a nossa receita para a páscoa: um salmão wellington suculento por dentro e estaladiço por fora

    E se em vez de um Bife Wellington fizer um Salmão Wellington? Só dá 20 minutos de trabalho e fica incrivelmente delicioso. Para quem não quer uma receita de carne para a Páscoa, este salmão Wellington é o prato mais surpreendente para servir a toda a família. 

    foto4R-8181.jpg

    Além disso, não leva manteiga. O salmão é cozinhado com a nova Planta Cozinha, um creme vegetal muitíssimo saboroso e feito 100% com ingredientes naturais vegan. Desde que fomos desafiados pela Planta para fazer uma receita surpreendente para a Páscoa com a nova Planta Cozinha que estamos rendidos a esta maravilha. Afinal é saudável, saborosa e muito mais sustentável do que as alternativas que encontra no mercado.

    Por isso, decidimos, neste domingo de Páscoa, reinventar o tradicional bife Wellington. Em vez de carne, vamos usar um suculento lombo de salmão. O salmão é temperado e depois colocado por cima de uma cama de espinafres salteados com Planta Cozinha, chalotas e um creme vegetal para barrar. A mistura fica cremosa, saborosa e saudável. Tudo isto é enrolado em massa folhada e levado ao forno até o salmão ficar suculento e a massa folhada incrivelmente estaladiça. 

    foto8R-8196.jpg

    Ingredientes

    • 4 lombos de salmão com cerca de 200 g cada, sem pele nem espinhas
    • 2 colheres de sopa de Planta Cozinha
    • 2 dentes de alho picados 
    • 1 chalota grande picada
    • 60 ml de vinho branco
    • 80 g de creme vegetal para barrar
    • 150 g de espinafres baby
    • 2 colheres de sopa de pão ralado
    • 450 g de massa folhada
    • 1 ovo levemente batido com uma colher de sopa de água

    foto1R-8165.jpg

    Tempere os lombos de salmão com sal e pimenta preta moída no momento.

    Derreta a Planta Cozinha numa frigideira e salteie o alho e a chalota em lume médio. Quando começar a ficar translúcido, adicione o vinho branco e aumente o lume para o máximo. Deixe apurar durante cerca de 5 minutos, junte o creme vegetal para barrar e misture durante cerca de um minuto. Para terminar, junte os espinafres e o pão ralado e misture até os verdes murcharem. Vai ficar com uma cremosa cama de espinafres.

    Desenrole a massa folhada por cima do balcão de cozinha polvilhado com farinha e tenda-a para esticar. Corte a massa em quatro folhas com cerca de 25 cm por 35 cm e coloque um lombo de salmão por cima de cada folha. Divida a mistura de espinafres pelo topo dos quatro lombos.

    Pincele as bermas dos quadrados de massa com o ovo batido e feche a massa em embrulhos, começando com os lados mais compridos. Antes de dobrar os lados mais curtos por cima, pincele novamente as pontas com o ovo batido.

    Vire os embrulhos de salmão ao contrário, de forma a ficar com a cama de espinafres por baixo, e coloque-os sobre um tabuleiro forrado com papel vegetal. Faça leves golpes hexagonais no topo da massa. Pincele o topo da massa com mais um pouco de ovo batido e leve ao forno, pré-aquecido a 200º C, durante 25 a 30 minutos. Quando a massa folhada estiver dourada e estaladiça, sirva o Wellington de salmão acompanhado por uma salada de verdes e um cuscuz de limão.

    foto9R-8201.jpg

    Se preferir, pode fazer um único lombo de salmão maior, em vez de quatro lombos individuais. Também fica maravilhoso!

     

    Uma óptima Páscoa para si onde quer que o salmão esteja,

    Ele

     

    fotos: inês mendes para o casal mistério

     

    Uma receita Casal Mistério feita com o apoio da Planta

    Deixe um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *