Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

tartines de figo, presunto, queijo de cabra e mel

Estava a precisar de uma boa notícia para lhe animar estes dias de chuva, não era? Bom, eu estava. E como já percebi que não posso contar com o Benfica para me animar os dias este ano (pelo menos, com o Artur, não seguramente), virei-me mais uma vez para a natureza. Como é habitual, não fui propriamente contemplar a paisagem. Preferi contemplar as árvores – de figos.

 

A deliciosa receita veio do fantástico blog de Renee Kemps. E não fica apenas pelos figos. Consegue juntar-lhe três outras maravilhas da natureza: uma fatia de pão de centeio, um pouco de presunto muito fininho e algum queijo de cabra macio. E esta última palavra é importante. Não caia no erro de comprar aquele queijo de cabra ultra-industrializado que mais parece esferovite e que inunda as prateleiras dos supermercados. Escolha um queijo macio e que tenha um pouco de líquido por dentro.

Ingredientes 

  • 2 fatias grossas de pão de centeio
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 150 gramas de queijo de cabra
  • 100 gramas de presunto fininho
  • 2 figos frescos 
  • 2 colheres de sopa de mel
  • Flor de sal
  • Pimenta
  • Alguns raminhos de tomilho

Agora só lhe restam 15 minutos para ter estas maravilhosas tartines prontas. Aqueça o forno a 200 graus. Corte os figos às fatias e salpique-as com azeite, sal e pimenta moída no momento. Coloque-as no forno durante 15 minutos. 

Enquanto isso, ponha sal, pimenta e o resto do azeite por cima das fatias de pão e leve-as ao forno durante 10 minutos. Retire-as, coloque o queijo de cabra e volte a pôr o pão no forno durante mais dois minutos. Quando o queijo estiver derretido, ponha o presunto por cima e os figos e tempere com o mel, o tomilho e um pouco mais de sal e pimenta.

Não fique aí muito mais tempo a olhar para o computador. A época dos figos está a chegar ao fim. Salte da secretária como uma mola e corra rapidamente para a mercearia mais próxima. Esta tartine apetece a qualquer hora do dia. E a mim já me está a apetecer outra vez.

 

Um abraço para as figueiras onde quer que elas estejam,

Ele

 

receita e fotos: renee kemps