Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

bolo de maçã dentro de um frasco, uma receita saudável sem farinha nem açúcar

Desde que vi o Júlio Isidro enfiar 22 pessoas dentro de um Mini que acho que tudo é possível. Mas, sinceramente, nem no tempo do Passeio dos Alegres imaginei que alguém conseguisse colocar um bolo de maçã dentro de um frasco. Até que...

...Até que encontrei esta espectacular receita do fabuloso Green Kitchen Stories, um blog que está para a dieta da minha querida Mulher Mistério assim como o nariz está para a imagem do Júlio Isidro. É verdade, além de vencedora claríssima do record do Guinness para coisas estapafúrdias enfiadas dentro de um frasco, esta receita é do mais dietético que a minha balança já viu: não leva açúcar, nem farinha, nem natas ou sequer leite.

E se me vai perguntar então o que é aquele chantilly no topo do bolo, lamento mas vai ter de ver a resposta mais à frente.

bolomaca.png

 

tarte de abóbora e queijo de cabra: importa-se de repetir?

Será que engorda muito? É que esta receita do blog Love and Olive Oil é qualquer coisa de irresistível. Esta tarte não dura mais de meia hora na Mansão Mistério… É boa demais para ser verdade! É uma espécie de prima da tarte de abóbora mas com um ingrediente que faz toda a diferença: queijo de cabra.

A autora da receita original fez questão de preparar a base da tarte em casa. Mas como eu não sou assim tão prendada, prefiro comprar a base da tarte já feita. Além da base da tarte, vou precisar, para o recheio, de ovos, queijo de cabra macio, leite, puré de abóbora, tomilho fresco, sal, pimenta preta moída e noz-moscada em pó. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 8 pessoas, espreite aqui a receita original.

savory-squash-quiche7-600x900.jpg

 

o melhor bolo-rei de lisboa, com mais de mil votos, é...

12118864_981100825280436_4416191807490528109_n.jpg

Vamos dizer isto com muito cuidado para não trasnformarmos o nosso bolo-rei numa nova Miss Colômbia: o vencedor é... a Confeitaria Nacional. Depois de uma semana de votação, a pastelaria de Lisboa ganhou a eleição do Casal Mistério com quase 70% dos votos dos leitores, contra 31,9% da Garrett, no Estoril.

Os dois finalistas foram encontrados através de uma prova-cega de cinco bolos-reis realizada pelo júri mais exigente do país: José Avillez, o único chef português com duas estrelas Michelin; e a Marta, que, como quase todas as crianças de 10 anos, odeia bolo-rei.

 

 

qual o vinho ideal para acompanhar cada receita de natal nesta consoada

Cá em casa, o Natal tem dois momentos altamente delicados: um é o da abertura dos presentes, o outro é o da abertura das garrafas. Qual o melhor vinho para começar a refeição? O que é que deve acompanhar o bacalhau? O que beber com as sobremesas? Enfim, perguntas que nos atormentam durante dias e dias, que nos tiram o sono e que nos obrigam a provas diárias até chegar a uma conclusão que satisfaça toda a família.

Este ano, a minha tarefa ficou bastante mais facilitada depois de ter descoberto este fabuloso guia do site Wine Folly. É uma verdadeira Bíblia da gastronomia, um autêntico Corão da vitivinicultura. Tudo para percebermos que tipo de vinho é mais indicado para acompanhar cada tipo de comida. 

wine-and-food-pairing-chart.png

 

porquê fazer um tronco de natal normal quando pode ter um tronco de natal de nutella?

É uma pergunta difícil, não é? Eu próprio ainda não sei o que é que andei a fazer estes anos todos com o tradicional tronco de Natal quando mesmo aqui ao lado estava esta deliciosa receita da fantástica cozinheira Jane Hornby, autora do famoso livro de receitas What to Bake and How to Bake It. Para uma receita que dá para cerca de 10 pessoas, tudo o que precisa é de oito ingredientes.

5672c4e0190000e50078a26d.jpeg

Ingredientes

Para o bolo

  • 6 ovos
  • 160 g de açúcar mascavado
  • 1 colher de sopa de farinha
  • 120 g de cacau em pó, mais duas colheres de sopa para espalhar por cima
  • Uma pitada de sal

Para o recheio

  • 200 g de chocolate meio amargo com 60% de cacau
  • 350 g de natas gordas
  • 200 g de Nutella
  • 1 colher de chá de extracto de baunilha
  • Açúcar de confeiteiro para polvilhar

  

 

um guia para sobreviver ao natal dentro das calças: quais são as sobremesas mais e menos calóricas da consoada

4978445919_df3eac626a_o.jpg

Primeiro as más notícias: segundo a British Dietetic Association, estamos todos a preparar-nos para comer 6 mil calorias apenas no Dia de Natal – são três vezes mais do que devíamos comer ao longo de 24 horas. Agora, as péssimas notícias: este verdadeiro camião TIR de calorias tem consequências e elas vão notar-se na balança – no final da época de Natal terá engordado entre 1 e 2,5 kg.

Presumo que, neste momento, já esteja a correr à volta do computador para começar a abater tudo aquilo que ainda vai comer. Mas não é preciso tanto. Basta apenas saber o que engorda mais e o que engorda menos.

Felizmente, na semana passada a Zaask, uma plataforma online de contratação de serviços locais, deu-nos uma ajuda essencial para os próximos dias: um guia das tradicionais sobremesas de Natal com mais e menos calorias e com mais e menos açúcar.

Mas antes de começarmos, veja lá se adivinha: sabe qual é a sobremesa mais calórica da sua mesa de Natal? E acha que a mais calórica é também a que tem mais açúcar? As informações são baseadas numa lista de receitas publicadas pelo site Receitas de Dieta e representam os valores por porção normalmente servida. Prepare-se para as surpresas.

 

 

o doce que vai revolucionar este natal: sonhos de batata doce com creme de custarda (uma receita do chef nuno mendes)

Minhas senhoras e meus senhores, meninas e meninos, renas e caribus, Mães e Pais Natais, chegou a revolução natalícia a esta casa. A minha mãezinha vai ter uma sulipampa, o meu paizinho vai cair da cadeira, mas eu estou irredutível: este ano vou adoptar uma receita revolucionária.

A culpa é do fantástico Nuno Mendes. O chef mais famoso do momento em Londres, responsável pela elogiadíssima Taberna do Mercado e pelo ainda mais concorridíssimo Chiltern Firehouse, aceitou partilhar com o jornal britânico The Guardian as suas receitas preferidas para esta época. E, lá no meio, estão estes irresistíveis e divinais sonhos de batata doce. 

Eu não sou grande fã dos sonhos de Natal, mas a batata doce atira-os para um patamar equivalente à Vénus do Nilo. Por isso, cá estou, qual Alexandre, o Grande, à sua conquista.

5760.jpg