Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

tem de ver este vídeo: palitos de pão com queijo derretido, um petisco estupidamente simples e incrivelmente delicoso

Pao07.jpg

Dia de futebol no estádio é dia de petiscos cá em casa. Mas não se prenda com a questão da bola. Esta maravilhosa e ultra-simples receita para picar também serve para acompanhar a novela, o The Voice ou as Tardes da Júlia. É indiferente. Só precisa de ter uma desculpa para juntar uns amigos em casa, à volta de uns copos de gin, de umas cervejas e de um pão destes.

O meu pretexto ontem foi o futebol. Já há uns anos que me apercebi de que Ela é ligeiramente mais hooligan do que eu no que toca à bola. Salta, grita, gesticula, ofende, mas, acima de tudo, come sempre que tem a televisão pintada de verde (é a cor da relva, não do clube...) à sua frente. Quando ontem me apercebi de que um pequeno grupo munido de cachecóis e bandeiras iria invadir a minha sala, para ver um jogo da Primeira Liga (vamos manter o mistério à volta do nome da equipa portuguesa...) tive de arranjar uma solução de recurso para alimentar esta mini-claque. E foi aí que me lembrei dos palitos de pão de queijo que vi, pela primeira vez, no blog Beantown Baker. Só fiz uma alteração: retirei os cogumelos para simplificar.

A receita é estupidamente fácil, parvamente deliciosa e idioticamente viciante. Não acredita? Então veja lá este vídeo de 30 segundos.

 

  

Ingredientes 

  • 1 pão alentejano
  • 350 gramas de queijo provolone cortado às fatias
  • 1/2 chávena de manteiga derretida
  • 1/2 chávena de cebolinho picado
  • 2 colheres de chá de sementes de papoila

 

Comece por cortar o pão que nem um louco furioso. Não é estilo, é mesmo método: faça longos golpes longitudinais no pão e depois longos golpes transversais – sempre sem cortar a côdea de baixo. O objectivo é criar palitos quadrados.

Preencha todos os espaços feitos pelos golpes com as fatias de queijo. A seguir, pincele a parte de cima com a manteiga derretida, as sementes de papoila e o cebolinho picado. Enrole numa folha de alumínio e leve ao forno, pré-aquecido nos 250º C, durante 15 minutos. Desembrulhe o pão e deixe mais cinco a dez minutos até o queijo derreter todo e o pão ficar tostado (cuidado para não deixar queimar).

Sabe qual é a maravilha desta receita? É ver o vídeo em cima e imaginar como vai tirar cada palito de pão, um a um, carregado de queijo. Foi um sucesso! Até Ela gritou menos com os golos falhados e tudo.

 

Bons petiscos práticos para si onde quer que esteja,

Ele

 

fotos e vídeo: casal mistério

2 comentários

Comentar post