7 alternativas saudáveis ao leite de vaca (e não, não estamos a falar só de leite de soja)

    Cookies_and_milk.jpg

    Decidi apresentar a minha demissão irrevogável de bebedor de leite. Eu sei que podia ter dito consumidor em vez de bebedor mas, com uma palavra tão bonita como essa, porquê desprezá-la? Sim, eu era um bebedor de leite. Bebia litros de leite por dia. Até ao mês passado. Pelo menos, para já, deixei de beber leite. Como se sabe, em Portugal as decisões irrevogáveis não costumam durar muito. Mas, enquanto ela estiver em vigor, já fiz uma comparação das melhores e mais saudáveis alternativas à malfadada lactose. E são bastante mais do que se poderia imaginar. Afinal, o mundo não está resumido àquele sabor meio desagradável do leite de soja.

     

    Leite de arroz

    5425000197645.jpg

    Tem muito pouca gordura e não tem glúten nem frutos de casca rija. Ainda por cima, tem um sabor neutro.

    50 calorias, 1,1g de gordura, 7,1g de açúcar, 0,1g de proteínas por cada 100 ml

    Fonte: Rice Dream

     

    Leite de soja

    26642-bebida-soja-bio-omega-3-1-litros-ltr-provame

    Eu não sou grande fã do sabor do leite de soja bebido ao natural. Mas misturado com café ou com muesli, está óptimo. Além disso, tem pouco açúcar – o que, a pouco mais de um mês do Natal, conta muuuuuuuito.

    54 calorias, 2,6g de gordura, 3,3g de açúcar, 3,7g de proteínas por cada 100 ml

    Fonte: Provamel

     

    Leite de aveia

    218399-bebida-bio-aveia-1-litros-ltr-provamel.jpg

    Ajuda a combater doenças cardiovasculares, gripes, colesterol e mais uma série de problemas que nem conseguimos enumerar em tão poucas linhas. Para mais, está carregado de fibras.

    47 calorias, 1,3g de gordura, 3,9g de açúcar, 0,3g de proteínas por cada 100 ml

    Fonte: Provamel

     

    Leite de espelta

    bebida-de-espelta-1l.jpg

    É mais encorpado do que o leite de arroz e fica óptimo para fazer um batido com frutas. Ainda por cima, a espelta é uma óptima fonte de energia. Problema: tem glúten.

    56 calorias, 1,1g de gordura, 5,5g de açúcar, 0,7g de proteínas por cada 100 ml

    Fonte: Isola Bio

     

    Leite de amêndoa

    eaefd81c4a0d2b1083d510c6042cc458.jpg

    É um pouco espesso demais para o meu gosto. Especialmente quando vou fazer capuccinos. Mas fica bem com cereais e é a vice-campeã das calorias baixas.

    24 calorias, 1,1g de gordura, 3g de açúcar, 0,5g de proteínas por cada 100 ml

    Fonte: Alpro

     

    Leite de caju

    356824-bebida-bio-500ml-caju-500-ml-ltr-provamel.j

    É a grande moda agora nos Estados Unidos. Tem um sabor idêntico ao do leite de amêndoa e dizem que é mais saudável. Pelo menos tem menos açúcar.

    47 calorias, 0,9g de gordura, 0,5g de açúcar, 0g de proteínas por cada 100 ml 

    Fonte: Provamel 

     

    Leite de coco

    42140_alpro-coconut.jpg

    Mais uma opção anti-calórica, com pouco açúcar e com pouca gordura.

    20 calorias, 0,9g de gordura, 1,9g de açúcar, 0,1g de proteínas por cada 100 ml

    Fonte: Alpro

     

    Agora, está na hora do meu smoothie do dia.

     

    Um bom copo de leite para si onde quer que a vaca esteja,

    Ele

    7 thoughts on “7 alternativas saudáveis ao leite de vaca (e não, não estamos a falar só de leite de soja)

    1. A bebida de soja da marca Portuguesa Shoyce é fabulosa! Não tem o sabor ativo da soja e foi eleito produto do ano 2015. Estão a trabalhar no mercado Nacional e Internacional.
      Existe a versão “normal”, Light, Baunilha e Chocolate.
      O que é Nacional é bom!

    2. Pequena nota informativa: nada do que foi apresentado acima pode ser denominado de “leite”. Tanto quanto sei ainda não descobriram maminhas no arroz, amendoa, caju e afins. São bebidas à base de um desses compostos, mas ás vezes é um pouco desanimador quando olhamos para os rótulos e lista de ingredientes e encontramos, por exemplo, óleo de girassol na bebida de arroz ou percentagens de aveia ou outros inferiores a 2%.

    3. O problema que tenho constatado, é que os Bioquímicos da indústria alimentar, os criadores da Gastronomia e os cozinheiros profissionais não estudam nem estão preocupados com os problemas que as suas criações provocam no estômago, intestinos e fígado de quem come os alimentos que eles inventam e produzem.
      Bons alimentos simples e baratos que pela minha experiência todos devíamos comer diariamente, são as sementes de linhaça trituradas em casa (2 colheres de sopa misturadas por exemplo num prato sopa de vegetais no momento em que vai ser saboreada) e os brócolos ou hortaliças verdes (pouco cozidas para não “matar” as vitaminas) pois estas, em percentagem, têm mais cálcio que o leite de vaca e não causam os problemas que o queijo e o leite de vaca provocam.

      No que respeita a BEBIDAS QUE SUBSTITUEM O LEITE (leite é só o liquido que sai da mama de uma mulher ou de uma teta seja da vaca, duma ovelha ou doutro animal) com vantagens, é MUITO FÁCIL E BARATO faze-los em casa.

      Fazer BEBIDA de Amêndoas sem pele, de caju ou de amendoim, é só escaldar 50gr de uma delas, coloca-las num liquidificador com água bem quente, triturar, coar, adoçar com mel, melaço de cana ou outro açúcar se achar necessário e beber. SEM CORANTES, NEM CONSERVANTES ou ADITIVOS.
      Nota: Ter cuidado com a temperatura da água para não estragar o copo do liquidificador, principalmente se for de vidro que pode partir. Eu já parti um).

      As BEBIDAS DE AVEIA, ARROZ, CEVADA, ESPELPA, KAMUT, CENTEIO QUINOA dão ou pouquito de mais trabalho:
      1-Coloque a ferver um litro de água de boa qualidade. (que não seja da torneira).

      2-Use uma pequena parte dessa água a ferver, para escaldar 2 colheres de sopa do cereal em grão de preferência Biológico.

      3-Coloque o resto da água a ferver numa garrafa térmica de preferência em inox.
      4-Escorra e coloque o cereal em grão dentro do termos, feche bem e deite o termos para o grão ter mais superfície para cozer e expandir mais facilmente. Ao fim de 3 ou 4 horas está cozido. (Se preparar há noite de manhã está pronto para o pequeno almoço).

      5-Depois é só colocar no liquidificador, ou com a varinha mágica triturar, coar, adoçar se assim o desejar.
      Obs 1: Quanto melhor for a qualidade da água e o cereal melhor será a bebida.
      Obs 2: Se colocar mais cereal a bebida ficará mais grossa embora varie de cereal para cereal.
      Obs 3: ATENÇÃO se decidir fazer bebida de Amaranto não o faça numa termos de vidro porque o amaranto gruda nas paredes da termos.

      Usando a mesma técnica pode cozer cereais para o pequeno-almoço. Só terá de colocar dentro garrafa uma maior quantidade de cereal para de manha ter um perfeito pequeno-almoço de ARROZ INTEGRAL (o arroz integral redondo da Provida e o Arroz integral carolino cozem muito bem por este método) ou de outro cereal que escolha.

      Eu tenho sangue tipo A que aceita bem os cereais de acordo com o Livro e estudos da DIETA DO TIPO SANGUÍNEO do Dr. PETER D’ADAMO.
      De acordo com a tabela macrobiótica que tem em conta a energia dos cereais, dos dias da semana e dos órgãos do nosso corpo eu uso: DOMINGO-Espelta ou KAMUT, SEGUNDA-Arroz integral, TERÇA-Cevada, QUARTA-Quinoa, QUINTA-Centeio, SEXTA-Aveia, SÁBADO-Amaranto ou milho alvo/Milet/Painço (são maus de cozer na termos pelo que muitas substituo por arroz integral comendo deste modo 2 vezes arroz por semana).
      Alguma duvida ou esclarecimento veja contactos no Site: http://www.PortugalSalutar.pt

    4. Essas bebidas são apenas em parte substitutas do leite, caso tenham vitaminas adicionadas. Porque, por exemplo, infelizmente, não conheço nenhuma com iodo. Alguém conhece?

    5. Informação muito explícita e muito útil, com dicas imperdíveis, obrigada, pela partilha, pelo tempo dedicado e pela boa vontade, bem haja🙏

    Deixe um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *