Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

bolachas sem glúten para fazer com as crianças durante as férias

Já não sabe o que há de fazer às crianças durante as férias? Eles já estão fartos de praia e de piscina? Passam horas especados à frente da televisão, do tablet ou do computador? Tenho uma solução para si: ponha-os a cozinhar. Eles adoram, ficam entretidos durante algum tempo e acabam por ser eles a fazer o seu próprio lanche. Além disso, é pedagógico e útil. Está a prepará-los para o futuro.

A minha querida mãezinha nunca me ensinou a cozinhar, porque ela própria também não tem grande talento para o fogão, e como é que me desenrasquei? Casei com o meu querido Marido Mistério, pois claro. Uma pessoa tem de fazer pela vida.

Esta receita que descobri no blog Pumpkin and Peanut Butter é ideal para fazer com os miúdos. É deliciosa, sem glúten e é muito fácil. Demora meia hora a fazer e vai ver que eles vão adorar.

Só vai precisar de farinha sem glúten, sal, açúcar, fermento, manteiga, leite, ovos, e sementes de sésamo e de papoila, alho e cebola em pó e flor de sal.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 12 a 14 bolachas, espreite aqui a receita original.

IMG_7122-2.jpg

 

 

ricotta no forno com alho e tomilho, uma entrada viciante e deliciosa ideal para um jantar especial

Demora menos de meia hora a fazer. É incrivelmente viciante e excessivamente deliciosa. Se é fã de queijo como eu, não vai conseguir de parar de comer esta tentação. Esta receita, que descobri no blog Cooking and Beer, é a entrada ideal para um jantar de amigos. Garanto-lhe que este prato vai ser o ponto de encontro de todos os convidados, uma espécie de “desbloqueador de conversas”, porque ninguém lhe vai resistir.

Só vai precisar de ricotta, queijo asiago ralado, alho picado, raspas de limão raladas, tomilho picado, piripíri, pimenta preta e azeite extra-virgem. Para decorar, tenha à mão micro-greens, flor de sal, sementes de girassol e umas tostas para acompanhar.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

bakedricottadip2.jpg

 

 

a maneira mais fácil de fazer gelado de iogurte grego

Quer que lhe confesse uma coisa? Ainda bem que o Verão este ano se atrasou – porque a dieta da minha querida Mulher Mistério também estava ligeiramente atrasada. E assim ficam quites. Se não temos tempo de praia também não temos absolutismo dietético. E é por isso que eu posso fazer receitas ligeiramente menos light do que aquelas que teria de fazer se estivesse um clima tropical. Como, por exemplo, este espectacular gelado de iogurte grego do fabuloso site The Kitchn.

Primeiro as boas notícias: não leva açúcar, só leva mel. Depois, as óptimas notícias: só precisa de três ingredientes e é facílimo de preparar. Agora, as menos boas notícias (atenção que não usei a palavra "más"...): leva 120 ml de natas. E iogurte grego gordo. E pouco mais.

No fundo, só vai precisar de natas, iogurte grego e mel. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

2bb3585735eedc2040f79a4609514e0e4af2ab3d.jpeg

 

 

margaritas de meloa, o cocktail mais original deste verão

Prepare-se para arrasar este verão. Não, não estou a falar do seu corpo escultural a passear-se na praia com o fato-de-banho que comprou para este ano. Não, estou a falar do seu próximo almoço ou jantar. Esta receita espetacular que descobri no ótimo blog Half Baked Harvest vai arrasar em qualquer mesa. Demora 10 minutos a fazer e um a devorar.

Só precisa de meloas cantaloupe, pedaços de meloa cantaloupe congelados, leite de coco, tequilla, sumo de lima, Cointreau, geleia de agave ou mel e sal grosso.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

Frozen-Cantaloupe-Margaritas-3.jpg

 

 

como fazer uma limonada sem ter de espremer os limões

É o sonho de qualquer criança e o pesadelo de qualquer adulto: ter de besuntar as mãos com sumo e restos de limão enquanto estamos meia hora a lutar contra um espremedor. Pois agora a-c-a-b-o-u! Com esta fabulosa dica do fantástico site The Kitchn, pode dizer adeus às espremidelas e às mãos besuntadas.

Para fazer uma limonada só precisa de uma batedeira. E não é para fazer chantilly de limão – é mesmo limonada.

bcbceed90d40c95acd29cf8295f6fda017ba9887.jpeg

 

camarões com molho de lima e mel para fazer em apenas 15 minutos

Já está de férias? Então volte lá para a sua praiazinha que esta conversa é para ter com gente que está no batente, desinspirada perante mais uma semana de trabalho, fechada num escritório, enquanto certas e determinadas pessoas dão mergulhos na praia. Espero que tenha vergonha de tirar férias enquanto eu trabalho. Por mim, instituía uma nova lei no País: só se aprova férias se o Casal Mistério também estiver de férias.

Pois a verdade é que estamos aqui, sentados ao computador, à procura de receitas fáceis e deliciosas para animarem a nossa segunda-feira de neura. E felizmente tropeçámos nestes deliciosos camarões com molho de lima e mel, do fantástico blog Rasa Malaysia, para preparar enquanto o Neymar se rebola pelo chão: sim, é verdade, o jogador brasileiro passou 14 minutos do Mundial no chão e nós só vamos precisar de apenas 15 minutos na cozinha para fazer esta delícia.

Tudo o que tem de separar é camarões descascados, manteiga derretida, alho picado, mel, sumo de lima espremido no momento, flor de sal, pimenta-de-caiena, azeite e salsa picada. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

garlic-honey-lime-shrimp1.jpg

 

camembert derretido no forno com azeite de trufas para devorar enquanto assiste ao portugal – uruguai

Para um jogo memorável temos de ter um aperitivo ainda mais memorável. E esta incrível receita do blog Girl and the Kitchen é tudo o que precisamos para hoje. Tem apenas 4 ingredientes, demora 15 minutos a fazer e sai do forno a derreter, já para não falar do incrível sabor desta maravilha.

Só precisa de camembert, dois dentes de alho cortados em fatias fininhas, tomilho fresco, azeite de trufas (se não encontrar pode usar azeite extra-virgem, mas não deixe de experimentar com azeite de trufas, é muito melhor) e crackers ou tostas para servir.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

4-Ingredient-Garlic-Baked-Brie-8-of-9.jpg

 

 

a bebida deste verão: e se em vez de chocolate quente tiver um maravilhoso chocolate gelado?

O chocolate quente está para os dias de neve assim como o chocolate gelado está para os dias de Verão. Confesso a minha lamentável ignorância, mas não sei como é que cheguei até esta provecta idade sem nunca, jamais, em tempo algum, ter provado uma receita tão simples e evidente como esta do famosíssimo chef pasteleiro David Lebovitz.

É tão simples como isto: está a ver o chá gelado? E o café gelado? Pois bem, agora vai começar a ver também o chocolate gelado. É uma bebida feita de chocolate derretido líquido misturado com cacau e café e mergulhado numa piscina de gelo. Cá em casa acabou de ser eleita a bebida deste Verão, para um fim de tarde à varanda com os pés esticados em cima da mesa (coisa pela qual a minha querida Mulher Mistério me massacra constantemente).

Tudo o que vai precisar é de chocolate preto, leite magro, cacau em pó sem açúcar, gelo em cubos, gelado de chocolate e café expresso arrefecido. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

chocolate2.jpg

 

 

tarte de queijo de cabra com tomate cherry e redução de balsâmico (como assim? de queijo de cabra? siiiimmmm!)

Se há coisa que me faz feliz é descobrir receitas originais e criativas, como esta do ótimo site Spoon Fork Bacon. Ok, e o golo do Quaresma, e o Cristiano Ronaldo (que nesta fase tem todo o direito de falhar penalties). Quem teve a ideia de fazer uma tarte de queijo de cabra é simplesmente um génio. Por favor, dêem o Nobel da Gastronomia às autoras desta receita. Elas merecem. Adoro tartes, mas a combinação com queijo de cabra é absolutamente divinal.

Para fazer esta maravilha, vai precisar, para a base, de farinha, sal, manteiga sem sal e de água gelada. Para o recheio, precisa de queijo de cabra macio, natas, tomates cherry, redução de balsâmico, folhas de manjericão frescas, sal e pimenta.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para uma tarte, espreite aqui a receita original.

bruschetta_tart-800x1066.jpg

 

 

é a mais genial descoberta para um almoço de verão: como fazer um maravilhoso arroz de coco

Imagine um arroz fresco e saboroso, com um sabor tropical e um toque verdadeiramente surpreendente. Um arroz que fica tão bom quente como frio. Que fica tão delicioso a acompanhar um caril de frango como misturado com uma salada. É, para mim, a melhor e mais fresca maneira de fazer arroz no Verão.

Eu estou verdadeiramente obcecado com esta delícia que descobri no fantástico livro de cozinha Milk Street, de Christopher Kimball, uma verdadeira Bíblia da comida caseira mais surpreendente. E, cá em casa, a Família Mistério não quer outra coisa. A minha querida Mulher Mistério elegeu-o mesmo como o seu arroz preferido.

sub-buzz-15151-1527878347-1.jpg

 

 

como fazer as sardinhas grelhadas perfeitas segundo o chef nuno mendes

Cada vez que algum britânico pensa em comida portuguesa, sonha com Nuno Mendes. Chef do novíssimo Mãos e do Taberna do Mercado, ambos em Shoreditch, Londres, Mendes é uma referência da cozinha internacional. Já ganhou uma estrela Michelin, sempre viveu no estrangeiro, é presença habitual em alguns dos mais prestigiados jornais internacionais, tornou-se uma lenda para várias estrelas internacionais, mas nunca deixou de falar de Portugal.

Todos os seus restaurantes em Inglaterra têm nomes portugueses e, no início deste ano, lançou em inglês o maravilhoso livro Lisboeta onde conta as maravilhas da comida portuguesa e partilha as suas receitas favoritas. É claro que nós já comprámos essa preciosidade e, lá no meio, encontrámos uma fabulosa e obrigatória receita de sardinhas assadas. Em véspera de Santo António, é isto mesmo que vou fazer hoje cá em casa. 

373037.jpg

A maior surpresa da receita é a forma como o chef prepara as sardinhas. Vamos lá saber: qual é a maior chatice de uma sardinha assada? As espinhas, claro. Pois bem, como em criança Nuno Mendes se engasgou com uma espinha, não faz as sardinhas inteiras, como é tradição em Portugal. Primeiro, corta-as ao meio e retira-lhes as espinhas, depois recheia-as com folhas de louro, casca de lima e limão e talos de coentros picados. Só então é que as sardinhas vão a assar na grelha.

No final, acompanham com uma divinal salada de pimentos assados com cebola e um molho de azeite, salsa e coentros. Mas o melhor é ver a receita e depois comprar o livro que é inacreditável, com histórias magníficas, receitas divinais e fotos deslumbrantes de Lisboa.

lisbo.jpg

 

 

a maneira mais deliciosa de comer ovos ao jantar

Não consigo cansar-me de jantar uns fabulosos ovos no forno. Daqueles que ficam com uma clara firme e consistente e com uma gema líquida e cremosa. E depois molhar uns crocantes palitos de pão torrado nesta maravilha. Sem côdea, claro, como se fosse uma divinal torrada aparada do café da esquina. Mas isso sou eu, que a minha querida Mulher Mistério tem levado a sua dieta muito a sério. 

No entanto, acho que está na hora de Ela cometer um pequeno – pequeníssimo! – excesso: esta fenomenal receita do fantástico blog Damn Delicious que eu acabei de eleger, por uma unanimidade facilmente composta exclusivamente por mim, a melhor receita de ovos para o jantar.

Tudo o que vai precisar é de ovos, cogumelos, manteiga, alho picado, tomilho fresco, espinafres baby, natas (eu vou substituir por iogurte grego por causa da dieta) e queijo parmesão ralado (que eu vou trocar pelo nosso patriótico e delicioso Queijo da Ilha de São Jorge). Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Baked-Eggs-with-Mushrooms-and-SpinachIMG_3292.jpg

 

 

camarão com molho de manteiga e alho para celebrar a chegada do calor

Está oficialmente inaugurada a época do petisco na Mansão Mistério. A temperatura não pode subir um bocadinho que o meu querido e dileto esposo saca logo da mini do frigorífico e começa a querer petiscar. Só para me desgraçar! Ele faz de propósito para ninguém olhar para mim. Tenho a certeza. É a estratégia mais baixa e mais rasteira que tenho visto! Por isso, tenho de me antecipar e descobrir petiscos light. Este que descobri no ótimo blog Foodie Crush é ideal, desde que eu consiga resistir à tentação de molhar o pão no molho.

Só preciso de camarão grande (com casca e cauda), manteiga, alho, chalotas picadas, sal e pimenta preta moída, cerveja, limão, salsa, e pão, claro, para quem pode. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.    

Peel-n-Eat-Shrimp-foodiecrush.com-105.jpg

 

 

sangria de frutos vermelhos para chamar o verão

Apesar de ainda não estar nem física nem psicologicamente preparada para estrear os meus novos outfits para este verão, já tenho saudades de um bom dia de praia. Nunca mais é verão! Irra!

Nunca estamos contentes com nada, a verdade é esta. Porque no dia em que o meu querido Marido Mistério quiser inaugurar a nossa época balnear, eu vou fazer uma fita a dizer que o melhor é ficarmos na piscina porque pareço uma baleia branca. É a história da minha vida. Enfim, mas como hoje é domingo e (in)felizmente São Pedro decidiu ajudar-me a adiar o meu temível regresso ao areal, vou ficar por casa a desgraçar-me mais uma vez com esta incrível e deliciosa sangria de frutos vermelhos que descobri no blog One Sweet Mess.

Só vou precisar de framboesas congeladas, morangos cortados ao meio, amoras, uma garrafa de vinho rosé, xarope de framboesas (já explico como se faz, não se assuste), vodka e 7Up. Para fazer o xarope de framboesas, vai precisar das propriamente ditas, congeladas ou frescas, de água e de açúcar.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para um jarro, espreite aqui a receita original.

Raspberry-Moscato-Sangria-31.jpg

 

 

tarte de espargos com ovos e presunto, uma receita fácil, ideal para um almoço de domingo

Ainda está a digerir a vitória do Pokémon de Israel na Eurovisão? Está de difícil digestão, não está? Não se preocupe! Nada como comer para esquecer. Valeu-nos aquele momento “Salvador Caetano”, como legendou, cheio de graça, Miguel Somsen na sua página de Facebook. Mas voltando ao que interessa, nada como aproveitar a ressaca da Eurovisão ou o seu domingo para se deliciar com uma receita tentadora que, ok, não é propriamente light, mas é deliciosa! E tem a assinatura do excelente blog Half Baked Harvest.

Só precisa de massa folhada, azeite extra virgem, sementes de papoila e de sésamo, alho e cebola em pó, folhas de manjericão frescas, queijo Gruyère ralado, um molho de espargos com os pés cortados, flor de sal e pimenta preta, presunto cortado fininho, rúcula, sumo de meio limão e ovos (pouco) cozidos cortados em quartos.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

Asparagus-Egg-and-Prosciutto-Tart-with-Everything-Spice-9.jpg