Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

pizza de banana e manteiga de amendoim, um pequeno-almoço vegan e sem glúten para fazer em menos de 15 minutos

O mundo está mesmo a ficar louco. Não, não estou a falar daquele ser inacreditável que dá pelo nome Kim Jong Un, nem do facto do Donald Trump estar neste momento a olhar para as cortinas douradas com que decorou a Sala Oval enquanto assina decretos xenófobos. Estou a falar da revolução que está a acontecer no mundo da gastronomia: hoje em dia temos gelados de manjericão, flor de sal no chocolate, cozinha molecular e agora esta deliciosa invenção que é pizza de manteiga de amendoim.

Depois da pizza de Nutella, chegou a vez de experimentarmos ao pequeno-almoço esta tentação que, apesar de tudo, é vegan e sem glúten. Os miúdos estão loucos com a ideia e já imploraram para fazermos esta maravilha este fim de semana. E esta receita do blog Hummusapien é tão fácil que pode fazer hoje mesmo e em qualquer dia da semana.

Ao todo são menos de 15 minutos na cozinha.

Só precisa, para a base, de farinha de grão de bico sem glúten, leite de amêndoa, xarope de ácer, canela e extrato de baunilha. Para os toppings, use manteiga de amendoim natural, uma banana cortada às rodelas, sementes de cânhamo, pepitas de cacau e um fio de xarope de ácer.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para uma pessoa, espreite aqui a receita original.

IMG_4391aa.jpg

 

 

granola de chocolate preto com flor de sal, um pequeno-almoço saudável para toda a semana

Não se assuste! Não enlouqueci! Não parece mas esta receita é saudável. A sério! E é tudo o que eu preciso para começar esta semana feliz e com energia. É vegan, sem glúten, é rica em proteínas e fibras e é deliciosa! A receita é do espetacular blog Minimalist Baker e vou pedir ao meu querido Marido Mistério para fazer o suficiente para durar a semana toda.

Ele só vai precisar de flocos de aveia sem glúten, frutos secos picados (amêndoas, pecan ou nozes), coco ralado, sementes de chia, açúcar de coco, flor de sal, cacau em pó, óleo de coco, xarope de ácer e chocolate preto vegan partido em pedaços (opcional).

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 a 5 pessoas, espreite aqui a receita original.

Dark-Chocolate-Sea-Salt-GRANOLA-9-ingredients-30-minutes-naturally-sweetened-vegan-glutenfree-granola-chocolate-768x1152.jpg

 

panquecas de manteiga de amêndoa vegan e sem glúten, o pequeno-almoço saudável que o vai fazer saltar da cama

Estes últimos dias de férias das crianças estão a levar-me à loucura. O tempo piorou e a verdade é que elas já estão fartas de praia, por isso, o programa favorito dos nossos Filhos Mistério é passar os dias agarrados à televisão, numa inércia que me começa a tirar do sério. E quando não estão em frente à televisão, resolvem ir para a cozinha fazer bolos ou panquecas. Como o número de calorias que gastam durante o dia está praticamente abaixo de zero, resolvi impôr lanches e pequenos-almoços saudáveis, sobretudo nestes dias de pura inércia.

Querem Nutella e manteiga de amendoim? Vão correr, saltar, pular, jogar às escondidas e à apanhada.

Querem ver séries o dia todo? Só os deixo fazer receitas saudáveis como estas panquecas de manteiga de amêndoa que descobri no blog Happy Hearted Kitchen. E não vou ceder!

Só precisam de trigo sarraceno (em grão e ensopado durante a noite), flocos de aveia, extrato de baunilha, xarope de ácer, manteiga de amêndoa, sementes de cânhamo, fermento, sal e leite de amêndoa. Ah, e já agora, óleo de coco para cozinhar as panquecas. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

vegan-blueberry-pancakes-2111.jpg

 

 

brownies de chocolate com recheio de framboesa, uma receita vegan, sem glúten e… sem culpas!

Amanhã é o primeiro dia do resto da minha vida. Eu sei que todos os anos digo isto mas desta vez  vai ter mesmo de ser. Não, não vou entrar em dieta rigorosa. Já desisti. Já percebi que não consigo. Tenho zero força de vontade. Por isso, vou reeducar a minha alimentação. Vou começar a comer de forma saudável. Desta vez é sério. Por isso, hoje vou começar a treinar para o que vai ser a minha nova vida daqui para a frente. E vou pedir ao meu querido Marido Mistério para me fazer esta maravilha do blog Frankie’s Feast para ir petiscando hoje ao longo do dia.

É saudável, não tem leite nem açúcar, não tem ovo, é vegan e sem glúten e é inacreditavelmente fácil de fazer.

Só precisa, para a base, de amêndoas, cacau, coco desidratado, óleo de coco derretido e tâmaras ensopadas. Para o recheio de framboesa, precisa de framboesas congeladas ou frescas, cajus ensopados durante pelo menos 6 horas, coco desidratado, xarope de ácer e sementes de chia. Para a camada de cima, vai precisar de manteiga de coco ou óleo de coco, cacau em pó e xarope de ácer.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 12 brownies médios, espreite aqui a receita original.   

rawchocraspberryslice-6.jpg

 

smoothie de melancia com pêssego para começar o dia de forma saudável

Doce. Fresco. Vegan. Sem glúten. Sem açúcar. Saudável. Quer que continue? Este smoothie de melancia e pêssego que descobri no blog Seasonal Cravings é tudo isto e muito mais. É o ideal para estes dias de calor e para começar a sua manhã de forma saudável. Com apenas 4 ingredientes, é facílimo de fazer, só precisa de 5 minutos do seu precioso tempo. A grande vantagem da melancia é que, além de ser deliciosa, 92% da sua composição é água. Se tiver a sorte da sua ser bem madura será com certeza muito doce, se não for o caso, pode sempre acrescentar uma ou duas colheres de mel para adoçar o seu smoothie. 

Só precisa de melancia cortada em pedaços, um pêssego maduro fatiado, leite de coco, gelo e folhas de hortelã para decorar.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

watermelonsmoothie17ps

 

 

banana split vegan, um pequeno-almoço fácil e saudável para toda a família

Os nossos queridos e adoráveis Filhos Mistério estão cada vez mais exigentes. Todos os fins de semana acordam à espera de um pequeno-almoço diferente. Eles clamam por Nutella e manteiga de amendoim, eu tento dar-lhes receitas saudáveis mas com um aspeto apetitoso.

Hoje encontrei a receita ideal no blog Eating Bird Food: esta Banana Split é vegan e tem um aspeto divinal. Os miúdos vão delirar e eu também, claro! Ah, só demora 9 minutos a fazer. Adoro a precisão: 7 minutos a preparar e 2 a cozinhar.

Só preciso de bananas, canela, morangos cortados às fatias, mirtilos, iogurte vegan (de leite de amêndoa, por exemplo), pepitas de cacau, manteiga de amêndoa e granola.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

banana-split-breakfast-bowl-4

 

 

como fazer queijo parmesão vegan em menos de 5 minutos

Sinto-me como se estivesse a subir lentamente aquelas intermináveis rampas para descer uma montanha-russa com dez loopings e 15 piruetas. O queijo é tão importante na minha vida como o silicone o é na vida da Pamela Anderson. E, no entanto, aqui estou eu, pronto e preparado para me atirar de cabeça nessa experiência imprevisível que é fazer um queijo sem leite. No fundo, um queijo sem queijo. E, ainda por cima, queijo parmesão para salpicar por cima de uma massa ou de uma salada.

Eu sei, é uma aventura arriscada, mas estou pronto para tudo. E por isso hoje vou testar esta tentadora receita do fantástico blog Minimalist Baker, que garante que este parmesão vegan sabe mesmo a queijo. 

Ainda por cima, é rápido e fácil de fazer. Tudo o que vou precisar é de castanhas do Brasil, pinhões, sementes de cânhamo, levedura nutricional (que pode comprar online ou, em Lisboa, na loja da Ayur), sal e alho em pó. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, veja a receita original aqui. Se quiser, pode ver aqui como substituir as castanhas do Brasil, os pinhões e as sementes de cânhamo só por cajus.

CHEESY-Vegan-Parmesan-with-Brazil-Nuts-Hemp-Seeds-

 

 

qual é coisa qual é ela que é vegan, sem glúten e só tem 5 ingredientes?

Sabe aquela sensação de… não, não é de absorção! Não sou assim tão previsível. É aquela sensação quando prova o equilíbrio perfeito entre o doce e o salgado… A mim, leva-me ao céu. Como esta tarte de chocolate e caramelo salgado, por exemplo. É a entrada para o paraíso só que, ao mesmo tempo, é um pecado, porque infelizmente (como quase tudo o que é bom) engorda. Por isso, quando eu descobri esta maravilha saudável, vegan, sem glúten, sem leite, basicamente sem nada, no blog Beaming Baker, implorei ao meu querido Marido Mistério para me fazer. É muito fácil e é o ideal para uma sobremesa original ou para um snack a meio da manhã ou da tarde.

Ele só precisa de 5 ingredientes, sem contar com o sal, que é opcional. Para a camada de nozes pecan, tem de ter tâmaras sem caroço, manteiga de amêndoa natural sem sal, nozes pecan, extrato de baunilha e sal. Para a camada de chocolate, precisa de pepitas de chocolate vegan e mais manteiga de amêndoa natural. E, finalmente, vai precisar de mais nozes pecan picadas para usar como topping.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 16 quadrados, espreite aqui a receita original.

No-Bake-Paleo-Chocolate-Pecan-Bars-Vegan-Paleo-Glu

 

 

o vídeo de 30 segundos que o vai ensinar a fazer um sundae saudável e sem açúcar

sundae 4 - cópia.jpg

Sou só eu que passo mais de metade do meu ano a explicar às crianças que não podem comer sundaes todos os dias? Nem sequer todas as semanas? E então, quando começa o Verão, o massacre aumenta ao mesmo ritmo da proliferação de bailaricos por tudo quanto é sítio.

É por isso que, já há algum tempo, encontrei a melhor maneira de calar as crianças cá em casa: elas pedem-me um sundae do McDonald's, eu dou-lhes um sundae saudável. E quem diz saudável, diz vegan e sem açúcar, nem leite, natas ou farinha. Só precisa de três ingredientes saudáveis e de cinco minutos para fazer tudo. É rápido, não é? E olhe que também é delicioso, porque as crianças adoram esta maravilha.

Eu gosto ainda mais, porque é facílimo de fazer. Não acredita? Então veja lá este mini-micro-nano-vídeo que lhe ensina a receita.

 

 

2 receitas saudáveis de batata doce para quando não lhe apetece cozinhar

Está sem imaginação para o jantar? Ou para o lanche? Estas duas receitas de batata doce são vegan e sem glúten e mudaram a minha vida durante este fim de semana. Ainda estou na dúvida de qual gosto mais. É como a música do Marco Paulo, só que em vez de uma ser loura e outra morena, uma é doce e outra é salgada. Esta receita dessa autêntica bíblia que é o blog Minimalist Baker é ideal para quando não está com paciência para cozinhar. Demora 30 minutos a fazer, é saudável e é demasiado fácil… até para mim!

Só preciso de uma batata doce grande ou de duas pequenas, lavadas e cortadas ao meio e óleo de coco. Para a versão doce, preciso de Nutella vegan ou manteiga de amêndoa, meia banana cortada às rodelas, mirtilos, morangos e framboesas, uma pitada de canela em pó, sal e coco ralado. Para a versão salgada, só preciso de um abacate cortado às fatias, levedura nutricional, uma pitada de sal, sementes de cânhamo e piripíri.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 1 a 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

HEALTHY-Baked-Sweet-Potatoes-2-Ways-Savory-and-swe

 

 

é vegan, sem glúten e é um crumble imbatível: este fim de semana vou arrasar!

Este fim de semana temos um almoço de família, com direito a tios, primos, apêndices, periquitos, etc. Cada um ficou de levar uma coisa e a mim, não sei porquê, cabe-me sempre a sobremesa. Será alguma indireta só porque eu como uma fatia ou outra a mais do que os outros? Nãaaaooo, não pode ser. Deve ser por causa dos dotes culinários do meu querido Marido Mistério, cuja fama já ultrapassou Badajoz.

Só que hoje em dia, não é fácil encontrar uma receita consensual, porque uns não comem glúten, outros são intolerantes à lactose, alguns são vegan, enfim, é uma tarefa hercúlea. Mas o fantástico blog Minimalist Baker nunca me falha e desta vez salvou-me com esta incrível receita vegan e sem glúten de crumble de frutos vermelhos. É facílima de fazer, não tem açúcar e é tão crocante que já estou cheia de fome.

O meu querido Marido Mistério só vai precisar (sim, é óbvio que é Ele que vai fazer porque eu não arrisco a fazer um fracasso para ser gozada por certos e determinados membros da família), dizia eu que Ele vai precisar de uma mistura de frutos vermelhos (morangos, framboesas e mirtilos), xarope de ácer, farinha sem glúten ou amido de milho, sumo de limão, farinha de amêndoa, coco ralado, nozes pecan picadas, açúcar de coco, flor de sal e óleo de coco.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 a 8 pessoas, espreite aqui a receita original.

AMAZING-Grain-Free-Berry-Crisp-10-ing-naturally-sw

 

é um bolo? é uma tarte? tem banana? e é vegan? sim, é tudo isso e muito mais!

O meu querido Marido Mistério já revelou aqui várias vezes que é um bananófilo convicto. Não que ele seja um banana, nada disso, até porque quem impõe respeito cá em casa é Ele. Ele levanta uma sobrancelha e os miúdos ficam todos em sentido, ao melhor estilo da família Von Trapp, quando sou eu a tentar impôr respeito, já não há grito e berro que resulte. Não vale a pena. Já desisti. Mas dizia eu que o meu querido Marido Mistério é um bananófilo porque pura e simplesmente adora esse épico fruto imortalizado por José Cid.

Por isso, quando descobri esta fantástica receita no blog Imagelicious, lembrei-me de lhe fazer uma surpresa: fui comprar os ingredientes para Ele fazer! Eu sei que podia tentar fazer mas ia ser um crime pôr uma receita destas nas minhas desastradas mãos. O meu querido Marido Mistério não me perdoaria tamanho sacrilégio.

Mas voltando a esta delícia vegan, nem vai acreditar que não tem nem manteiga nem ovos. Este bolo é suave, macio e tem um sabor a banana e noz irresistível.

Só precisa de bananas bem maduras, óleo vegetal, água, baunilha, óleo essencial de laranja (encontra no Celeiro), açúcar mascavado, farinha, fermento, nozes picadas e uma banana grande para a cobertura.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 8 pessoas, espreite aqui a receita original.

Vegan-banana-cake-4.jpg

 

 

8 substitutos surpreendentes para os ovos (para usar em bolos, bolachas e outras receitas vegan)

Drama clássico na Cozinha Mistério:

– Pai, vamos fazer um bolo! 'Bora?

– 'Bora!

– Vou buscar os ingredientes!

– Força!

– Oh, não! Não temos ovos! Como é que vamos fazer?

Até ontem, a resposta típica era enfiar-me penosamente no carro e rumar esforçadamente até ao supermercado mais próximo. Mas isso era ontem. Hoje a minha vida mudou. Especialmente depois de ter descoberto este fabuloso guia do respeitoso jornal Huffington Post que compilou 8 substitutos geniais para os ovos numa receita de bolo, panquecas, bolachas ou biscoitos. Para usar em caso de emergência quando abre a porta do frigorífico e percebe que não há qualquer ovo nas redondezas. Além disso, são todas soluções vegan e fáceis de preparar.

Está preparado? Então tome nota:

waffles-2191065_960_720.jpg

1 ovo = a...

 

 

bolachas vegan de manteiga de amendoim, o snack ideal para animar as crianças durante as maratonas de estudo para os exames

Metade da nossa equipa de futsal já está em plena preparação para os exames nacionais. E uma boa mãe preocupa-se em proporcionar pequenos momentos de prazer para os aliviar do stress. E é precisamente esta receita do blog The Thriving Vegan que os vai animar esta semana: é ideal porque é facílima de fazer, deliciosa e bastante mais saudável do que as bolachas normais de manteiga de amendoim que incluem açúcar e manteiga.

Esta receita precisa de apenas 4 ingredientes porque os restantes são temperos e condimentos.

E estas bolachas sabem tão bem com um café expresso ou com um copo de leite de amêndoa a acompanhar! E o melhor de tudo? São crocantes por fora e macias por dentro.

Só preciso de farinha de espelta ou de aveia, manteiga de amendoim natural, xarope de ácer, leite de amêndoa, canela, extrato de baunilha, fermento e uma pitada de sal dos Himalaias.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 20 bolachas, espreite aqui a receita original.

Vegan-peanut-butter-cookies-21-of-27.jpg

 

mini cheesecakes de lima, coco e pistácios: uma receita vegan, sem glúten e sem açúcar

Cheesecake vegan? Sim, senhora! Como assim? É um cheesecake sem queijo, claro! Mas incrivelmente delicioso! E o mais surpreendente desta receita do blog Life of Goodness é a conjugação do sabor salgado dos pistácios com o sabor cítrico e fresco das limas. As limas, tal como os limões, estão carregadas de vitamina C e têm um efeito desintoxicante. Já toda a gente ouviu falar dos benefícios do um copo com água com limão logo de manhã: ajuda a digestão, protege o sistema imunitário e ajuda a equilibrar os níveis de pH. Também as limas têm todas estas vantagens, por isso, este cheesecake-que-na-realidade-não-é-um-cheesecake, além de delicioso, ainda traz benefícios para a sua saúde.

Só precisa, para a base, de tâmaras, coco desidratado, amêndoas, pistácios, óleo de coco, canela e uma pitada de sal. Para o recheio, tem de ter cajus (ensopados em água durante a noite), óleo de coco, creme de coco, coco desidratado, sumo de duas limas, raspas de limão raladas, baunilha e xarope de ácer. Finalmente, para decorar, precisa de pistácios esmagados, lima e raspas de lima raladas.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

DSC_02582.jpg