Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Casal Mistério

Casal Mistério

hoje é dia de fazermos uma verdadeira sangria espanhola (e por isso temos aqui a receita do ferran adriá)

15.06.18

20180615_160321.jpg

Não podia resistir a uma oportunidade destas! Em dia de Portugal-Espanha, há alguma coisa melhor do que fazermos uma verdadeira "sangria espanhola"? Calculei... Então a combinação é a seguinte: caros conterrâneos da Selecção Nacional, Vossas Excelências tratam de fazer a sangria em campo, nós, adeptos devotos, encarregamo-nos de fazer a sangria em casa.

E, para um momento solene como o de hoje, precisamos dos melhores conselhos para fazermos a sangria mais eficaz. É por isso que tenho aqui a receita do melhor chef espanhol de sempre: Ferran Adriá, tão-só o antigo responsável pelo prestigiadíssimo El Bulli. Tenho a certeza de que, se usarmos a receita dele para fazer uma sangria, não vai sobrar nenhum espanhol em campo.

 

mousse de coco com ervilhas, o aperitivo ideal para apoiar a nossa seleção

15.06.18

Leva leite de coco, leva morangos e leva ervilhas. É um aperitivo vegan e delicioso mas, sobretudo, é um aperitivo patriótico! E é isto mesmo que vamos petiscar enquanto vamos ver a nossa seleção a dar cabo dos espanhóis. Temos de começar em grande, não podemos perder! E esta receita do blog Green Evi vai dar-nos sorte! Tenho fé! Demora apenas 10 minutos a preparar e veste completamente as cores da nossa seleção. Imbatível como a nossa equipa!

Só precisa de ervilhas, pasta tahine, um dente de alho, sumo de um limão, hortelã, manjericão, leite de coco, sal e pimenta. Para servir, tenha à mão umas tostinhas e morangos cortados às fatias.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

greenevi-pea-coconut-spread1.jpg

 

 

bem-vindo ao paraíso dos ovos para o brunch

14.06.18

22154573_1965604337014834_1130510276801426660_n.jp

Para começo de conversa vou dizer-lhe só um número: oito. São oito os diferentes tipos de ovos à escolha para o seu pequeno-almoço. Quer ovos florentine? Tem. Quer ovos benedict? Tranquilo. Prefere ovos royale? Também há. O que gostava mesmo era de ovos rothko? Não, não me engasguei, é mesmo outro tipo de ovos que encontra no Dear Breakfast, em Lisboa.

Mas há mais boas notícias. Tudo isto está disponível diariamente entre as 9h da manhã e as 16h. Por isso, se lhe apetecer um brunch a uma quarta-feira, às três da tarde, depois de uma noite louca em que conseguiu sobreviver aos seguranças do Urban, este é o sítio ideal. O único constrangimento pode ser mesmo arranjar mesa porque costuma estar cheio.

 

 

salada de quinoa com queijo feta, uma receita com apenas 172 calorias para fazer em 15 minutos

14.06.18

Ah, pois é. É verdade. Ainda é possível fazer receitas com este aspeto com apenas 172 calorias. Esta salada, que descobri no blog Bobbi’s Kozy Kitchen, junta todos os sabores mediterrânicos numa única taça e é um almoço fantástico para levar para o trabalho. Pode também fazer como acompanhamento, mas como estou de dieta (para variar), vai ser o meu almoço de hoje. É tão fácil de fazer que nem vou pedir ajuda ao meu querido Marido Mistério. Só preciso de 15 minutos para fazer esta delícia saudável.

E tenho de ter à mão azeite extra virgem, vinagre de vinho tinto, sumo de meio limão, orégãos e manjericão secos, um dente de alho picado, sal, pimenta preta moída, quinoa cozida (já arrefecida), tomatinhos cherry cortados ao meio, pepino cortado em pequenos cubos, azeitonas sem caroço cortadas ao meio, cebola roxa picada e queijo feta cortado aos cubos.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 8 pessoas, espreite aqui a receita original.

Mediterranean Quinoa Salad 2.jpg

 

 

é a mais genial descoberta para um almoço de verão: como fazer um maravilhoso arroz de coco

13.06.18

Imagine um arroz fresco e saboroso, com um sabor tropical e um toque verdadeiramente surpreendente. Um arroz que fica tão bom quente como frio. Que fica tão delicioso a acompanhar um caril de frango como misturado com uma salada. É, para mim, a melhor e mais fresca maneira de fazer arroz no Verão.

Eu estou verdadeiramente obcecado com esta delícia que descobri no fantástico livro de cozinha Milk Street, de Christopher Kimball, uma verdadeira Bíblia da comida caseira mais surpreendente. E, cá em casa, a Família Mistério não quer outra coisa. A minha querida Mulher Mistério elegeu-o mesmo como o seu arroz preferido.

sub-buzz-15151-1527878347-1.jpg

 

 

smoothie de coco, mirtilos e açaí, uma receita detox para recuperar dos excessos dos santos populares

13.06.18

Depois de uma noite de santos, há que limpar o organismo. É que até o meu corpinho (ligeiramente voluptuoso) se ressente com tanta mini, sangria, sardinhas e caracóis! Por isso, hoje vou começar o dia com esta receita milagrosa que descobri no blog Kimberly Snyder.

Este smoothie consegue juntar três ingredientes que só fazem bem à nossa saúde: tem água de coco, que é hidratante e é rica em potássio, magnésio e cálcio, o que também é excelente para a limpeza e renovação celular.

Tem mirtilos (biológicos de preferência), ricos em antioxidantes, fibras e vitamina C, ótimos para a pele e para ajudar a digestão.

Finalmente, tem açaí, também rico em antioxidantes, fibras e sais minerais, o que significa que também ajuda o seu corpo a digerir melhor os alimentos.

O melhor de tudo? Demora apenas 5 minutos a preparar.

Só precisa de água de coco, uma banana média, mirtilos e polpa de açaí. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 1 a 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

blueberry-acai-coconut-smoothie-41.jpg

 

 

como fazer as sardinhas grelhadas perfeitas segundo o chef nuno mendes

12.06.18

Cada vez que algum britânico pensa em comida portuguesa, sonha com Nuno Mendes. Chef do novíssimo Mãos e do Taberna do Mercado, ambos em Shoreditch, Londres, Mendes é uma referência da cozinha internacional. Já ganhou uma estrela Michelin, sempre viveu no estrangeiro, é presença habitual em alguns dos mais prestigiados jornais internacionais, tornou-se uma lenda para várias estrelas internacionais, mas nunca deixou de falar de Portugal.

Todos os seus restaurantes em Inglaterra têm nomes portugueses e, no início deste ano, lançou em inglês o maravilhoso livro Lisboeta onde conta as maravilhas da comida portuguesa e partilha as suas receitas favoritas. É claro que nós já comprámos essa preciosidade e, lá no meio, encontrámos uma fabulosa e obrigatória receita de sardinhas assadas. Em véspera de Santo António, é isto mesmo que vou fazer hoje cá em casa. 

373037.jpg

A maior surpresa da receita é a forma como o chef prepara as sardinhas. Vamos lá saber: qual é a maior chatice de uma sardinha assada? As espinhas, claro. Pois bem, como em criança Nuno Mendes se engasgou com uma espinha, não faz as sardinhas inteiras, como é tradição em Portugal. Primeiro, corta-as ao meio e retira-lhes as espinhas, depois recheia-as com folhas de louro, casca de lima e limão e talos de coentros picados. Só então é que as sardinhas vão a assar na grelha.

No final, acompanham com uma divinal salada de pimentos assados com cebola e um molho de azeite, salsa e coentros. Mas o melhor é ver a receita e depois comprar o livro que é inacreditável, com histórias magníficas, receitas divinais e fotos deslumbrantes de Lisboa.

lisbo.jpg

 

 

camarão com molho de manteiga e polenta, uma receita saudável e deliciosa para fazer em meia hora

12.06.18

Esta incrível receita do ótimo blog Half Baked Harvest envolve os camarões num surpreendente molho chimichurri com milho doce e servidos sobre uma deliciosa cama de polenta. Chique, não é? Eu sei, sou chiquérrima. Adoro estas expressões do género: “sobre uma cama de…” ou “perfumado com…”, parece que, em vez de uma ementa, estou a ler excertos de um livro do Pedro Chagas Freitas. Dizia eu que esta receita, além de deliciosa e saudável, é muito fácil e rápida de fazer. Demora meia hora, por isso, é ideal para fazer durante a semana e sobretudo se é fã de camarão como eu.  

Só precisa de coentros e salsa frescos e picados, um pimento jalapeño sem sementes picado, alho picado, vinagre de vinho tinto, azeite extra virgem, sumo de meia lima, sumo de meio limão, sal e pimenta, milho, manteiga com sal e camarão sem casca. Para a polenta, precisa de leite, polenta instantânea, manteiga, sal e pimenta.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

Sweet-Corn-Chimichurri-Butter-Shrimp-with-Polenta-

 

 

o bar de harry potter mais espectacular do mundo para umas férias com filhos

11.06.18

32266997_973762529415373_512681922476900352_o.png

"Queridos Pais Mistério,

Serve a presente mensagem para os informar de vários factos relevantes sobre as férias que se aproximam:

1) Os vossos queridos Filhos Mistério estão naquela idade em que já frequentam bares, mas ainda vibram com o Harry Potter.

2) Os vossos queridos Filhos Mistério gostam de passar férias em família (mesmo que isso implique que os pais levem sempre o computador atrás para actualizarem o blog. E o Facebook. E o Instagram. E o email. E passem dois terços das férias a trabalhar).

3) Juntando os dois pontos acima, somos a informar (sic) que gostaríamos de passar umas férias Harry Potter em família. E o que é que isso significa?, perguntam. Significa que gostaríamos de visitar hotéis, atracções, restaurantes e bares inspirados no tema Harry Potter.

4) Para os inspirar, junto segue um bar que descobrimos na net e a que gostávamos de ir. 

 

P. S.: Não se preocupem que tem cocktails sem álcool para os mais novos..."

 

 

tarte de coco com base de amêndoa, uma sobremesa vegan e sem glúten

11.06.18

Imagine uma tarte que leva amêndoas na base, um recheio de coco e ainda um chantilly de coco por cima. Coco a mais? Olhe que não, olhe que não! Quem diria que antigamente eu achava que não gostava de coco? Hoje em dia, o nosso frigorífico está recheado de latas de leite e de creme de coco.

Esta tarte, que descobri no blog Salted Plains, é deliciosa, saudável e é uma ótima sobremesa para servir num almoço ou num jantar de verão.

Só vai precisar, para o recheio, de açúcar orgânico, amido de milho, sal, leite de coco e extrato de baunilha. Para a base, tem de comprar amêndoas, coco ralado, sal, tâmaras sem caroço e cortadas ao meio, e xarope de ácer. Para o topping, creme de coco ou uma lata de leite de coco (deixada no frigorífico de véspera), coco ralado tostado, açúcar orgânico em pó e extrato de baunilha.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

coconut-cream-pie-gluten-free-vegan-10-1.jpg

 

 

húmus com romã e queijo feta, o aperitivo ideal para ver os jogos do mundial

10.06.18

Eu sei. Rimei. É um talento nato. É mais forte do que eu. Se eu pudesse escrevia todo este texto em verso, mas o meu querido Marido Mistério não me deixa. Ainda bem, haja alguém com bom senso nesta casa. O mais provável seria sair-me um texto com versos com rimas tão subtis e criativas como: capitão/coração, dor/amor, bola/tola, Alcochete/tiranete, e por aí em diante.

Mas vamos lá falar de coisas sérias. O Mundial está à porta e temos de nos preparar para este grande evento! E enquanto os jogadores treinam, nós vamos para a cozinha fazer aperitivos deliciosos como este húmus, que descobri no blog What´s Gabby Cooking, para nos acalmar os nervos durante os jogos de Portugal.

Só precisamos de uma lata de grão-de-bico, pasta tahine, sumo de limão fresco, alho picado, sal e água. Para usar como toppings, tenha à mão mais um pouco de grão (tostado), fatias fininhas de cebola roxa, salsa, queijo feta em crumble e romãs.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, espreite aqui a receita original.

WGC-LOADED-HUMMUS-copy.jpg

 

 

as 10 melhores praias da europa (e é claro que está lá uma portuguesa)

10.06.18

Se para si Verão é praia, então este ranking é a sua cara. A escolha foi feita pela respeitadíssima Condé Nast Traveler, que está para as minhas férias assim como a Playboy está para os momentos de leitura do Donald Trump, e deixou-me já de fato-de-banho vestido. Sim, aqui à frente do computador, de tronco ao léu. Qual Marcelo Rebelo de Sousa pronto para mergulhar na primeira poça que encontrar na rua, depois de uma selfiezinha com o vendedor de gelados.

Já está com calor? Então vamos a isso.

 

Zlatni Rac, Brac, Croácia

beaches-europe--Zlatni-rat-croatia-GettyImages-537

Tínhamos de abrir com este paraíso. A praia que foi eleita a mais bonita da Europa, pela Condé Nast Traveler, fica na Croácia e tem esta forma deslumbrante que muda dependendo da corrente e das marés. O areal tem cerca de 800 metros de comprimento e a água... bem, a água é a do Adriático, por isso acho que não vale a pena dizer mais nada...

 

 

 

bolachas de chocolate recheadas com nutella cremosa, a maior maravilha que já vi

09.06.18

É a mais absoluta desgraça! Esta receita é daquelas que nem é preciso dizer nada. Basta mostrar esta fotografia e suspirar perante a inevitabilidade do momento. Vamos ter de fazer, não vamos? Umas bolachas recheadas com Nutella a babar por todos os lados é demais. Até para a minha querida, prezada e dietética Mulher Mistério.

Perante esta loucura, não há nada a fazer nem a dizer. Só há que comer. E muito.

nutellafinal.jpg

 

   

smoothie de mirtilos e nozes, o meu novo vício saudável

09.06.18

Desde que descobri e partilhei aqui que o segredo da elegância de Meghan Markle passa por beber todos os dias um smoothie de mirtilos que eu decidi que também vou começar a beber todos os dias um smoothie saudável. E tenho andado em testes cá em casa. Até agora o que mais me animou e deliciou toda a Família Mistério foi o que encontrei no blog The Local Sprout. Tem cor, tem sabor e é viciante. Além disso é vegan e sem glúten e, claro, muito fácil de fazer.

Só precisa de mirtilos congelados, nozes, courgette e banana congeladas, couve, leite de amêndoa, canela e uma pitada de noz-moscada. Para decorar o smoothie, reserve sementes de chia e de cânhamo, mirtilos e nozes picadas.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para uma pessoa, espreite aqui a receita original.

IMG_1181.jpg

 

 

espetadas de batata doce com queijo derretido no forno, o acompanhamento de sonho para os santos populares

08.06.18

Época de Santos Populares cá em casa não é só época de sardinhas, bifanas e caracóis. É também época de batata doce assada no forno. Pensando bem, cá em casa a época de batata doce assada no forno dura o ano todo: começa com as receitas light da dieta de Ano Novo, continua com as batatas (doces) assadas no forno dos Santos Populares e acaba com as batatas doces gratinadas do Natal. Qualquer pretexto serve para fazer uma deliciosa batata doce macia por dentro e crocante por fora, com aquele sabor irresistível e viciante que contrasta na perfeição com qualquer alimento salgado.

Mas como diria o meu prezado Sogro Mistério, Basta de conversa! (Ele diz isto especialmente quando estou eu a falar...) É altura de agir! E cá em casa acção é sinónimo de fogão. Foi, por isso, exactamente aí que eu preparei esta verdadeira maravilha da cozinha: uma fabulosa espetada de espiral de batata doce assada no forno com alho, parmesão ralado e alecrim. Pense bem como é que esta delícia fica a acompanhar umas sardinhas assadas... Ou um entrecosto... Ou umas bifanas... Ou uns meros caracóis... Ou... Basta de conversa! É altura de agir!

batatadoce.jpg