Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

tarte de beterraba e queijo feta, para acabar com o reinado da minha adorável sogra

Tenho de admitir: a minha sogra é a rainha das tartes. Faz tartes de tudo e mais alguma coisa e ficam todas ótimas. Ele, claro, devora fatia atrás de fatia, com orgulho nos dotes culinários da sua querida mãezinha, e olha para mim com um ar triunfante, como quem diz: "O forno lá de casa não produz coisas destas!" Pois bem, chegou a hora da vingança. Hoje a senhora minha sogra vem jantar cá a casa e estou preparada para arrasar, com esta receita que descobri no fantástico blog Sugar Et Al, que dá para oito a dez pessoas.

IMG_0803-682x1024.jpg

 

Ingredientes

  • 2 beterrabas grandes (400 g) descascadas, grosseiramente raladas
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 1 cebola roxa cortada fininha
  • 1/4 de chávena de vinagre balsâmico
  • 2 colheres de chá de folhas de tomilho
  • 1 colher de sopa de açúcar mascavado
  • 150 g de queijo feta macio
  • 2 ovos pouco batidos 
  • 150 ml de natas
  • Ramos de tomilho para decorar
  • Ervas frescas para servir 

Para a massa 

  • 200 g de farinha
  • 100 g de manteiga sem sal, fria e cortada em pedaços
  • 60 ml de água fria 

 

Para fazer a massa, junte a farinha, a manteiga e uma pitada de sal e misture com a batedora até ficar com o aspeto de pão ralado. Acrescente 60 ml de água fria e misture novamente até ficar uma massa homogénea em forma de bola. Envolva em papel aderente e coloque no frigorífico durante 30 minutos. Unte uma forma de tarte (daquelas cujo fundo se solta, a da receita original tem 23 cm de diâmetro). Numa superfície plana com farinha, tenda a massa até ficar com uma grossura de 5 mm. Depois, forre a forma, e volte a pôr no frigorífico durante 15 minutos.

Pré-aqueça o forno a 180º C. Forre a forma com papel vegetal e preencha com pesos para tartes ou, se não tiver esse extraordinário utensílio de cozinha (umas bolinhas de cerâmica) que eu nem sabia que existia, pode usar arroz cru. Coloque no forno durante 10 minutos. Retire o papel vegetal e os pesos, depois volte a pôr no forno durante 5 minutos ou até a massa secar ou ficar dourada. Retire do forno e reserve até arrefecer. Aqueça o azeite numa frigideira com lume médio. Junte as cebolas e uma colher de chá de sal, deixe cozinhar e vá mexendo durante 6 a 8 minutos até ficarem moles. Acrescente as beterrabas, o vinagre, o tomilho, o açúcar mascavado e uma chávena de água. Cozinhe durante 12 a 15 minutos, mexendo para não deixar queimar, até ficar uma mistura espessa e macia. Deixe arrefecer. Espalhe a mistura de beterraba na base da tarte, e esmigalhe o queijo feta por cima. Bata os ovos e as natas e despeje também por cima da tarte. Espalhe um pouco mais de tomilho. Coloque no forno durante 35 minutos ou até ficar pronta. Corte às fatias e sirva com uma salada verde.

Quero ver a cara da minha querida e adorável sogra quando eu lhe apresentar esta maravilha. E quando ela me perguntar a receita, sabem o que vou dizer: "Mistéeeerio!"

 

Boa sorte para mim e para quem tem sogras que sabem tudo,

Ela

 

receita e fotos: sugaretal.com

10 comentários

Comentar post