Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

sangria de vinho verde para fazer em 15 minutos

Depois do tufão que ontem passou por Lisboa, acordei hoje com uma certeza na cabeça: preciso urgentemente de aproveitar os últimos dias de sol, antes que comece a chuva e o cheirinho a castanhas (esta parte gosto). E, por isso, decidi fazer hoje uma maravilhosa e facílima sangria de Vinho Verde que encontrei no fantástico blog Minimalist Baker.

Na verdade, encontrei esta preciosidade totalmente por acaso. Estava eu à procura de sangrias quando choquei de frente com uma fotografia de uma garrafa onde dizia Aliança – Wines of Portugal. Como qualquer ferveroso patriota, fui logo ler para perceber como é que um blog americano do Oregon tinha descoberto um vinho tão português. E foi então que percebi que infelizmente não descobriu: apesar de estar a usar o portuguesíssimo Vinho Verde Aliança, a blogger elogiava o "irresistível vinho branco de Espanha" da marca Aliança. Espanha?! Vinho Verde?! Aliança?! Como é que é possível?! Daqui a nada, temos Vinho do Porto de Badajoz.

Ultrapassada a minha mini-indignação, ao melhor estilo Padeira de Aljubarrota, não me resta outra alternativa senão fazer esta sangria com VINHO VERDE PORTUGUÊS! Tudo o que vou precisar é de uma garrafa de Vinho Verde, açúcar de cana, conhaque de maçã (como Calvados), maçã, lima, limão, pêssego e morangos – tudo cortado às fatias. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

sangriavinho.jpg

 

 

pêssegos grelhados com gelado de baunilha e flor de sal, o nosso lanche deste domingo

Hoje ficámos por casa. Sabe tão bem passar um domingo em casa sem fazer nada. É que desde que começa o calor, ainda na Primavera, que o meu querido Marido Mistério tem uma única obsessão: ir para a praia. Não me leve a mal: eu gosto de praia, adoro praia. Mas confesso que chega a esta altura do ano e já estou um bocado farta. Estarei velha? Se calhar, estou. Mas os nossos Filhos Mistério também nos confessaram que já estão fartos, por isso, não deve ser da idade, deve ser a obsessão do meu querido Marido Mistério que já nos maça a todos!

Resumindo, hoje revoltámo-nos e ninguém foi para a praia. E durante a tarde, decidimos fazer esta delícia que encontrei no blog Paper & Stitch. A mistura dos pêssegos grelhados com o doce do gelado e o salgado da flor de sal é deliciosamente explosiva.

Também deve ser ótima com abacaxi ou ananás grelhado!

Só precisámos de pêssegos, gelado de baunilha, mel, açúcar mascavado, flor de sal e óleo de canola.

close-up-photo-peaches-and-cream-recipe-on-marble-4.jpg

 

 

sangria branca de morangos e limão (só para refrescar as ideias durante o fim de semana)

Sábado quente sem sangria é como festa de anos sem bolo. Não dá. Cá em casa já é um ritual. Está calor? Faça-se sangria! Basta fazer uma pesquisa rápida aqui no blog (experimente escrever a palavra “sangria” ao lado da lupa e vai perceber a dimensão do nosso vício). Rivaliza seriamente com a palavra “gin” (a preferida do meu querido Marido Mistério) ou “dieta” (a minha preferida).

No verão, gosto mais de sangrias brancas ou de espumante porque são mais leves e frescas. Por isso, hoje vamos fazer esta maravilha que descobri no blog Kitchen Treaty.

Só precisamos de limões cortados em fatias fininhas, uma maçã fatiada, morangos cortados em fatias, uma garrafa de vinho branco, rum e uma 7Up.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

strawberry-lemon-white-sangria.jpg

 

 

tostas de queijo de cabra com framboesas, um surpreendente almoço de verão

Há filmes que são um murro no estômago. Sabe aquela sensação de sairmos da sala de cinema e parecer que ainda ficamos por lá durante dias e dias? Aconteceu-me isso esta semana! Se ainda não viu, não perca o Dunkirk, de Christopher Nolan, uma história tão simples e tão bem contada que me deixou esmagada.

Tudo isto foi um pretexto (eu sei, a ligação não é brilhante mas a uma segunda-feira de manhã em que o país está todo de férias menos eu, é o que se arranja) para falar de... framboesas esmagadas! Eu avisei que não era brilhante. Mas esta receita do blog Wry Toast é tudo o que eu preciso para animar a minha segunda-feira e o meu estômago que ainda não recuperou do filme do Nolan. E já agora também é uma ótima ideia para os 99,999% de portugueses que estão de férias e sem imaginação e, por isso, precisam de uma sugestão de uma sanduíche original para levar para a praia.

Só vou precisar de framboesas (a receita original é com amoras, mas eu vou trocar), mirtilos, extrato de baunilha, açúcar, água, amido de milho (tipo Maizena), pão alentejano cortado às fatias, queijo de cabra e folhas de hortelã.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para cerca de 8 tostas, espreite aqui a receita original.

Blackberry-Toasts-Overhead-3-700x1054

 

tártaro de salmão com beterraba e abacate, um jantar saudável e fresco para o verão

Os meus queridos Filhos Mistério inventaram uma nova tendência mundial para poderem passar grande parte dos seus dias de férias em casa, à frente da televisão, sem mexerem um único músculo, enquanto nós vamos trabalhar.

– Pai, isto não é preguiça, é nesting!

– Como é que é?

– Sim, nesting! É a arte de podermos aproveitar o nosso lar, o nosso ninho...

Este aproveitamento do lar pode ser facilmente traduzido em aproveitamento da televisão – neste caso, até ao limite. Por isso, amanhã vou obrigá-los a trabalhar. Se não querem sair de casa, ir para a praia ou correr junto ao rio, podem ficar em casa – mas a fazer o jantar.

Felizmente para eles, descobri uma receita simples e deliciosa só com cinco ingredientes, o que vai facilitar bastante o seu trabalho. Trata-se de um fantástico tártaro de salmão com beterraba e abacate do fantástico site da Heather Christo. Além de delicioso, tem um aspecto irresistível graças à combinação das cores do salmão com o abacate e a beterraba.

Tudo o que vão precisar é de salmão bem fresco, beterraba cozida e abacate maduro – tudo cortado em cubos pequeninos. Depois, vão usar chalotas e pimentos jalapeño picados (os pimentos encontra-os nos mercados ou no El Corte Inglés). Para acompanhar o tártaro, fazem um molho de vinagrete de limão que só leva alho, mais pimento jalapeño, mel, sumo de limão espremido no momento, azeite e flor de sal. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Salmon-Beet-and-Avocado-Tartar-with-Lemon-Vinaigrette-from-HeatherChristo.com_

 

 

granizado de gin tónico, o cocktail mais original para celebrar...

...hmmm... deixe cá pensar... para celebrar... para celebrar... o... a...

Confesso, não temos nenhuma desculpa para beber um gin tónico hoje. Mas não é por isso que vamos desistir. Arranje um motivo qualquer, uma desculpa, um pretexto para brindar. Ligue ao tio, ao primo ou àquele ex-colega de escola que não vê há 20 anos e diga-lhe que está a brindar a ele. Eu cá já decidi: hoje vou fazer um gin tónico, depois penso numa justificação.

Para já, o importante é a receita. E esta fabulosa invenção do fantástico site The Kitchn é perfeita para me fazer esquecer a ventania dos últimos dias, que deixou o cabelo da minha pobre Mulher Mistério com o penteado da Manuela Eanes.

Primeiro, este gin tem uma textura absolutamente surpreendente, igual à de um granizado. Depois, tem um toque tropical, com o gelo picado típico da caipirinha e do mojito.

Ainda por cima, é fácil de fazer. Tudo o que vou precisar é de gin, sumo de lima espremido no momento, água tónica, gelo em cubos e umas rodelas fininhas de lima para decorar. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, veja aqui a receita original, mas o mais importante é usar três vezes mais água tónica do que gin. 

cc3ad83c1391aae35b1258e67567910368c48f7a 2

 

3 almoços deliciosos e originais com ovos cozidos para levar para a praia

Quem nunca comeu um ovo cozido na praia que atire a primeira pedra! Au! Essa doeu!

São de facto muito práticos e uma injeção de proteína que cabe em qualquer orçamento. Claro que também podem ser desenxabidos, por isso, levo sempre uma caixinha com sal grosso, que ponho por cima do ovo sob o olhar reprovador do meu querido Marido Mistério, porque “faz subir a tensão arterial!” (emoji a revirar os olhos, claramente o meu preferido!) Quero lá saber. Tudo faz mal, irra! Mas como hoje é sábado e noventa por cento da população portuguesa está de férias e os outros dez por cento vão para a praia, aqui estou eu com esta sugestão de 3 receitas deliciosas com ovos cozidos para levar para a praia.

 

Salada de Macarrão, Queijo, Fiambre, Bacon e Ovo Cozido  

The-Best-Macaroni-Salad-Culinary-Hill-6-660x990

 

 

gelados de manteiga de amendoim e banana sem açúcar com apenas 4 ingredientes

Quem é que resiste a um gelado com este calor? Eu não! Então se tiver manteiga de amendoim, sou capaz de comer três seguidos. Esta fantástica receita do imprescindível site The Kitchn consegue ser fácil, ter apenas 4 ingredientes e não ter açúcar. Ao assar as bananas antes de as esmagar, vai intensificar o sabor doce e dar um toque caramelizado à base do gelado, por isso, não precisa de açúcar para nada. Juntando tudo isto a uma deliciosa manteiga de amendoim, é difícil de resistir, não acha? Cá em casa, vai ser a loucura! Aposto que não vai sobrar nenhum gelado para contar a história.

Só precisamos de bananas, iogurte grego, manteiga de amendoim cremosa e leite.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 10 gelados, espreite aqui a receita original.

38340192ebe7d733b7c24781cd25c13472f9c89d.jpeg

 

 

7 maneiras de transformar uma tosta crocante num almoço de cinco minutos para este verão

17196d3ef124b75139b9b3aa406915bfd4648a5a.jpeg

Enquanto os portugueses estão de férias no Algarve e os turistas estrangeiros estão a pagar 120 euros por um bacalhau com natas no restaurante Made in Correeiros, eu estou aqui ao computador a trabalhar para si. Já viu como o mundo é injusto? Podia estar refastelado na areia, com uma lancheira e um garrafão de vinho tinto, mas não, estou aqui à procura de almoços fáceis, rápidos, frescos e saudáveis para as suas férias de Verão.

E hoje tenho uma selecção de tostas crocantes com os mais espectaculares toppings, feita pelo fabuloso site The Kitchn. É claro que pode sempre substituir a tosta por uma sanduíche, transformar os toppings em recheios e levar para o seu almoço de praia. Mas como a minha querida e dietética Mulher Mistério gosta tanto de pão como o Ronaldo gosta do fisco espanhol, eu vou optar por umas tostas integrais. Depois é só escolher o que quer colocar por cima. Veja em baixo as nossas 7 combinações preferidas e aqui as 10 receitas completas feitas pelo The Kitchn.

 

passei três dias a fazer a dieta do momento: o jejum intermitente... e não é que emagreci?

Vingança divina, só pode ter sido. Não bastasse ter de ir às Finanças, antes das férias, tratar de assuntos muito maçadores, fiquei na fila ao lado de um “avaliador de condição corporal” em plena missão “evangelizadora”. Com um físico digno de um ringue de wrestling, bastaram-lhe dois segundos para ter percebido que não, não faço ginástica! (corro de um lado para o outro, não chega?) e que estou de dieta (sou capaz de ter comentado alto o quanto me apetecia um croissant de chocolate quando tirei, com um ar tristíssimo, uma maçã da carteira). Foi o gatilho para uma conversa bizarra em que me sugeriu (com bastante autoridade, diga-se!), que experimentasse o jejum intermitente. Jejum intermitente? Agoro como, agora não como, agora já como e depois não como??? Imaginei um sinal de jejum a piscar, pareceu-me uma coisa estranha e a abordagem do especialista entroncado, bem... mais estranha ainda.

appetite-1239056_960_720.jpg

 

 

gin de romã, o nosso mais recente vício destas férias de verão

O meu querido Marido Mistério dá cabo de mim e da minha dieta. Está uma pessoa a esforçar-se para se encher de água e fruta o dia inteiro durante as férias, até que chega ao fim da tarde e Ele aparece-me com esta maravilha que descobriu no site Yuppie Chef e que me tira do sério.

O meu querido Marido Mistério (que cada vez estou mais convencida de que me quer ver gorda para todo o sempre) garante-me que me serve metade da dose do gin, por isso, no fundo é praticamente um sumo de romã. O problema aqui é a expressão “praticamente” que é o suficiente para me pôr a milhas da balança. Enfim, mas aqui estou eu a partilhar esta delícia com o mundo na esperança de ficarem todos como eu para não me sentir tão sozinha nesta luta titânica.

Ele só precisou de 5 minutos para me desgraçar e dos seguintes ingredientes: gin, cubos de gelo ou gelo picado, sumo de romã e água com gás. Para decorar, ele usou uma lima cortada às rodelas, sementes de romã e folhas de hortelã.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

Pomegranate-gin-cocktail-ball-glasses_uyxpn0.jpg

 

 

sabe qual é o gelado com menos calorias? e com mais? tenha medo... muito medo!

Chegou a época da praia e da piscina e chegou definitivamente aquela altura em que a nossa equipa de futsal só pensa em gelados e bebidas frescas, sobretudo gelados. Se paramos na bomba de gasolina, ouço logo:

– Mãe, quero um gelado, se faz favor!

À saída do shopping:

– Mãe, quero um gelado, se faz favor!

Na praia:

– Posso ir agora comer um gelado? Só um... vá lá... (emoji a revirar os olhos!)

Tudo normal, não? Não! Não, quando alguém vive em esforço a comer só meio pão ao pequeno-almoço, com meio queijo fresco ou meia fatia de fiambre de frango; a almoçar também meia qualquer coisa com quinoa, a beber um balde de chá verde o dia inteiro enquanto mantém a pose e finge que não está espremida dentro dos calções!

Todos sabemos que a minha roupa encolhe durante o inverno. Mas, bem… se não podes vencê-los junta-te a eles. Parece um caminho fácil, assumo... mas como sou uma vendida às loucuras calóricas, rendi-me, sim, juntei-me ao gang mas, atenção, não sem antes fazer uma pesquisa exaustiva de todas as calorias, gorduras e açúcares de cada gelado da Olá. Pus os óculos, música de ação, passei umas horas à volta do computador e eis o resultado do meu estudo científico.

 

Bandeira Verde – abaixo das 100 calorias

O mar está calmo, pode-se nadar mas com cuidado, não vale a pena arriscar a vida. Não se deve afastar, deve nadar paralelamente à costa.

Picture6.jpg

Solero Exótico

calorias: 98

gorduras: 1 g

açúcares: 17 g

 

 

a bebida que vai animar as suas tardes de verão: limonada de vodka e hortelã

Encontrei esta receita como sugestão para festas de verão de adultos (ah, ah, o que o histórico das nossas pesquisas no computador pode dizer sobre nós…) no insuspeito blog de cozinha Honey and Lime mas, atenção, não preciso de um pretexto de uma festa para passar o jarro de vidro ao meu querido Marido Mistério. Já está nas mãos dele. Somos dois, somos adultos e a vida na Mansão Mistério é uma festa, por isso, temos toda a legitimidade para nos deliciarmos a beber esta limonada fresca de vodka e hortelã, que eu desconfio que Ele vai transformar numa limonada de gin e hortelã.

Para se juntar a esta festa, precisa de 2 medidas de vodka (ou gin), 4 medidas de limonada, hortelã, morangos, limas e gelo. Para saber mais sobre as quantidades certas de cada ingrediente, veja a receita original aqui

Summer-alcoholic-drinks-mint-vodka-lemonade.jpg

 

salada de camarão com abacate e amêndoas laminadas, uma receita ideal para a praia ou para um jantar de verão

Quando uma pessoa está de férias apetece-lhe tudo menos cozinhar! Eu não preciso de estar de férias para me apetecer tudo menos cozinhar, principalmente porque não sei. E quando me aventuro, sou logo expulsa da cozinha pela minha querida e adorável Família Mistério. Só me chamam para trabalhos menores, como descascar o alho, cortar a cebola, lavar panelas, enfim, sou vítima de bullying dentro da minha própria casa. Mas não faz mal, já estou habituada.

Hoje sugeri ao meu querido e dotado Marido Mistério fazer esta ótima salada que descobri no blog Foodie Crush. É tão fácil que até eu poderia fazer mas como não me deixam, paciência, só vou comer.

Só preciso de 500 g de camarão médio e alho, um misto de verdes (rúcula, canónigos ou espinafres, por exemplo), azeite extra-virgem, sumo de meio limão ou de meia laranja, um abacate cortado às fatias, uma chalota picada, amêndoas tostadas e laminadas, sal e pimenta preta moída.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

Citrus-Shrimp-Avocado-Salad-foodiecrush.com-005-68

 

 

3 maneiras originais e saudáveis de se deliciar com uma melancia neste verão

Nem no último dia de gravidez – e tente imaginar uma gravidez com esteróides -  tive um andar tão desengonçado como aquele com que me arrastei hoje até casa a segurar uma melancia com as duas mãos bem abaixo da barriga. Consegui empurrar uma perna à frente da outra até pousar a melancia na bancada da cozinha e disse cobras e lagartos dos simpáticos senhores do talho que ma ofereceram porque sou uma cliente muito querida e especial. Recuperei o fôlego e tentei entusiasmar-me lembrando-me de que a melancia tem apenas 30 calorias (por 100 g) e é sempre uma salvação fresca, doce e light para um dia de calor. Já estava tão cansada que a simples missão de cortar a melancia, fatiá-la, tirar um prato, pô-la no prato, tirar pevides… me pareceu uma tarefa hercúlea. Em vez disso, atirei-me para o sofá e comecei a pesquisar no telemóvel mais maneiras giras do meu querido Marido Mistério me declarar o seu amor… em fatias de melancia. 

 

Pizzas de Melancia

Choosing Chia1.jpg

O inspirador site Choosing Chia propõe uma versão de uma pizza dietética e romântica, que leva flores comestíveis e é tão gira que vou guardar a dica para a sobremesa do próximo jantar que fizer cá em casa.

Coloque sobre a base de melancia morangos cortados, framboesas, cerejas sem caroços (é a empregada da Carolina Patrocínio que faz isto muito bem, certo?), sementes de romã, mirtilos e iogurte de coco ou iogurte grego. Finalize com mel ou xarope de ácer (opcional), flores comestíveis, sempre a trautear o Edelweiss (também opcional). Veja a receita original aqui.