Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Casal Mistério

Casal Mistério

a melhor sopa para o verão: morangos com gengibre para fazer em 10 minutos

16.05.18

Eu sei, sou um exagerado. Não há nada a fazer. Cada vez que como um prato delicioso, acho que estou a comer a melhor coisa à face do planeta... talvez até da galáxia. Não ouso chegar sequer aos calcanhares da megalomania do Bruno de Carvalho, mas sinto que já percorri todos os planetas do Sistema Solar e que não existe nada tão bom como aquilo.

E foi isso mesmo que aconteceu com esta inacreditável receita do fabuloso site Green Kitchen Stories. Uma sopa de morango já seria uma delícia, agora se lhe juntar gengibre e ruibarbo, então estamos, sem qualquer margem para dúvidas, perante a mais fabulosa sopa que existiu neste planeta.

O morango dá-lhe o sabor doce irresistível, o ruibarbo dá-lhe a acidez necessária e o gengibre fresco dá-lhe o toque picante fabuloso. Depois, só precisa das raspas de uma lima, água filtrada e tâmaras. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui. No entanto, os autores da receita avisam: faça os acertos de que precisar para tornar a sopa mais doce ou mais amarga, mais picante ou mais ácida, mais líquida ou mais cremosa. Eu cá acho que fica óptima assim.

Rhubarb_strawberry_soup_3.jpg

 

 

roteiro de lisboa: 50 sítios que tem mesmo de visitar para conhecer o outro lado da cidade

16.05.18

lisbon-344765_1280.jpg

Faça chuva ou faça sol, Lisboa é sempre a nossa cidade. As ruas de charme, os becos escondidos, os lençóis coloridos pendurados nas janelas, as ruelas minúsculas onde não passam duas pessoas ao lado uma da outra... Lisboa tem um encanto difícil de bater. É por isso que nunca nos cansamos de passear pela nossa cidade, conhecer sítios novos e descobrir os eventos que animam a capital. Vale a pena tirar um fim-de-semana para andar por Lisboa como um verdadeiro turista.

lisboa-2872396_1280.jpg

Por isso, não hesitámos quando a SEAT nos desafiou a fazer uma série de roteiros ao volante dos vários modelos da marca: temos de começar por Lisboa. O único problema foi quando pensámos um bocadinho melhor no assunto: “Ai Jesus, que vou espatifar o carro dos senhores”. Eu estou sempre a bater com o meu em todo o lado, imaginem a responsabilidade! Ficou decidido, para bem da Humanidade, que Ele guiava e eu escrevia. Um acordo claramente injusto para o meu lado, já que, enquanto ele guiava um SEAT Arona por Lisboa, eu tirava notas e trabalhava pelos dois. Há uns, como o Salvador Sobral, que amam pelo dois. No meu caso, trabalho pelos dois.

1 (18).jpg