia de fiambre, posso esclarecer já que o BuzzFeed também fez o favor de escolher 17 lanches que cumprem estes limites. Aqui ficam os meus 10 preferidos.

 

Tâmaras Recheadas com Amêndoas

sub-buzz-23087-1487094341-3.jpg

2 tâmaras medjool + 2 amêndoas cruas

=

Calorias: 147
Proteínas: 2 g
Gordura: 1 g 
Fibras: 4 g
Hidratos de carbono: 37 g
Açúcares: 31 g

 

tarte de manteiga de amendoim sem açúcar, o lanche saudável ideal para crianças em férias

Nestes dias a nossa casa parece o recreio de uma escola: os amigos vão aparecendo e vão ficando… e vão lanchando… e vão jantando… e vão dormindo… Enfim, haja frigorífico para alimentar estas pequenas multidões que se aglomeram na Mansão Mistério! Como eu sou uma mãe prevenida, fiz ontem com eles esta maravilha que descobri no blog Tending the Table.

Minto… Não fiz nada. Orientei. Orientei os nossos queridos filhos e o meu talentoso Marido Mistério. A minha mãe sempre me ensinou que “a grande arte não é cozinhar, é orientar”. Como sempre fui uma boa filha, sigo até hoje os conselhos da minha sábia progenitora. Por isso, comecei por orientar as compras.

Para a base, precisamos de tâmaras sem caroço, cajus, cacau em pó, pepitas de cacau, sal e arroz tufado. Para o recheio, tem de ter manteiga de amendoim natural, creme de coco, xarope de ácer (a receita original é feita com xarope de arroz integral mas é mais difícil de encontrar, por isso, optei por xarope de ácer), óleo de coco derretido e sal. Finalmente, para a cobertura, comprámos amendoins tostados, xarope de ácer, chocolate preto e mais arroz tufado.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, espreite aqui a receita original.

2.png

 

 

barras de chocolate com quinoa e amêndoas (e sem açúcar, claro): assim, sim, vale a pena estar de dieta!

Ah e tal, que chatice, estou de dieta! Não tenha pena de si que eu já deixei de ter pena de mim há muito tempo!

Desde que descobri que afinal há coisas boas e que não engordam (muito), a minha vida mudou para melhor. É o caso destas barras, que descobri no blog Green Kitchen Stories. São muitos simples de fazer e são deliciosas: conseguem ser ao mesmo tempo crocantes, doces e salgadas. E o melhor de tudo? Posso deliciar-me com uma barra destas sem remorsos nem sentimentos de culpa.

Só preciso de óleo de coco, tâmaras sem caroço, manteiga de amêndoa ou de amendoim, gengibre ralado, sementes de abóbora, quinoa tufada, amêndoas partidas, sal, chocolate preto e coco desidratado. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para cerca de 18 barras, espreite aqui a receita original.

Nut_quinoa_bars_5.jpg

 

 

panquecas de milho com pinhões e sem açúcar, um brunch divinal para este fim-de-semana

Se, tal como eu, não consegue passar um sábado sem um prato de panquecas à frente, então esta receita é para si. E porquê?, pergunta Vossa Senhoria muito avisadamente. Porque eu já me estou a babar para esta receita e ainda nem sequer liguei o fogão. Na verdade, só a ideia de juntar farinha de milho e pinhões num prato para um brunch já me deixa com palpitações (eu sei que tenho muitas palpitações, mas é o mal de quem gosta tanto de comer).

A ideia é do fabuloso New York Times e tudo o que vou precisar é de farinha de milho, sal, leite, azeite, extracto de baunilha, pinhões e mel ou xarope de ácer. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

cornmeal-pancakes-vanilla-pine-nuts-articleLarge.j

 

 

corações de caramelo e chocolate vegan, sem açúcar e sem glúten para celebrar em casa o dia dos namorados

Hoje sinto-me especialmente romântica… Não, não é verdade. Confesso. Sinto-me igual a ontem e provavelmente igual a amanhã, mas enfim. Lá por estar (bem) casada, uma pessoa não pode esquecer o romance e a paixão, e estes dias são precisamente para recordar que namorar é preciso! E como é que vou surpreender o meu querido Marido Mistério? Um presente é demasiado óbvio… Hum… Surpresa, surpresa seria eu ir para a cozinha! Para variar! Ele ia ficar quase comovido, de lágrima no canto do olho, ao ver-me de avental. E é isso mesmo que vou fazer. Vou chegar mais cedo a casa e preparar-lhe estes deliciosos e saudáveis corações vegan e sem glúten que descobri no blog Blissful Basil. Na prática o caramelo é uma mistura de ingredientes saudáveis! Por isso, hoje, até eu posso pecar.

Só vou precisar, para o recheio de caramelo salgado, de tâmaras sem caroço, óleo de coco, extrato de baunilha e flor de sal. Para a cobertura de chocolate, só preciso de pepitas de chocolate vegan ou de chocolate preto partido em pedaços, e também de óleo de coco. Para os toppings, a sua imaginação é o limite, mas a autora da receita original usou bagas de goji, sementes de cânhamo e sementes de abóbora picadas, lavanda, frutos vermelhos secos picados e flor de sal.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para cerca de duas dúzias de corações, espreite aqui a receita original.

Chocolate-Covered-Vanilla-Date-Caramel-Hearts-3790

 

 

a nova descoberta saudável para o seu brunch de fim-de-semana: panquecas de abacate sem açúcar

Preciso da sua ajuda. Estou profundamente dividido e não sei bem o que fazer. Todos os fins-de-semana, a Família Mistério junta-se à volta da mesa para provar umas panquecas diferentes. E hoje a minha querida e prezada Mulher Mistério mandou-me esta receita do site Health para eu fazer amanhã. São umas panquecas de abacate que supostamente aceleram o seu metabolismo e ajudam-no a queimar calorias ao longo do dia.

A receita até não parece má de todo, mas confesso que a ideia de juntar abacate à massa de umas panquecas me deixa ligeiramente desconfiado. No entanto, a verdade é que na Internet só encontro elogios às panquecas de abacate. Ainda por cima, a receita é facílima de fazer.

Tudo o que preciso é de leitelho (ou buttermilk, consegue encontrar no El Corte Inglés ou no Jumbo), ovos, manteiga derretida, mel, extracto de baunilha, abacate, farinha, farinha de trigo integral, fermento, bicarbonato de sódio e sal. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte aqui a receita original.

FullSizeRender.jpg

 

 

bolinhas de amêndoa sem açúcar e sem glúten, o meu mais recente vício... saudável

Não há nada como um fim-de-semana de chuva para pôr as séries e os livros em dia. Nada como um sofá, uma manta e uma lareira enquanto se ouve a chuva lá fora. Pensando bem, está-se melhor numa praia das Maldivas mas, francamente, não me posso queixar. Só que uma lareira acesa pede um petisco para aquecer o estômago. Doce de preferência. Não, esperem, estou de dieta! Não posso cair em tentação! Posso, posso! Ai, posso, posso! Esta receita que descobri no espetacular blog Camille Styles é tão saudável que até eu posso provar. Não tem açúcar nem glúten e é ideal para o lanche dos nossos Filhos Mistério que vão passar o fim-de-semana a estudar para os testes.

Só preciso de tâmaras sem caroço, amêndoas cruas, coco ralado, cacau em pó, sal, manteiga de amêndoa, extrato de baunilha e água quente (se as tâmaras não forem pegajosas). Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 24 bolinhas, espreite aqui a receita original.

almond-joy-date-balls-9698-3.jpg

 

 

cheesecake light com base de bolacha oreo: este é o cheesecake mais fácil e popular da internet

Sinto-me o Indiana Jones da dietologia nacional. Enquanto o Harrison Ford ganhava a vida à procura da arca perdida, eu passo os meus dias em busca de receitas dietéticas. Desde que a minha querida e prezada Mulher Mistério abraçou a sua dieta de Ano Novo com a mesma veemência com que o Brutus abraçava a Olívia Palito que eu estou proibido de entrar em casa, todos os santos dias, sem uma nova e deliciosa receita light.

Mas a minha última descoberta vale por mil: é este divinal cheesecake que é feito em doses individuais e se arrisca a entrar para o Guiness como o cheesecake mais fácil de fazer do planeta. Por baixo, leva uma única bolacha Oreo inteira, a fazer de base. Por cima, tem um creme facílimo de preparar que nem sequer leva açúcar. A invenção é do estrondoso blog Yummy Healthy Easy e tornou-se a receita de cheesecake mais popular do Pinterest em 2016, com umas imbatíveis 225 mil partilhas naquela rede social.

Lighter-Mini-Cheesecakes-with-Oreo-Crust-1.jpg

 

bolachas de banana e coco só com dois ingredientes: uma receita sem glúten, sem açúcar, sem leite, sem nada…

É isso mesmo que leu. Só banana e coco. Mais nada. Não é genial? Esta receita, do blog Fresh Planet Flavor, é tão fácil que até eu posso fazer e é tão saudável que até eu posso comer. Além disso, estas bolachas são nutritivas, ideais para acompanhar as pouco rentáveis sessões de estudo dos nossos queridos e adorados Filhos Mistério… a quem, invariavelmente, ao fim de cinco minutos a olhar para os livros, lhes dá uma fome repentina e decidem “fazer um intervalo”.

Esta receita demora meia-hora a fazer, só precisa de dois ingredientes e é sem tudo: sem glúten, sem açúcar, sem leite e sem ovos, por isso, também é vegan!

2-Ingredient-Banana-Coconut-Cookies-Pinterest1 (1)

 

 

papas de aveia com batata doce, a combinação mais espectacular para um pequeno-almoço saudável

Sexta-feira, 13, é um dia em que evito sair de casa a todo o custo. A minha querida Mulher Mistério acha indiferente, mas eu só saio arrastado (e com um kit de primeiros socorros atrás). Nunca se sabe que azar pode acontecer, por isso convém evitar qualquer contacto com a rua. E quando fico em casa, fico na cozinha.

Hoje, vou aproveitar a clausura para testar uma fantástica receita de pequeno-almoço saudável para amanhã. Trata-se de uma divinal descoberta do fantástico blog Minimalist Baker e junta duas maravilhas do universo que deviam fazer parte da vida de toda a gente: as papas de aveia e a batata doce. É isso mesmo que está a pensar: as duas, juntas e ao vivo, na mesma taça de pequeno-almoço.

Para fazer este sonho capaz de dar a volta a qualquer sexta-feira, 13, que surja no horizonte, só vou precisar de flocos de aveia, água, puré de batata doce, xarope de ácer, canela e granola. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

IMG_2664.JPG

 

 

a melhor (e mais saudável) mousse de chocolate e abacate

Rima e é verdade: a mistura do chocolate com o abacate é das melhores e mais saudáveis combinações para fazer uma sobremesa resistente a qualquer dieta. E esta fantástica receita do site The Kitchn é simplesmente perfeita. 

Os especialistas do The Kitchn testaram várias receitas com os dois ingredientes para ver qual dava a mais cremosa e saborosa mousse de chocolate de todas. E a grande vencedora foi esta que, além de abacate e de cacau em pó, ainda leva leite de amêndoa, extracto de baunilha, flor de sal, chocolate preto (com 70% de cacau) e geleia de agave. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

O abacate tem de ser bem maduro para dar a cremosidade ideal à mousse. Depois, o chocolate equilibra o amargo do cacau e a flor de sal dá-lhe o toque que faz toda a diferença. Mas o melhor de tudo, é a rapidez com que consegue fazer esta maravilha.

0eb550fae237cab3d0aea99402f27703c9c146de.jpeg

 

 

5 receitas de brownies de chocolate sem açúcar refinado (para sobrevivermos à dieta de ano novo)

Conhece alguém que não goste de chocolate? Pois... E de brownies de chocolate? Calculei... Este texto é dedicado a todos esses amantes de chocolate que estão a sofrer com a privação das dietas neste início de ano. Eu sei por experiência própria: sou um chocólatra anónimo.

Tenho uma verdadeira obsessão por chocolate. Mas tenho também uma autêntica obediência à minha querida e estimada Mulher Mistério. Especialmente quando ela está nessa temível fase da sua vida que dá pelo nome de Época da Dieta. E durante essa altura – que ocupa quase todo o ano, mas que no mês de Janeiro assume proporções descontroladas – Ela não admite a entrada de um único grama de açúcar refinado na sua cozinha. Por isso, resta-me descobrir alternativas saudáveis aos meus doces preferidos. E no topo da lista estão os bolos de chocolate.

A primeira coisa que fiz este ano foi reunir as melhores e mais saudáveis receitas de brownies de chocolate – todas sem açúcar refinado, claro. Aqui ficam as minhas 5 preferidas, que me vão acompanhar ao longo dos próximos dias.

 

Brownies Saudáveis sem Glúten nem Lactose

19639088_Qg0GM.jpeg

Nesta maravilhosa receita do blog Ambitious Kitchen, o açúcar refinado é substituído por açúcar de coco e a farinha por farinha de amêndoa, o que torna este um bolo à prova de dietas e de alergias. Leva ainda óleo de coco, extracto de baunilha, um ovo, cacau em pó, bicarbonato de sódio, sal e framboesas. Para o molho delicioso que tem por cima, só precisa de pepitas de chocolate (a autora recomenda vegan ou sem lactose) e óleo de coco.  

O resultado final é uma verdadeira delícia – e um passaporte para me libertar da tirania dietética da minha querida e temível Mulher Mistério. Para ver a receita, clique aqui.

 

e se em vez de uma mousse de chocolate fizer uma deliciosa mousse de abóbora sem açúcar para este natal?

Domingo é dia de experiências na cozinha. Especialmente se for um domingo de Sporting-Benfica. Assim, eu enfio-me na cozinha, Ela enfia-se na sala e não há cá discussões. Quando estivermos juntos, será só para comer. Por isso, espero que o ambiente seja relativamente tranquilo. E hoje encontrei, no fantástico blog Broma Bakery, a receita ideal para mediar conflitos futebolísticos familiares: uma fabulosa, cremosa, deliciosa (e outras coisas acabadas em "osa") mousse de abóbora com crème fraïche, gengibre e xarope de ácer, o que afasta de nós essa tentação do demo que é o açúcar. 

Tudo o que vou precisar é de natas para bater com 30% a 40% de gordura, crème fraîche, extracto de baunilha (se gostar, coloque cerca de meia colher de chá), puré de abóbora, xarope de ácer, canela em pó, gengibre fresco ralado, noz moscada, cravinho, flor de sal e bolachas de gengibre. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Pumpkin-Mousse-5.jpg

 

bolo de natal saudável, vegan e sem glúten: sim, é possível!

Sem glúten, sem açúcar, sem manteiga e sem ovos? De certeza? Pois é a mais pura das verdades! Este bolo de frutos secos de Natal nem farinha tem, ou melhor, tem farinha mas é de sorgo, logo não tem glúten. E o que é mais extraordinário é que esta receita do blog Ascension Kitchen é mesmo boa. O bolo fica com uma consistência macia e húmida. Continua sem acreditar?

Então experimente: Só precisa de um quilo de mistura de frutos (sultanas, passas, alperces secos, figos, ameixas secas), tâmaras sem caroço, brandy, sherry seco ou Porto seco (como Ele gosta), macadâmias, nozes, amêndoas, raspas de um limão, raspas de uma laranja, especiarias como noz-moscada e canela, farinha de sorgo ou farinha de amêndoa, se preferir, e fermento sem glúten.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

Healthy-Gluten-Free-Christmas-Fruit-Cake-Vegan-2-1

 

 

o snack mais prático e saudável para levar para a praia: biscoitos de muesli sem açúcar

Cá em casa nós comemos muesli de manhã, à tarde e à noite. E tudo o que nos faltava era uma boa ideia para comeremos muesli na praia. Ela ainda pensou em preparar um tupperware cheio, mas convenhamos que sacar de uma colher de sopa em pleno areal para tentar comer um snack que se divide em milhares de pequenas partículas entre uma rajada de vento e uma bola de vólei a voar na sua direcção não será propriamente a ideia mais lúcida que a Humanidade já conheceu.

Foi por isso em ambiente de euforia veranil que descobri esta divinal e super-prática receita do site The Kitchn: biscoitos de muesli – que acabou de ser eleita a maneira mais prática de fazer um snack saudável para a praia. E, ainda por cima, condição essencial na Mansão Mistério, é mais fácil de fazer do que apanhar fila a sair da Caparica.

532880b9697ab04cf40008b3._w.540_s.fit_.jpg