Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

um refúgio de sonho junto a uma das melhores praias do algarve

13909355_10153828306236724_2029845055542509882_o.j

Abriu as portas em 2008 como um pequeno hotel rural com 7 quartos, agora já tem 9 quartos e 4 apartamentos, um hamam, uma sala para ioga e uma sala para refeições. A Companhia das Culturas é hoje um ecoturismo sustentável e orgânico rodeado por 40 hectares de pinheiro manso, cortiça e alfarroba, damasco e figo, azeite e laranja e ainda uma horta ecológica. O paraíso para quem gosta de campo e não vive sem mar.

 

pé no monte, o turismo rural ideal para crianças na costa alentejana

image.jpeg

Chegar até ao Pé no Monte pode ser uma aventura porque o GPS teima em mandar-nos para um descampado nas traseiras da propriedade, a cinco minutos de São Teotónio, perto da Zambujeira do Mar. Chegámos já de noite e só quando vislumbrei um enorme pé ao lado do portão é que suspirei de alívio. Estávamos no caminho certo.

image.jpeg

Gonçalo Marques, o dono do Pé no Monte, estava com um enorme sorriso à nossa espera e foi com um imenso orgulho de quem conseguiu concretizar o sonho de uma vida que nos fez uma visita guiada pelo hotel que construiu, há dois anos, com a mulher, Helena.

 

dois refúgios de sonho em vila nova de milfontes, um dos meus sítios preferidos na costa alentejana

17548495.jpg

Se gosta de campo e de mar, a costa alentejana é a sua "onda". Tem praias lindas de morrer, uma paisagem de cortar a respiração e uma tranquilidade fora do comum. Tem também ondas e de vez em quando algum vento, mas é sem dúvida um paraíso selvagem. A zona de Vila Nova de Milfontes é umas das minhas preferidas (e de noventa por cento dos adolescentes hoje em dia) e há dois sítios especiais a que nós queremos ir ainda este ano. Já vai perceber porquê...

 

ainda não tem planos para as férias? espreite estas incríveis casas caiadas em pleno alentejo...

11886145_1596822993903068_1168742982430179689_o.jp

7c911506-1b7d-43a8-8f55-1d1e0da915de_1.jpg

Ainda não sabe onde passar uns dias de férias? Ou melhor: já foi de férias e já está a pensar nas próximas ou no próximo fim-de-semana? Encontrei o sítio perfeito para descansar: do trabalho ou das férias. Sim, porque estas podem ser muito cansativas: experimente viajar com muitos filhos e muitos amigos deles... Volta mais cansado do que foi!

Como eu adoro o Alentejo, apaixonei-me por este refúgio desde o primeiro dia em que o descobri. As Casas Caiadas surgiram-me como uma miragem já que reúne as duas principais qualidades que procuro num hotel, aliadas obviamente ao conforto: simplicidade e bom gosto.

 

3 hotéis românticos para um dia dos namorados único no alentejo

11096496_898423640181162_1830502832795535583_n.jpg

Hoje sinto-me o Cupido da blogosfera, a Vénus da Internet, o Adónis do mundo virtual. Espere lá, o Adónis não tem nada a ver com amor, mas eu sinto-me um Adónis na mesma. Seja como for, estou aqui de arco e flecha em punho, prontíssimo para preparar o seu Dia dos Namorados. 

Não sei se já percebeu, mas faltam três semanas para essa data mítica em que todos vamos tentar fugir dos restaurantes repletos de casalinhos tète-à-tète. É altura de tomar uma decisão importante na sua vida: se vai fugir dos restaurantes, onde é que se há-de enfiar. Hipótese 1: num hotel alentejano com uma salamandra no quarto. Hipótese 2: num hotel alentejano com uma banheira no quarto. Hipótese 3: num hotel alentejano com uma janela no quarto. Uma janela no quarto?! Então os outros não têm janela?! É claro que têm, mas esta janela tem uma vista fantástica para a vinha da herdade. E quem é que recusa adormecer a olhar para o berço do vinho? 

 

terra do sempre, um hotel de charme ideal para crianças (e onde nunca se cansa de sorrir)

11078128_835491653170733_6608528805959618242_n.jpg

Não há nada mais contagiante do que um sorriso… bem, os bocejos também contagiam, é verdade. Mas esses não nos fazem sorrir também. E a felicidade que as fotografias da família de Bárbara e Pedro, os proprietários da Terra do Sempre, transmitem é contagiante. Nada como ter coragem para arriscar, mudar de vida e concretizar um sonho de infância. Dá nisto. Em sorrisos como estes. Ao fim de 20 anos de profissão, a jornalista e o arquiteto decidiram trocar a cidade pelo campo. E com eles levaram os três filhos, uma avó, a empregada Luísa e o cão Monday.

 

 

roteiro para conhecer portugal de copo de vinho na mão

20121216174016_FPNPHQ5QH9PJ86DE380N.jpg

No meio da crise política no Parlamento, da crise desportiva no Benfica e da crise capilar de Cristina Ferreira, só nos resta uma alternativa: pegar no copo de vinho e partir. Não precisa de apanhar a primeira nave espacial para Marte, basta apanhar o primeiro barco para o Douro. Ou o primeiro comboio para o Alentejo (espere, parece que a crise acabou com quase todas as linhas férreas no Sul). Mas o meio de transporte não é o mais importante. Aqui o decisivo é escolher os melhores hotéis que produzem os melhores vinhos. E marcar umas férias para descansar e provar.

 

3 hotéis de charme que vale mesmo a pena experimentar na costa alentejana

Agosto. Mês de férias por excelência. Lisboa e Porto esvaziam e o país ruma a sul. Agosto é sinónimo de férias e de festivais e o próximo é o concorridíssimo Meo Sudoeste na Zambujeira do Mar. E aqui estamos nós a fazer serviço público aos festivaleiros da nossa geração (porque as cruzes já não me permitem acampar), com 3 sugestões de hotéis de charme na costa alentejana, que juntam o melhor de dois mundos: campo e praia.

 

Teima

Abriu há um ano com dois quartos e entretanto cresceu. Nos últimos meses, nasceram mais quatro quartos e uma piscina incrível.

11696376_1025452444146697_447815144030829291_o.jpg

 

 

quinta dos bons cheiros, provavelmente o melhor pequeno-almoço que já comemos na vida

317179_443774388993039_157153705_n.jpg

"Isto não é um hotel. É a vossa casa!" Foi desta forma incrivelmente simpática que fomos recebidos pela proprietária da Quinta dos Bons Cheiros, perto da Ericeira, à chegada para as duas noites fantásticas que ali passámos. Elisabeth Árias estava à porta à nossa espera, com um sorriso e uma curiosidade natural de quem estudava quem iria receber em sua casa. Sim, Elisabeth vive aqui com a família. E a Quinta dos Bons Cheiros é um sonho antigo tornado realidade. É ela que recebe os hóspedes e é ela que cozinha para os hóspedes também.

 

 

pergunta da semana: porque é que os hotéis de luxo cobram pelo wifi e os low cost não?

Waldorf Astoria. Nova Iorque. Nunca lá fiquei (vá se lá saber porquê?) mas já lá bebi um café no lobby. Um espaço gigante, lindo e elegante com milhares de empregados (na porta, nas várias receções, nas esquinas, nos corredores, nas mesas, no bar, ufa!). Obama costuma ficar aqui. O quarto mais baratucho custa 399 dólares. E o wifi? 19,95 por dia. Em Portugal, é raro o turismo rural que não tenha wifi gratuito. São hotéis simples, cheios de charme, onde normalmente o rececionista é o empregado do restaurante que também faz as vezes de bagageiro… Isto quando não é o próprio dono. A pergunta que fazemos é: porque é que os hotéis mais caros cobram tudo o que é extra? Porque podem e sabem que os seus clientes podem e nem se preocupam com isso. Os hotéis de luxo cobram mais porque os seus clientes podem pagar mais. Há dois tipos de pessoas que ficam instaladas nestes hotéis: as que estão em trabalho e nem olham para os preços porque é a empresa que paga ou as que estão de férias, e essas não olham para os preços porque não precisam! Já as que optam por unidades low cost olham e voltam a olhar, por isso, estes hotéis oferecem wifi para que o preço fique mais atrativo e competitivo.

Mas as coisas estão a mudar. Muito graças às redes sociais. Os hotéis de luxo não gostam de ver os seus nomes em listas de queixas na Internet. Por isso, alguns começam a ceder e já estão a oferecer wifi, aumentando, claro, subtilmente o preço dos quartos. Por isso, bem hajam os hotéis de charme espalhados por esse Portugal fora. E viva a wifi gátis.

Boa semana,

Ela