Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

uma receita dedicada à ida de jorge jesus para o sporting: gaspacho verde e branco

Era só mesmo isto que faltava. Depois de o herói do Benfica ter mudado para o Sporting, agora o gaspacho também virou verde e branco. Meu Deus, mas o que é isto?! Uma hecatombe cromática?! O que é que se vai seguir?! Rabanetes verdes?! Beterrabas verdes?! Jogadores de futebol expulsos com cartões verdes?! O mundo está de pantanas! E eu estou deliciado – com esta maravilhosa receita do blog A Cozy Kitchen.

GreenGazpacho_1.jpg

 

Ingredientes

  • 2 colheres de sopa de vinagre de espumante
  • 1 lima espremida
  • 1/2 chávena de crème fraîche, mais um pouco para servir
  • 1/2 chávena mais 2 colheres de sopa de azeite
  • 1/2 colher de chá de sal fino
  • 2 chávenas de pão partido em pedaços (o ideal é pão de massa azeda)
  • 2 pepinos de 10 a 15 cm às fatias
  • 1/2 pimento verde às tiras
  • 4 tomatillos cortados em quatro
  • 3 molhinhos de cebolinho picado
  • 1 dente de alho picado grosso sem o grelo
  • 1/2 chávena de salsa picada
  • 1/2 chávena de coentros picados

 

O segredo do gaspacho está no tomatillo. Não é o último reforço mexicano do Sporting, é apenas um tomate verde muito usado no México e que é óptimo. Eu costumo comprá-lo no mercado biológico do Príncipe Real, em Lisboa, mas recentemente descobri este site que vende tomatillo fresco para toda a Europa. O tomate verde é cultivado ao pé de Barcelona e enviado todas as segundas-feiras, no mesmo dia em que é apanhado. Eu ainda não experimentei esta promessa da tecnologia, mas promete.

Resolvido este problema, misture numa taça o vinagre de espumante, o azeite, o crème fraîche, o sumo de lima e um pouco de sal. Junte o pão, os pepinos, os tomatillos, os pimentos, o cebolinho, o alho, a salsa e os coentros. Envolva tudo muito bem até os ingredientes ficarem bem ensopados no molho. Tape a taça com película aderente e leve ao frigorífico para marinar de um dia para o outro (no mínimo quatro horas).

Agora é só bater tudo. Coloque uma chávena de água na Bimby ou num liquidificador grande (se não couber tudo de uma vez, divida em dois) com todos os ingredientes do gaspacho e bata numa velocidade reduzida durante um minuto. Se os ingredientes ficarem colados ao copo, empurre-os para baixo com uma espátula. Assim que tudo estiver triturado, ligue no máximo durante mais um minuto. Confirme se está bem de sal e volte a ligar mais uns instantes na velocidade máxima até ficar com uma textura cremosa. Passe o gaspacho para uma taça e acrescente 1/4 a 1/2 chávena de água dependendo da consistência. Sirva nos pratos com um fio de crème fraîche por cima. Há sopa mais fresca para este Verão quente no futebol?

 

Um abraço para o Jorge Jesus onde quer que ele esteja,

Ele

 

receita e foto: a cozy kitchen

 

2 comentários

Comentar post