Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

esta carne de porco cozinhada a baixa temperatura derrete-se na boca e quase se cozinha sozinha

Pode demorar tempo a preparar. Mas é tempo durante o qual nós estamos de pernas esticadas, num sofá, enquanto a comida cozinha praticamente sozinha. Esta é a maior vantagem destes divinais pratos cozinhados a baixa temperatura. Além de ficarem deliciosos, com a carne a desfazer-se na boca, não exigem quase trabalho nenhum. É colocar tudo dentro de um tacho de ferro fundido e ir à sua vida. Três horas depois, está pronto.

Esta divinal receita é do site Food52 e cozinha a paleta de porco num incrível molho de soja e vinagre balsâmico. Mas, como dizia o inesquecível Odorico Paraguaçu, vamos deixar de lado os entretantos e partir para os finalmentes.

Para fazer esta beleza, o primeiro passo é escolher bem a carne. Peça cerca de 2 quilos da parte superior da paleta de porco, já sem osso. Conseguido isso, o resto é mais fácil: alho ralado, salva em pó, folhas de louro, água, açúcar mascavado, vinagre balsâmico, molho de soja, mostarda em pó, amido de milho, sal e pimenta preta. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

600e7a93-d766-4535-a0ad-4561543b75e8--2018-1102_slow-cooker-pork-shoulder-brown-sugar-balsamic-glaze_3x2_julia-gartland_290.jpeg

 

 

batata doce recheada com pesto de frango, um jantar paleo muito fácil que pode fazer com restos

Já é segunda-feira outra vez? Não pode ser. Vou voltar para a cama. Deve ser engano. Como é que o fim de semana passou tão depressa? As crianças a estudar, nós a ajudar e a estudar também (é impressionante como tudo o que empinei no secundário desapareceu do meu cérebro à velocidade da luz). John Stuart Mill? David Hume? Já estavam esquecidos no sotão do meu cérebro. Mas, enfim, o que uma mãe não faz pelos filhos? E o que o Google não faz pela nossa dignidade?

Depois de tanto estudo, todos nós merecemos um jantar que nos faça esquecer que hoje já é segunda-feira outra vez. E esta receita, que descobri no blog Paleo Running Momma, é ideal para ajudar os nossos Filhos Mistério a enfrentar esta semana de testes e apresentações. E dá-me muito jeito porque tinha uns restos de frango no frigorífico, que sobraram do fim de semana.

Só vamos precisar de nozes descascadas, alho, manjericão fresco, espinafres, azeite, sumo de limão, levedura nutricional, sal, frango cozinhado e desfiado, batatas doces e óleo de coco.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

pesto-stuffed-sweet-potatoes-3.jpg

 

 

kombucha: porque é que esta bebida deliciosa faz bem à sua saúde?

Ainda bem que pergunta. Gosto de pessoas que fazem perguntas de que eu estava à espera. Esta bebida chama-se kombucha e é feita na China há mais de 2 mil anos. A base é um saudável chá verde ou preto, a que se acrescenta açúcar e SCOBY. 

E o que é SCOBY?

Mais uma vez, agradeço-lhe a sua pertinente pergunta. SCOBY significa Symbiotic Colony Of Bacteria and Yeast e é uma cultura de bactérias e leveduras. Um pouco à semelhança do que se passa com os iogurtes, são estas bactérias que tornam a kombucha numa bebida rica em probióticos e benéfica para o sistema imunitário e para o intestino. 

Segundo o site do Hospital Lusíadas, a kombucha é rica em vitaminas C, B1, B2, B6 e B12. É uma bebida detox, ajuda a reduzir o colesterol e a controlar a tensão arterial e ainda pode ser uma aliada no tratamento da diabetes, de insuficiências renais e de algumas doenças oncológicas.

É por tudo isto que, no último ano, a kombucha se tornou um sucesso nos Estados Unidos, especialmente entre algumas celebridades. Por tudo isto e ainda pelo facto de poder ser misturada com um fantástico gelado e dar uma bebida de sonho como esta aqui em baixo.

c6d65164-c268-446b-b895-b43a2b01ccdd--2019-0430_kombucha-floats_3x2_ty-mecham_001.jpg

 

 

esta receita de salame de chocolate tem frutos secos e é tão fácil que vai querer fazê-la hoje

Os nossos Filhos Mistério estão enfiados em casa a estudar. Só pararam para ver o Benfica ser campeão. Uns ficaram felizes, outros nem tanto. Mas rapidamente voltaram a enfiar a cabeça nos livros, tal é o aperto, a ansiedade ou o peso na consciência. Mas a verdade é que se têm portado bem: têm estudado, não tanto como eu gostaria, mas enfim, não há milagres, deixam tudo para a última hora. Eles queixam-se que sou exigente e talvez seja verdade. Por isso, para os animar e para me redimir, vou pedir ao meu querido Marido Mistério para lhes fazer esta surpresa para o lanche. Eles adoram salame de chocolate e vão enlouquecer com esta receita do blog Lynne Curry, que, ainda por cima, tem frutos secos.

Ele só vai precisar de manteiga sem sal, chocolate amargo, bolachas digestivas esmagadas, nozes, avelãs e amêndoas tostadas, pistácios ou pinhões, café, raspas de laranja e açúcar de confeiteiro.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, espreite aqui a receita original.

chocolate-salami-prep.jpg

 

 

quem quer um mojito quando pode ter um ginjito?

Agora que chegou o Verão, chegou também o ginzão. Eu sei que a temperatura baixou um bocadinho, mas a mim bastou-me o fim-de-semana passado para me levar de volta ao maravilhoso mundo do gin.

Confesse lá que não lhe apetece um delicioso e fresquinho gin tónico ao fim-de-semana?

Hoje, vou abrir o meu sábado com este fabuloso gin, da fantástica Martha Stewart, que é facílimo de preparar. Só vou precisar de gin, hortelã fresca, açúcar, água com gás e gelo picado. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

5210f22e71ae51391f7493d5b9a6165f.jpg

 

 

bolachas de coco e aveia vegan, sem glúten nem açúcar para fazer este fim de semana

Esta receita do blog Power Hungry é ideal para fazer em casa com as crianças. É um ótimo programa para passar uns momentos divertidos com os seus filhos, sem se cansar muito. Primeiro porque a ideia é dar indicações e pô-los a trabalhar, segundo porque só demora 26 minutos a fazer: são 10 a preparar e 16 no forno. Ainda por cima, é uma receita saudável, porque, além de ser vegan, não tem glúten nem açúcar. É ótima para um lanche ou para levar numa caixinha para o trabalho.

Para fazer esta maravilha, só precisa de leite de aveia frio (ou outro leite vegetal que goste mais), vinagre de vinho branco ou de sidra, flocos de aveia sem glúten, farinha de coco, fermento, sal e óleo de coco (guardado no frigorífico até solidificar).

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 12 bolachas, espreite aqui a receita original.

oat-coconut-flour-biscuits-glutenfree-vegan-1.png

 

 

peitos de frango com o molho de queijo e alho mais cremoso

Hoje não me apetece cozinhar. É daqueles dias em que dava tudo para poder chegar a casa, estender-me no sofá e ter o Carson a trazer-me um gin tónico antes de me perguntar:

– O que vai querer para hoje ao jantar, Milord?

Infelizmente o Carson cá de casa sou eu. Tal como sou também o cozinheiro, o motorista, o jardineiro e o que mais for preciso. Por isso, não me resta outra alternativa que não seja deixar-me de frescuras e mergulhar na cozinha como o Michael Phelps mergulha na piscina.

O que vale é que encontrei uma faustosa receita do fantástico blog Cafe Delites para minimizar a minha frustração de Milord sem mordomo. Trata-se de uns irresistíveis peitos de frango com um incrível molho de queijo parmesão e alho. E não me venha cá hoje falar de dietas. Se é para me obrigar a cozinhar, ao menos deixe-me engordar.

Tudo o que vou precisar é de peitos de frango cortados ao meio para os tornar mais fininhos, farinha, queijo parmesão ralado e alho em pó. Para o molho, tenho de ter azeite, manteiga, cebola picada, uma cabeça de alho inteira, caldo de galinha, leite evaporado ou natas light, mais queijo parmesão ralado e salsa fresca picada. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Creamy-Garlic-Chicken-Breast-Recipe-IMAGE-1.jpg

 

 

cheesecake de abacate e lima, uma receita irresistível que vai ter de fazer este fim de semana

Se é fã de cheesecake, vai querer casar com este. Além de muito fácil e não precisar de ir ao forno, é uma autêntica perdição e, sobretudo, muito original. Esta receita do site Pure Wow é uma sobremesa imbatível em qualquer jantar. Aqui em casa estamos cada vez mais rendidos ao abacate nas sobremesas. Experimente e depois conte-nos como correu. Vai ver que não se vai arrepender.

Só vai precisar de bolachas digestivas (a receita original é com graham crackers, mas pode substituir por digestivas), açúcar e manteiga derretida para a base. Para o recheio, precisa de natas, gelatina em pó, queijo creme, um abacate descascado sem caroço, raspas e sumo de duas limas, açúcar de confeiteiro e extrato de baunilha. Para decorar, tenha à mão chantilly e raspas de lima, mas é opcional.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para um cheesecake para cerca de 10 pessoas, espreite aqui a receita original.

1.jpg

 

 

o truque para fazer os camarões com alho mais saborosos de sempre

A linha que separa uns divinais camarões para o jantar de um banal prato sem sabor consegue ser tão fininha como a barriga da Sara Sampaio. Basta um minuto a mais na frigideira para os camarões suculentos virarem camarões secos e basta uma simples dica para os camarões sem sabor virarem uma refeição irresistível.

Os dois truques são revelados pelo extraordinário site Bon Appétit. Para os camarões cozinhados no ponto, esteja atento à ponta oposta da cauda, aquele pedaço de carninha mais alto de onde acabou de arrancar a cabeça. Mal ele passar de translúcido para branco, desligue o lume e coloque os camarões num prato. Não os deixe nem um segundo a mais no calor senão continuarão a cozinhar.

Para a explosão de sabor, siga esta fantástica dica do Bon Appétit:

shrimp-scampi.jpg

 

os 10 erros que está a cometer para não conseguir emagrecer

Could-the-Mediterranean-Diet-Also-Help-You-Run-Faster_.jpg

O blog Fitness Pal é hoje em dia uma espécie de Bíblia para mim. Tem inúmeras dicas e truques de nutrição, dietas e exercício físico. É certo que não faço quase nada do que eles sugerem, mas têm ótimas dicas e algumas são surpreendentes para quem, como eu, quer desesperadamente emagrecer e não consegue. Uma coisa é certa: é preciso tempo, dedicação e muita paciência. E quem disser o contrário, está a vender uma dieta com efeitos rápidos mas que não resulta a longo prazo. Também é preciso tentar descobrir o que é que resulta para si, porque cada caso é um caso. Mas há erros frequentes que todos nós cometemos e estes são os mais comuns.

 

 

jamie oliver criou um bolo de morango especial em honra de archie, o filho de meghan markle e harry (e nós temos a receita, claro!)

Chama-se Roulade Real do Archie e é um magnífico bolo de anos criado por Jamie Oliver em honra do recém nascido filho de Meghan Markle e do Príncipe Harry. Se está tão entusiasmado com o bebé real quanto o Cláudio Ramos, não vejo motivo para não se encontrar já de rolo da massa em punho; se os bebés da realeza são tão importantes para si como a arruada do PCP na Feira Franca de Fafe, então fique a saber que esta delícia leva um divinal recheio de morangos carregados de sumo e um chantilly de baunilha caseiro aos quais é difícil resistir. 

Já está convencido? Eu estou. Para mim, bastou-me olhar para a deliciosa foto que o chef britânico publicou na sua conta de Instagram para me começar a crescer água na boca como se fossem as Termas de Monfortinho. Na sua partilha, Jamie Oliver diz que o bolo é perfeito para um chá a meio da tarde – especialmente agora que já estamos na época dos morangos.

Para fazer esta delícia, precisa de morangos, ovos, açúcar amarelo, extracto de baunilha, limão, farinha sem fermento, compota de morango, xarope de flor de sabugueiro (está aqui a receita de como fazer em casa), uma vagem de baunilha, natas para bater, açúcar de confeiteiro, morangos desidratados e hortelã. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

D6Drlp6XsAAlf1I.jpg

 

 

gelado de queijo de cabra? com amoras e mel? queroooooo tanto!

Eu sei. Passei para o outro lado do espelho. Entrei noutra dimensão. Esta receita do blog The Kitchen McCabe já é outro campeonato. Estamos a falar da Liga dos Campões da cozinha, de uma sobremesa digna de uma estrela Michelin. Mas é tão fácil de fazer e ao mesmo tempo tão surpreendente que não resisti a partilhar. Eu adoro queijo de cabra. Só de imaginar aquele sabor em forma de gelado, misturado com amoras e mel, até começo a sentir uma ligeira taquicardia.

O meu querido Marido Mistério vai ter de fazer esta sobremesa. Não há volta a dar. Para isso, vai precisar de leite, açúcar, cinco gemas de ovo, uma pitada de sal, queijo de cabra macio, natas, puré de amoras passado por um passador de rede fina, mel, extrato de baunilha e óleo essencial de lavanda.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 a 8 pessoas, espreite aqui a receita original.

Blackberry-Lavender-Goats-Cheese-Ice-Cream-3-607x900.jpg

 

 

mousse de abacate, coentros e iogurte grego, o aperitivo mais saudável para o verão

Se está farto do simples azeite e vinagre – cá em casa, Ela exige que seja sempre balsâmico – na sua salada, então este divinal molho é para si. Se não está farto, este molho também é para si. E porquê? Porque fica divinal servido simplesmente assim, numa taça, com uns palitos de cenoura e aipo a acompanhar. Depois é ir molhando os palitos de vegetais no molho e está feita uma entrada saudável e deliciosa.

A receita é do genial blog Ambitious Kitchen e leva apenas abacate, iogurte grego natural, coentros picados, alho picado e sumo de lima espremido no momento. Para saber as quantiades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Avocado-Lime-Sauce-4-1.jpg

 

 

tarte de manga com base de coco (a perfeição existe e está nesta receita)

Nem sei o que dizer. Faltam-me as palavras, tal é a quantidade de água a nascer-me na boca. Ergam uma estátua à autora desta receita e do blog Oh Sweet Day, por favor. Base de coco com recheio de manga? Que ma-ra-vi-lha! Vou guardar esta tentação para o meu Dia da Asneira. Mas isso sou eu que estou em dieta. Se fosse a si, não deixava para amanhã o que pode fazer hoje.

Para fazer esta tarte incrível, vai precisar, para a base, de coco ralado, farinha, manteiga sem sal cortada em pedaços, açúcar em pó e sal. Para fazer o recheio, vai precisar de polpa de manga, açúcar, sumo de lima, gelatina em pó, natas e raspas de lima. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, espreite aqui a receita original.

IMG_0067_web-1.jpg

 

 

massa com camarão, cogumelos e pesto, o jantar que fica pronto em 15 minutos

É a chamada receita-relâmpago. Demora apenas 15 minutos a fazer e é tão fácil que até eu faria esta maravilha na perfeição. Digo “faria” porque, apesar das minhas boas intenções, o meu querido Marido Mistério não me deixa aproximar do fogão. Diz que eu destruo qualquer receita, mas estou convencida que ele gosta mais daquele fogão do que de mim. Enfim, prioridades. Já que Ele não me deixa cozinhar, aqui fica a receita do blog Aberdeen´s Kitchen para Ele fazer para o jantar. É ideal para começar a semana: fácil, simples e deliciosa. Anima o pior dos humores, até mesmo a uma segunda-feira.

Para fazer esta massa, vai precisar de massa orecchiette (mas pode usar a que tiver em casa), camarão descascado, cogumelos brancos cortados às fatias, alho picado, molho pesto, vinho branco, caldo de galinha, sumo de limão, tomilho fresco, azeite extra virgem, sal, pimenta e piripíri (opcional). Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 3 a 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

Pesto-Shrimp-Pasta-5.jpg