Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

tarte de mousse de chocolate, a surpresa de um filho mistério para o dia do pai

Olá, eu sou o (piiiiiiii) e sou filho do (piiiiiiii). Peço desculpa, não estou a dizer palavrões, mas é que o meu pai tem a mania do mistério e não nos deixa dizer nem "Casal Mistério" em casa nem os nossos nomes em público.

Não pense que ele é mau por causa disso. Não, é muito bonzinho, é querido para nós, não nos chateia quando temos más notas – ao contrário da minha mãe (emoji olhos revirados) – e está sempre à procura de boas receitas de que nós gostamos para nos fazer ao jantar.

Por isso é que hoje eu juntei-me aos meus irmãos para lhe prepararmos uma surpresa. Como eu sou o que cozinho melhor (Ele está sempre a dizer que eu ainda vou ser chef, mas eu não sei se quero), os meus irmãos escolheram-me para fazer o jantar. Eles dizem que isso é uma coisa boa, mas eu acho que eles só se estão a aproveitar de mim para poderem aparecer como os autores de uma surpresa quando na verdade não fizeram nada.

Bem, não vale a pena queixar-me... Se calhar assim até é melhor. Se eles fossem para a cozinha preparar qualquer coisa, ia ficar uma desgraça por isso é melhor ser eu a tratar de tudo.

Como o meu pai é muito guloso e adora bolos e chocolate, vou fazer uma tarte de mousse de chocolate que é muito fácil de cozinhar. Encontrei a receita no site FeedFeed e leva bolachas de chocolate picadas, manteiga derretida e açúcar mascavado para fazer a base. Para o recheio, leva chocolate preto, manteiga de amendoim macia (não é daquelas duras que há às vezes no supermercado), açúcar, natas para bater e extrato de baunilha. As quantidades certas estão aqui, mas eu acho que vou usar menos açúcar porque a minha mãe diz que faz mal ao meu pai que já não é muito novo.

ae6f4c43087bec67982441bd05a909dd.jpg

 

Se fossem os meus irmãos a fazer, iam usar uma base de tarte já comprada. Mas eu prefiro fazer a minha base porque assim faço-a com bolachas Oreo, que eu adoro. Retiro o recheio das bolachas e coloco-as dentro do liquidificador juntamente com a manteiga e o açúcar. Depois pico tudo até ficar em grãos fininhos.

A seguir espalho estes grãos por uma forma de tarte, empurro tudo com os dedos para ficar bem colado e levo ao forno, a 180º C, durante dez minutos. Enquanto a base está a fazer, posso ir tratando da mousse. Derreto a manteiga de amendoim, em lume brando ou no microondas (como preferir). Quando estiver quase líquida, acrescento o chocolate partido em pedacinhos e vou mexendo até derreter.

Feito isso, só preciso de bater as natas com o açúcar e o extrato de baunilha até ficar chantilly. Deixo o chocolate derretido arrefecer durante cinco minutos e, para acabar, misturo-o à mão com o chantilly. O meu pai ensinou-me a usar uma espátula para a mousse ficar levezinha.

Depois de ter tirado a base da tarte do forno e de a ter deixado arrefecer, espalho a mousse de chocolate por cima e ponho no frigorífico até o meu pai chegar a casa. Quando for servir, posso pôr mais um bocadinho de chantilly por cima e chocolate ralado. Isto se a minha mãe deixar, porque ela está sempre em dieta.

 

Um ótimo Dia do Pai para todos os pais (onde quer que estejam),

O Mini-Ele (com a ajuda da mãe que corrigiu os erros)

 

receita e foto: feedfeed

 

2 comentários

Comentar post