Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Casal Mistério

Casal Mistério

boas notícias do mundo da ciência: o álcool ajuda-o a falar línguas estrangeiras

19.09.18

São notícias destas que precisamos a meio de uma longa, penosa, lenta, difícil, dolorosa (e outros adjectivos de que não me ocorrem agora) semana de trabalho. E não comece já a comentar:

– Lá foram estes dois maduros inventar uns cientistas para justificarem os gins que bebem todas as semanas!

Não, senhor! E não, senhora! (que eu não quero a Serena Williams a acusar-me de sexismo!) A notícia é da prestigiadíssima revista Time e cita um estudo publicado no ainda mais prestigiadíssimo Journal of Psychopharmacology. Para dar alguma elevação a este blog vulgar, vamos lá explicar o estudo. Cientistas britânicos e holandeses juntaram-se para analisar um grupo de 50 alemães que estudam na Universidade de Maastricht, na Holanda, e que sabem falar neerlandês ligeiramente melhor do que Jorge Jesus fala inglês.

Cada uma destas almas submeteu-se a uma entrevista pessoal de dois minutos em neerlandês, mas metade do grupo bebeu um copito de água antes da conversa e a outra metade bebeu uma cervejola. A quantidade de álcool variou consoante o peso de cada um, mas para uma pessoa com 70 kg foi-lhe dado pouco menos de meio litro de cerveja, o que já não é nada mau.

Os resultados foram evidentes: o grupo da "jola" falou de forma mais fluente e com melhor pronúncia do que o grupo da água. Os cientistas acreditam que isso possa estar relacionado com a desinibição provocada pelo álcool e que os resultados não seriam os mesmos se, em vez de meio litro de cerveja, as cobaias tivessem bebido meio litro de whisky. No entanto, dizem que precisam de fazer mais estudos para confirmar tudo isto.

cardamo-fig-cocktail.jpg

 

abra essa boca de espanto: o cheesecake do gordon ramsay é fácil, saudável e nem sequer leva açúcar

19.09.18

Só há uma coisa que me assusta mais do que um grito de "Está certo!" da Cristina Ferreira: um ataque de fúria do Gordon Ramsay. Apesar de ter um tom de voz ligeiramente mais grave do que a apresentadora, aqueles olhos esbugalhados por baixo daquele cabelo desgrenhado conseguem fazer-me saltar do sofá em menos de um segundo.

É por isso que tenho um muito apreciável respeitinho pelo chef britânico e, cada vez que encontro uma nova receita sua, corro logo para a cozinha com medo de levar dois gritos seus pelo caminho. Hoje o que me fez saltar do sofá foi este divinal, facílimo e saudável cheesecake. Além de ser perfeito para a dieta – não leva farinha nem açúcar refinados –, prepara-se dentro de um frasco, o que quer dizer que pode ser levado, debaixo do braço, para um lanche light no trabalho.

ResizedImage600333-Cheesecake-in-a-jam-jar.jpg