Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Casal Mistério

Casal Mistério

a receita do bife tártaro mistério tem um toque oriental

16.05.20

É um dos pratos favoritos cá em casa. Pelo menos uma vez, de 15 em 15 dias, a Família Mistério junta-se à volta de um divinal bife tártaro. Eu sei que muita gente não gosta. Mais gente ainda nunca conseguiu provar, mas eu garanto-lhe que é divinal e facílimo de preparar.

A minha própria Mãe Mistério é incapaz sequer de olhar para um bife tártaro em cima de uma mesa. O meu pai só provou pela primeira vez cá em casa há uns dias. Mas até os Mini-Misteriosos mais pequenos se babam quando vêem à frente um bife tártaro à moda do Casal Mistério.

Por isso, se tem dúvidas ou se nunca provou, vá por mim e faça esta maravilha em sua casa. E esta nossa versão mistério do bife tártaro até tem um toque oriental.

IMG_20200509_221628.jpeg

 

Ingredientes 

Para 4 pessoas 

  • 700 g de alcátara de novilho sem gordura (parte superior)
  • 5 chalotas
  • 5 colheres de chá de alcaparras
  • 2 a 4 mini-pepinos em picle (dependendo do tamanho)
  • 6 colheres de chá de mostarda de Dijon
  • 5 colheres de sopa de azeite extra virgem
  • 2 colheres de sopa de molho de soja
  • 3 colheres de chá de molho Worcestershire
  • 4 gemas de ovo
  • Flor de sal
  • Mistura de pimentas moída no momento
  • Wasabi em pó q.b.

 

A primeira regra é ter um talho de confiança onde receba a garantia de que a carne é fresca e não está sujeita a contaminações. Encontrado isso, eu costumo comprar sempre a parte superior da alcátara de novilho. Também pode fazer com lombo mas, se encontrar uma boa peça de alcátara, terá um bife tártaro mais saboroso e ligeiramente menos tenro, o que evita que o bife fique empapado. Além disso, este corte não tem gordura, o que é fundamental para um bom bife tártaro.

Tanto pode optar por picar a carne em casa ou no talho. O importante é que a carne seja sempre picada no momento, à sua frente, e à faca, para evitar que o bife fique empapado, com a textura de um hambúrguer. O ideal é ficar com pequenos cubos de cerca de dois a três milímetros.

Se picar a carne em casa, congele os bifes ainda inteiros durante cerca de meia hora para ganharem consistência e ficarem bem frescos. Se optar por picar a carne à faca no talho, coloque-a no congelador meia hora antes de a preparar.

Enquanto isso, separe quatro gemas das claras. Guarde as claras para fazer uma omelete de claras no dia seguinte e deixe as gemas de parte. Pique as chalotas, as alcaparras e os picles e coloque tudo, numa taça grande, com a mostarda de Dijon, o azeite, o molho de soja e o molho Worcestershire. Tempere com uma pitada de flor de sal e de pimenta moída no momento e misture bem até ficar com um molho cremoso. Coloque a carne já picada dentro da taça e envolva-a muito bem no molho. 

IMG_20200509_221715.jpeg

Divida a carne por quatro pratos, imitando a forma de hambúrgueres. Coloque uma gema por cima de cada bife tártaro e termine com wasabi em pó polvilhado pelo topo. Também pode acrescentar um pouco de cebolinho picado que fica óptimo.

Sirva com uma salada de verdes e batata palha a acompanhar. Vai ver que, depois de provar a primeira vez, não vai querer outra coisa.

 

Um óptimo bife tártaro para si onde quer que esteja,

Ele

 

receita e foto: casal mistério

 

1 comentário

Comentar post