Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Casal Mistério

Casal Mistério

quem disse que hambúrgueres eram junk food? espreite estes de salmão com molho de abacate

07.07.17

Felizmente ou infelizmente, os nossos queridos Filhos Mistério saem à mãezinha e têm boa boca. Não são esquisitos, gostam de tudo e raramente refilam com as nossas ideias gastronómicas. Aliás, são os primeiros a provar e a devorar. Mas ultimamente tenho sentido no ar um certo ambiente de revolta latente contra a nossa ligeira obsessão por salmão. Como temos sempre o frigorífico carregado desse peixe híper saudável carregadinho de ómega 3, hoje decidimos inovar ao jantar e o meu querido Marido Mistério vai fazer um twist ao nosso ingrediente preferido: em vez do típico salmão no forno ou versão sashimi (o meu favorito), vamos fazer hambúrgueres de salmão com um delicioso molho de abacate, seguindo esta receita que descobri no blog Laughing Spatula.

Ele só precisa de lombos de salmão, pão ralado panko, um ovo, cebolinho picado, malagueta poblano sem sementes e picada, sumo fresco de lima ou limão, sal e pimenta.

Para o molho de abacate, precisa de um abacate grande e maduro, meia malagueta poblano sem sementes e picada, cebolinho picado, sumo de lima ou de limão e sal e pimenta.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

ac26587f399108dc8ef71bf1163b1874.jpg

 

 

como fazer o sumo de melancia mais rápido do planeta

07.07.17

smoothie-833470_960_720.jpg

É uma das bebidas preferidas dos Filhos Mistério cá em casa, durante o Verão. Eu confesso que também estou cada vez mais obcecado por sumo de melancia. Além de ser fresco e pouco calórico (a melancia tem apenas 30 calorias por cada 100 gramas), é doce e está carregado de água, o que quer dizer que, se não acrescentar nada, só está a ingerir 5% de açúcares – e todos eles naturais e saudáveis.

O único problema é o pesadelo de descascar uma melancia, parti-la em pedaços e só depois fazer um sumo. É um programa para longos e penosos minutos de esforço. Mas isso era antes de ter descoberto esta fabulosa técnica que agora o jornal Huffington Post partilha com o mundo.