Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

o jantar perfeito para o fim-de-semana: como fazer uma pizza numa baguete

É isso mesmo que acabou de ler: uma pizza com base de baguete. Em vez da habitual massa de pizza, tudo o que tem de fazer é cortar uma boa baguete francesa ao meio. Depois misture os seus toppings preferidos e leve ao forno. É mais fácil do que encontrar uma caixa de pastilhas elásticas em casa do Jorge Jesus.

O fantástico site The Kitchn criou uma combinação de toppings à qual não vou conseguir resistir neste fim-de-semana. A minha querida Mulher Mistério que me perdoe, mas hoje não há cá dieta para ninguém. Tudo o que vou precisar é de uma boa baguete acabadinha de fazer, azeite, um peito de frango cortado aos bocadinhos, molho pesto, tomatinhos cherry cortados ao meio, queijo mozzarella ralado e mais umas lascas de parmesão para espalhar no momento de servir. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

09b815e874c1228789dcd3c64b6b889970ab0011.jpeg

 

 

húmus de tomate seco e manjericão para enganar a fome ao fim da tarde

Nos últimos dias tenho tido tanto trabalho que nem tenho tempo para almoçar. A correria é tanta que como uma sanduíche a correr, uma fatia de quiche a guiar, um wrap à frente do computador… uma desgraça. Resultado: chego ao fim da tarde, a casa, esfomeada. E o que fazer para não comer o frigorífico e a despesa de uma só vez? Deliciar-me com este saudável húmus, que aprendi a fazer no blog Cooking Classy, que além de ser muito fácil, não engorda. Na verdade, o que não engorda é manter a boca fechada mas engorda pouco, vá…

Só preciso de uma lata de grão (a ideia é escorrer o grão mas guardar o líquido), tomates secos, azeite, sumo de limão, tahini, um dente de alho, sal e folhas frescas de manjericão. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

sundried-tomat-hummus3-srgb.jpg

 

tarte fria de tomate com recheio de queijo de cabra e cebolinho para ajudar a digerir o brangelina gate

Não é segredo para ninguém a minha obsessão por queijos. Adoro todos, sem exceção. Quanto mais intensos, melhor. Também adoro tomate. Sou viciada em salada caprese, por exemplo. Por isso, esta receita do blog O&O Eats pôs-me em sentido e achei que era uma ótima ideia para me ajudar a digerir a separação da Angelina Jolie e do Brad Pitt. Parece que ele tem “anger problems” mas quem não tem, com seis filhos? O segredo desta receita é a qualidade dos ingredientes: bom tomate e boa ricotta fazem a diferença.

Para a base, vou precisar de farinha, sal, açúcar, manteiga sem sal, margarina e água gelada. Para o recheio, tenho de comprar ricotta fresca, chèvre, cebolinho cortado fininho, tomate cortado às fatias, sal, pimenta preta moída, azeite e manjericão. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

1471393093274.jpg

 

shakshuka, shak o quê? uma especialidade do médio oriente ideal para um brunch de domingo

Infelizmente, israelitas e muçulmanos concordam em muito pouca coisa. Mas há uma unanimidade entre eles. Chama-se shakshuka é um dos pratos mais consensuais em todo o Médio Oriente. Eles costumam tomar esta maravilha ao pequeno-almoço, mas acho mais seguro provar em dia de brunch ou ao almoço. São basicamente ovos escalfados com um delicioso molho de tomate ligeiramente picante.

A receita é do fantástico blog Camille Styles e é facílima de fazer. Só precisa de azeite, alho, um pimento jalapeño sem as sementes, tomate maduro cortado em cubos, cominhos, paprika, pasta de tomate, ovos e salsa picada. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

AP_6382-copy.jpg

 

queijo feta e tomate cherry assados no forno, uma receita de inspiração grega para aquecer este dia de inverno

Fim-de-semana de frio e chuva é sinónimo de ficar em casa à lareira e fazer receitas deliciosas e quentinhas. Os miúdos têm de estudar, eu tenho de os controlar, a Ele só lhe resta… cozinhar. E como mulher querida e atenciosa que sou, tratei de tudo.

Encontrei esta fantástica receita (do blog com o apropriadíssimo nome A Couple Cooks) para o meu amor, aliás, o amor da minha vida (técnica infalível! Como é que acham que eu consigo pô-lo a cozinhar?) fazer para o nosso almoço. Tratei de tudo.

Primeiro, encontrei a receita e, depois, coloquei os ingredientes todos em cima da bancada da cozinha: tomates cherry, um dente de alho, salsa fresca, um bloco de queijo feta, azeitonas, azeite, orégãos secos e flor de sal. Se quiser saber as quantidades certas destes ingredientes para 4 pessoas (só se servir como entrada, se for prato principal dobre as quantidades) espreite aqui a receita original.

Feta-in-the-oven-003.jpg

 

o meu almoço de hoje: salada de burrata, presunto, tomate e espargos assados

Já deu para perceber a minha obsessão por burrata e espargos? Cada vez que descubro uma receita nova que inclua estes dois ingredientes, levanto as mãos aos céus. A burrata é pura e simplesmente uma dádiva divina. Os espargos são pura e simplesmente viciantes. Por isso, vou já pedir ao meu querido Marido Mistério para ir para a cozinha e fazer esta deliciosa salada. Cada um no seu devido lugar: eu vou ao supermercado, ele vai para a cozinha. Ah e tal, isso não é normal. Quem disse que somos um casal normal?

 

 

pão recheado no forno com ovos, bacon e mozzarella: é hoje que me desgraço toda!

Não dá. Eu tento, tento resistir, mas é mais forte do que eu. E hoje vou dar o grito do Ipiranga. Estou farta da minha dieta. Por isso, decretei o Dia da Asneira na Mansão Mistério. É a grande vantagem de ser a matriarca. Eu decreto e o resto da família obedece. E não sei porquê, pressinto que este meu decreto vai ser aplaudido e aprovado por unanimidade. Quem consegue dizer que não a esta maravilha da culinária que descobri no blog jo cooks? É uma delícia, demora meia hora a fazer e só tem um defeito: engorda. Mas, paciência. Amanhã recomeço a dieta.

Só preciso de pães redondos, ovos, fatias de bacon, bolinhas de mozzarella, tomates cherry cortados ao meio, sal e pimenta, e cebolinho para decorar. Se quiser saber as doses certas destes ingredientes para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

Eggs-and-Bacon-Bowls-1.jpg

 

 

onde é que pode comer um almoço de ovos perfeito para a sua dieta? na última novidade do cascaishopping

5dfe40_90d9f157ba19488c81e9537515f6b83e.jpg

Janeiro é sempre um mês difícil para quem gosta de comida. Por um lado, esgotámos a nossa quota anual de calorias nos últimos sete dias de 2015. Por outro, fizemos promessas precipitadas de contenção alimentar a partir do terceiro copo de champanhe na Passagem de Ano – e isso ainda vai demorar uns dias a esquecer. 

A sua única salvação é que há duas maneiras de encarar esta austeridade calórica: fazendo como a minha querida Mulher Mistério e mergulhando 30 dias numa imensa piscina de saladas, smoothies, sumos detox e outras variações de verde; ou transformando-se num Indiana Jones alimentar e partindo à descoberta de novas e deliciosas soluções gastronómicas que sejam bem vistas pela sua sempre exigente balança.

Escusado será dizer que eu assento que nem uma luva no papel de Indiana Jones. E foi quase de chapéu na cabeça e chicote na mão que descobri o Eggcelent, um restaurante exclusivamente de ovos que começou no Amoreiras Plaza e que recentemente se expandiu até ao Cascaishopping. 

 

aletria com redução de vinho do porto, tomate cherry e ricotta, um jantar rápido e ideal para os dias de semana

Hoje é daqueles dias que não têm fim. Tenho tanta coisa para fazer, entre trabalhar (esse pequeno enorme pormenor na minha vida), supermercado, buscar os miúdos às atividades extra-curriculares, que vou chegar a casa lá para as oito e meia da noite com o eterno dilema: o que é que hei de fazer para o jantar? Mas eis que a meio do dia encontrei a solução para o meu problema. Dilema resolvido! Descobri no maravilhoso blog eat good live healthy esta facílima e saudável receita que os miúdos vão adorar: vou precisar de aletria, manjericão cortado em tiras, azeite, tomates cherry, 2 dentes de alho, sumo e raspas de limão, queijo ricotta e um pouco de sherry. Acho que vou usar vinho do Porto em vez de sherry, além de gostar mais, sou muito patriótica. Se quiser saber as doses certas dos ingredientes, espreite aqui a receita original.

Burst-Cherry-Tomato-Lemon-and-Ricotta-Angel-Hair-5

 

omelete de claras com tomate, abacate e morangos, o pequeno-almoço ideal para a minha dieta

Segundo dia de dieta e… a minha boca mantém-se fechada. Está literalmente trancada à chave e não abre a hidratos de carbono, fritos, pão, doces e afins… até quando? deve estar a questionar-se. Pois. Essa é a pergunta que eu faço a mim própria de meia em meia hora. Até a minha força de vontade aguentar e até eu voltar a dirigir a palavra à minha balança. Por enquanto, admito, continuamos de relações cortadas. Passo por ela, todos os dias, finjo que não a vejo, ela ainda parece que está ali a chamar por mim, mas eu ignoro-a estoicamente. Por isso, se é para manter a boca fechada, quando a abro tem de ser por uma ótima causa, ou melhor, por uma ótima receita, de preferência saudável, light e deliciosa… como esta omelete, com apenas 258 calorias, incluído num simpático plano de emagrecimento do Buzz Feed.

18992116_Vtl4L.jpg

 

 

a lasanha mais saudável de sempre: courgette, tomate cherry e queijo creme de amêndoa (não, não tem massa)

E eis-nos aqui, perante o único fim-de-semana do ano com 49 horas. É verdade: mais uma hora para o António Costa fazer amizade com o Jerónimo de Sousa, mais uma hora para o Jorge Jesus mascar quatro pacotes de pastilhas elásticas e mais uma hora para nós comermos um prato delicioso, surpreendente e saudável, muito saudável.

Zucchini-Lasagna-9.jpg

 

quer uma surpresa para o seu brunch de fim-de-semana? tomate recheado com ovo e cebolinho

Sábado é dia de brunch. E brunch é refeição de surpresas. É por isso que temos aqui esta receita que o vai deixar de boca aberta à espera da hora de se sentar à mesa. Não só por ser surpresa, mas também por ser estupidamente fácil e idioticamente saudável. A ideia é do fantástico blog A Beautiful Bite, um dos meus preferidos no momento.

da-mo-1810.jpg

 

confit de tomate, uma receita deliciosa e fácil para começar a semana da melhor maneira

Bom dia alegria! Estou super bem-disposta! Nem parece que é segunda-feira. E sabem porquê? Porque ontem fizemos aqui em casa esta incrível receita do blog Honestly Yum e ficou ma-ra-vi-lho-sa! O meu querido Marido Mistério tinha comprado no mercado um exagero de tomates cherry e eu, que detesto desperdícios, dei-lhe um arraso.

- Não estás bom da cabeça! Tanto tomate? Isto vai estragar-se!

Mas Ele é um homem de sorte. Estava eu muito bem a navegar na Internet e deparo-me com esta incrível receita que resolveu todos os nossos problemas. Vá lá! Os Deuses da Cozinha conspiraram a favor dele. Para se redimir da loucura que cometeu, ligou o forno e salvou a nossa tarde. Tomates cherry só com sal grosso já são uma delícia, então assados no forno ficam tão doces que praticamente atingem a divindade. Só precisa de tomates cherry, azeite, alecrim, tomilho, alho, sal e pimenta. Se quiser ver as quantidades certas, espreite aqui a receita original.

olivari.olive_.oil_.tomato.confit.recipe.13.1.jpg

 

 

noodles com tomate cherry, feijão branco e manjericão, o jantar ideal para combater a neura de segunda-feira

Primeiro dia da semana, primeiro dia de escola, primeiro dia de atividades extracurriculares, primeiro dia do resto das nossas vidas e eu já só penso no fim-de-semana. E depois de um dia de regressos e estreias, uma pessoa ainda tem que pensar no jantar. Hoje, não tenho tempo para grandes invenções e ideias. Por isso, vou despachar a Família Mistério com esta deliciosa e prática receita do blog a couple cooks. É saudável, nutritiva e o melhor de tudo: é facílima de preparar. A receita original é feita com noodles de trigo sarraceno, mas como é difícil encontrar essa iguaria em Portugal, muito menos numa segunda-feira à noite, vou fazer com noodles normais.

4Y0A4682-1.jpg

 

nove minutos + uma panela = uma massa deliciosa: será que esta é a receita mais simples do mundo?

Está visto: o homem voltou de férias e com ele voltaram os exageros. É isso que está a pensar neste momento, não é? Calculei. É por isso que cá em casa me chamam Maya, o Vidente Mistério. Pois, devo dizer-lhe que, se não é a receita mais simples do mundo, é pelo menos uma das mais famosas em toda a Internet.

O fenómeno viral à volta desta deliciosa massa feita em nove minutos, com todos os ingredientes colocados ao mesmo tempo dentro de uma panela nasceu em 2011 quando a chef e apresentadora americana Nora Singley visitou a pequena aldeia piscatória de Peschici, a norte de Puglia, em Itália. Foi aí que Nora conheceu Mateo Martella, o chef de um modesto restaurante, que lhe contou a forma rápida e deliciosa como a sua mãe cozinhava a pasta: primeiro usava uma frigideira, depois colocava todos os ingredientes lá para dentro ao mesmo tempo, juntamente com uma pequena quantidade de água. Quando a água evaporava, a massa estava pronta. Mateo foi para a cozinha e preparou a massa em poucos minutos. "Estava perfeita", contou Nora à revista Slate. E com uma consistência incrível al dente.

Há dois anos, Nora publicou a receita na revista Martha Stewart Living e esta tornou-se rapidamente um fenómeno universal, com milhões de partilhas na Internet. Hoje, existem centenas de variações para fazer esta pasta al dente. Mas eu não abdico da original. São nove minutos, meus senhores!

14592305158_5a4471ba3e_b.jpg