10 novos restaurantes que queremos mesmo experimentar em 2015

    Depois dos desejos de Ano Novo e dos balanços de Ano Velho, chegou o momento de fazermos as nossas resoluções. E resoluções para nós são boas receitas, bons pratos e bons restaurantes. Aqui está a lista dos novos sítios que queremos rapidamente experimentar. E comer. Comer bem. Muito bem. 

     

    Cantina 32, Porto

    10393569_1559431724284409_5310219485793850589_n.jp

     

    10530829_1564404710453777_9045972730290717394_n.jp

    Restaurante de petiscos, abriu em Julho passado e já é um dos sítios mais procurados do Porto. Além da decoração entre o vintage e o industrial, tem à frente o chef do antigo Mesa. E o melhor cheesecake do planeta.

     

    Casa Garrett, Porto

    10805606_1518835951726301_2643527608296763389_n.jp

    10714515_1511717882438108_6682753038253154566_o.jp

    10846116_1518435848432978_5423948958832168671_n.jp

    O ponto de partida é o romance As Viagens na Minha Terra, de Almeida Garrett. E o ponto de chegada é um restaurante com petiscos de todos os pontos de Portugal. Tudo no mesmo sítio. Será possível ter pratos bons de tantos sítios diferentes?

     

    A Cevicheria, Lisboa

    10848023_775242425864810_2018572832532291476_n.jpg

    IMG_0947 3.jpg

    É o último projecto de Kiko Martins, o chef do Talho em Lisboa, e está no topo dos nossos locais a visitar em 2015. É um pequeno restaurante totalmente dedicado à cozinha peruana, com destaque para as ceviches e os quinotos (risottos de quinoa).

     

    K.O.B., Lisboa

    510742.jpeg

    510736.jpeg

    Depois do Avenida, do Yakuza, do Honra, do Guilty e do Assador (ufa, que já me faltava o fôlego), Olivier abriu em Dezembro o K.O.B., um restaurante dedicado às carnes maturadas e que vêm de vários países. E como é que um homem pode resistir a experimentar um restaurante de bifes?

     

    Minibar, Lisboa

    2_MiniBar_1.jpg

    4_MiniBar_5.jpg

    5_Mini_Bar_Vieiras_sabores_Thai.jpg

    Bar gastronómico, gastrobar ou simplesmente restaurante, é indiferente aquilo que lhe chamam. O último projecto de José Avillez é claramente um dos restaurantes (ou bares) que nos deixam a aguar. Além de petiscos criativos e inovadores, tem música e caipirinhas para comer.

     

    Nutelleria, Leiria

    1512662_770042883033437_5102726882567802515_n.jpg

    10433136_780477115323347_8084601332031874306_n.jpg

    Esta foi a escolha da nossa pequena equipa de futsal. Desde que abriu, há algumas semanas, que este espaço totalmente dedicado à Nutella faz parte das nossas prioridades para 2015. Aqui tudo leva Nutella: dos waffles aos crepes, passando pelas bolas de Berlim.

     

    Granier, Lisboa

    granier-panes-chusco_0.jpg

    10245502_739774812740024_8165730538126914427_n.jpg

    65 tipos diferentes de pão já nos fariam saltar da cadeira como uma mola, então pão de milho e pipas, pão de azeite ou tetilla galega são suficientes para nos ejectar de casa como se estivéssemos a sair de um avião em chamas. Abriu em Novembro na rua do Ouro e é um franchising da conhecida cadeia de padarias espanhola.

     

    Stash, Porto

    10357252_785230538216744_8378017039703101309_n.jpg

    10856523_798326933573771_222257940771040117_o.jpg

    Pedro Lemos a fazer sanduíches? É isso mesmo que queremos ver e provar em 2015. Especialmente quando falamos de sanduíches de atum dos Açores com guacamole; ou de caranguejo com sapateira. Nenhuma sanduíche tem mais de três ingredientes para não haver grandes misturas de sabores. E não é preciso.

     

    Tapabento, no Porto

    10516783_848737925177646_3937238250066611987_n.jpg

    10687120_857218137662958_6881929610165776753_n.jpg

    Mais um restaurante de tapas no Porto, mesmo ao lado da estação de São Bento. A decoração é animada e os petiscos prometedores. 

     

    A Ucharia, Lisboa

    10384461_722485117841358_8907694644767966538_n.jpg

    1908481_754059998017203_3899969496634460284_n.jpgAberto em Novembro, é o novo restaurante de petiscos de Hugo Nascimento, o chef que está com Vítor Sobral na Tasca e na Cervejaria da Esquina. Aqui há queijos, enchidos, presuntos, caldo de castanhas ou alheiras e vinho a copo. O conceito é partilhar.

     

    Feitas as resoluções, só falta cumprir. E ver se os restaurantes também cumprem aquilo que prometeram.

     

    Um bom Ano Novo para si onde quer que os restaurantes estejam,

    Ele

     

    26 thoughts on “10 novos restaurantes que queremos mesmo experimentar em 2015

    1. Interessante – alguns já conheço, outros também estão na minha lista de lugares a experimentar. Mas tenho uma sugestão de um restaurante fantástico para acrescentar à vossa lista – Couto no Principe Real – que é actualmente o meu favorito em Lisboa e estranhamente pouca gente conhece.
      Fico a aguardar os vossos sempre divertidos relatos!

    2. quero experimentar todinhos, mas acho q os do Porto vai ser dificil. Tenho de fazer uma wishlist de restaurantes a visitar para Marco 😀 Vida de emigrante e lixada hahahaha

    3. Excelente súmula, que me deixou a salivar. À excepção de um espaço, a Granier, onde já entrei e dei meia volta. O aspecto artificial de todos os produtos expostos fez-me atravessar a rua e ir à padaria portuguesa. Do mal o menos, se é para comer pão, que seja o mais próximo do pão português… Chamem-me provinciana, mas eu aprecio pão genuíno, não aquele que aparenta plástico. Sendo que infelizmente na capital há muito que não se sabe o que é o verdadeiro pão português…

    4. Já não é uma novidade, mas continua a ser uma confirmação.
      O melhor restaurante na cidade de Lisboa, e dos poucos de onde actualmente entro e saio feliz, é o IBO. Uma lição de serviço, simpatia e qualidade/preço.

    5. Eu recomendo também a nova sensação em LISBOA! Uma Leitaria à antiga. É a Leitaria Lisboa na rua Artilharia 1. Os iogurtes são óptimos!

    6. Hmmm que óptimas sugestões! 🙂
      A nossa lista de sítios a experimentar não pára de crescer… Acho que difícil é escolher por onde começar, mas parece-me que está a chegar a altura de fazer uma visitinha ao Porto! A Casa Garret parece-me uma muito boa ideia *.*

    7. O Tapabento foi o melhor sítio onde comi no Porto. Estive na no início de Dezembro e recomendo a qualquer pessoa que lá vá comer! Comida de alta qualidade, preço médio e a Dona Isabel é encantadora! 🌟🌟🌟🌟🌟

    8. Eu acrescentaria o Casta 85, em Alenquer. O chefe João Simoes e a sua brilhante equipa levaram agora para Alenquer a excelência a que já nos tinham habituado em alguns dos melhores espaços alfacinhas.

    9. Deixo duas dicas fora das grandes cidades (Lisboa e Porto).

      Restaurante Maratona – Caldas da Rainha
      Restaurante Meia Tigela – Caldas da Rainha

      Duas óptimas sugestões.
      Espero que visitem e se deliciem com osdoismelhotes restaurantes do Oeste.

    10. Precisamente o que ia dizer!
      Super caro, os produtos demoram e são muito pequenos para saciar ou sequer justificar o preço. A variadade é ridicula, o espaço minusculo e o atendimento deixa muitas vezes a desejar.
      Num bom dia há talvez 5 produtos com Nutella, na maioria dos dias só a variedade comum de crepes, waffles e croissant com nutella.
      Se quiserem visitar um espaço verdadeiramente único e dentro deste género recomendo o Espaço.come no centro histórico ou o Café 32 para um jantar diferente.

    11. Tenho adorado os vossos posts são mto elucidativos e com qualidade 🙂
      No meu caso adoro que francesinhas, deixo-vos a sugestão para experimentatem as do Pão Quente Maria Claro, em Pedroso. São ultra saborosas e bem servidas 🙂

    12. Eu e o meu namorado fomos ao stash e ele comeu a sandwich de carangueijo, que para alem de ter um sabor demasiado marcado de limao, e de ter imensas cascas do carangueijo.. ainda ficou com uma gastroenterite.. teve de ir as urgencias.. inaceitavel!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *