Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Casal Mistério

Casal Mistério

como fazer um molho pesto como uma verdadeira avó italiana

04.06.19

No fim-de-semana, publicámos aqui uma fabulosa receita em vídeo de uns noodles de courgette com molho pesto, ovo escalfado e parmesão ralado. A receita é deliciosa, mas uma grande parte do seu sucesso depende de encontrar um bom molho pesto. E isso é tão difícil como descobrir uma casa em Lisboa a um preço razoável.

Por isso, o melhor é fazer em casa um verdadeiro e genuinamente italiano molho pesto. Não daqueles que é só juntar os ingredientes num liquidificador e já está, mas daqueles que as autênticas avozinhas italianas de Génova fazem em casa para a família.

Felizmente a autora do espectacular blog 101 Cookbooks conheceu uma dessas avozinhas que a ensinou pessoalmente a fazer um molho pesto genuíno.

De ingredientes, vai precisar de manjericão fresco lavado e seco, alho, pinhões crus, queijo parmesão ralado no momento e azeite extra virgem. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

how-to-make-pesto-h.jpg

 

O principal segredo para um molho pesto perfeito é picar tudo com uma faca bem afiada. Se picar os ingredientes num liquidificador, vai ficar com uma pasta mais condensada. Se picar tudo à mão, ficará com aquela consistência leve e solta do verdadeiro molho pesto. Depois, tem de saber escolher o manjericão – e o verdadeiro pesto é feito com folhas de manjericão jovens e pequeninas, com um sabor mais fresco.

Comece por picar um terço das folhas de manjericão juntamente com os dentes de alho. Junte outro terço e pique mais um pouco. Finalmente, junte o último terço e volte a picar. O facto de ir juntando os ingredientes aos poucos pode fazê-lo demorar mais tempo, mas também vai deixar tudo muito bem picado.

Junte agora a esta combinação metade dos pinhões e pique tudo. Adicione a outra metade e volte a picar. Acabe misturando o queijo parmesão ralado – metade de cada vez – e picando tudo novamente.

Nesta fase, deve estar tudo tão bem picado que consegue ficar condensado num pequeno bolinho. Coloque este bolinho numa taça pouco maior do que o seu tamanho. E cubra tudo com azeite extra virgem. Guarde no frigorífico, tapado, até ao momento de usar.

Quanto mais recente for o molho pesto, mais delicioso ficará. Antes de usar, mexa-o para incorporar tudo no azeite. A tal avó italiana, citada no blog, às vezes junta-lhe um pouco de água onde cozeu a massa para dar ao pesto uma melhor consistência e um toque mais salgado. Eu acho que é capaz de resultar bem.

 

Um óptimo molho pesto para si onde quer que as avós italianas estejam,

Ele

 

receita e foto: 101 cookbooks