como harry e meghan vão sobreviver sem a mesada da rainha

    Não sei exactamente quanto é que Harry e Meghan gastam em supermercado, mas sei que só em pessoal – o que inclui, entre outros, uma ama para tomar conta do Archie e um secretário privado – vai qualquer coisa como um milhão de euros por ano. E, nestas contas, não estão incluídos os seis guarda-costas pessoais que lhes são fornecidos pela polícia britânica e que ganham mais de 100 mil euros por ano. Cada um!

    gettyimages-896535688.jpg

     

    Ter vida de príncipe não é barato. E vida de ex-príncipe pode não ser muito mais barato do que isso. Ao anunciarem que queriam a independência financeira, abdicando dos seus lugares como membros séniores da Família Real britânica, Harry e Meghan estão a recusar uma mesada de muitos milhões de euros anuais. Cerca de 5 milhões de euros são dados directamente pela Rainha, através do contributo dos contribuintes para pagar as despesas em visitas e cerimónias oficiais. Esse dinheiro será cancelado mal os Duques de Sussex deixarem de desempenhar funções oficiais.

    A isto é preciso juntar as despesas de manutenção das casas – que chegam às dezenas de milhões de euros anuais – e a mesada dada pelo Príncipe Carlos para despesas pessoais, como roupa ou viagens – que, em 2017, foi de cerca de 2 milhões de euros.

    5d2354bc21a8612ce7097906.jpg

    Se abdicarem de tudo isto, como é que Meghan e Harry vão sobreviver numa casa nova nos Estados Unidos ou no Canadá?

    Antes de começar a pensar em ajudar os futuros ex-duques, é bom saber que Harry herdou da mãe cerca de 25 milhões de euros em propriedades e dinheiro. A isto, pode juntar metade das jóias da Princesa Diana e ainda uma parte de um fundo deixado pela Rainha Mãe a todos os bisnetos. No total, segundo a Financial Review, a fortuna pessoal de Harry deve rondar os 37 milhões de euros. E há mais cerca de 5 milhões de euros da fortuna que Meghan Markle juntou antes de se casar.

    82611111_2597780790452983_6657960183731322880_n.jp

    No total, estes 42 milhões de euros deverão chegar para a ter uma vida descansada e sem grandes pressas em arranjar um emprego.

    Segundo as notícias, os futuros ex-duques querem criar uma nova instituição de caridade e eventualmente viverem de conferências. Segundo um especialista, citado pela Financial Review, Meghan poderá facilmente ganhar mais de 100 mil euros por conferência e Harry poderá igualar o cachet do ex-Presidente americano Barack Obama que recebe actualmente cerca de Meio Milhão de euros por presença.

    É claro que isto é mais do que suficiente para um casal normal, mas pode não chegar para alguém que gastou mais de 40 milhões de euros num casamento.

    70707272_2499556436942086_732403417024036864_n.jpg

    De onde vem a fortuna de Meghan 

    • 400 mil euros por ano pela série Suits. Meghan Markle ganhava cerca de 45 mil euros por episódio da série e terá gravado, no total, mais de 100 episódios
    • 70 mil euros por ano do blog The Tig. Infelizmente, em Portugal, os blogs estão longe de dar estas fortunas, mas o seu blog de lifestyle era um negócio bastante razoável. Meghan manteve-o online entre 2014 e 2017.
    • Cachets de filmes. Além de Suits, Meghan entrou em vários filmes, com cachets variados. Por exemplo, pelo filme Remember Me, em 2010, terá ganho 165 mil euros, por The Candidate recebeu pouco mais de 150 mil euros.
    • Outros rendimentos. Além da interpretação, a actriz fez publicidade e até assinou duas colecções de moda para a marca Reitmans.

    81389194_2591311144433281_6005471810139717632_n.jp

    De onde vem a fortuna de Harry 

    • 9,5 milhões de euros de uma propriedade herdada da Princesa Diana. Ao morrer, a mãe de Harry deixou três quartos de uma propriedade de 25 milhões de euros aos dois filhos. O outro quarto foi deixado aos seus 17 afilhados. Harry tomou posse desta fortuna quando fez 30 anos.
    • 8,2 milhões de euros de um fundo herdado da Rainha Mãe. Antes de morrer, a Rainha Mãe colocou toda a sua fortuna pessoal num fundo avaliado em 82 milhões de euros que deveria ser dividido pelos seus bisnetos. Segundo o jornal Evening Standard, Harry terá ficado com pouco mais de 8 milhões.
    • 400 mil euros por ano da herança de Diana. Desde os 21 anos que Harry e William recebem cerca de 400 mil euros anuais de um investimento feito pela mãe em vida.

    65087080_2433324023565328_3701217870106066944_n.jp

    • As jóias de Diana. Antes de morrer, a Princesa escreveu uma carta onde disse que queria que as suas jóias fossem divididas pelos dois filhos. O valor total não está calculado, mas só o anel de safira oferecido por William a Kate foi avaliado em mais de 350 mil euros. Antes de casar, Harry fez um anel para Meghan com pedras preciosas herdadas da mãe.
    • 52 mil euros por ano como oficial do exército britânico. Segundo a Business Insider, Harry terá recebido este ordenado durante cerca de 10 anos, período ao longo do qual todas as suas despesas eram pagas pela Família Real.
    • Cerca de 2 milhões de euros da mesada dada pelo Príncipe Carlos. Tecnicamente, ninguém sabe se Harry vai manter este rendimento, uma vez que o pai continua a ser membro da Família Real. No entanto, os principais jornais económicos internacionais calculam que Harry terá conseguido poupar uma boa parte do que recebeu até hoje.

    20190321003641.jpg

    Feitas as contas – especialmente de somar – acho que o casal não vai ter grandes dificuldades em sustentar-se depois do Megxit.

     

    Um óptimo ordenado para si onde quer que os futuros ex-duques estejam,

    Ele

     

    fotos: d.r.

     

    10 thoughts on “como harry e meghan vão sobreviver sem a mesada da rainha

    1. É inacreditável como em pleno século XXI os contribuintes Ingleses pagam ( porque gostam,porque querem ou porque nunca referendaram a monarquia ), as mordomias pornográficas destas criaturas. Eu, nós ao menos podemos escolher o Presidente que queremos e seguramente a nossa Presidência da República não gasta nem metade da monstruosa verba que a realeza Britânica. E o que é que eles fazem, para além da verborreia acéfala das revistas cor-de-rosa?Nada, minto gerem as fortunas, propriedades e agendam e reagendam putativas e exaustivas entrevistas ás ditas publicações. Está o leitor horrorizado já? Eu não. Se se fizer um exame histórico do que era a sociedade, por exemplo, no século XV, comparativamente com a actual chegaremos á brilhante conclusão que o plebeu Inglês de então não está mais “desafogado” que o cidadão da classe média dos dias de hoje. Em suma, nada mudou mas a escandalosa reverência á ignominiosa monarquia ainda se mantem.

    2. Lá, no Reino Unido, ninguém está preocupado com isso, é o que parece. Nesse ninguém estãoiincluídos não apenas os vivaldinos da nobreza, mas também os súditos. Alguém me disse que deram em nada todos os plebiscitos já realizados no reino (para saberem se acabavam com a monarquia). Ora, o povo gosta, o povo apoia, o povo decide. A maioria dos tributados pagam por isso e parecem não querer mudar nada disso. Ah, a monarquia 👑.

    3. Sabe que dos 20 locais mais visitados, em Londres, 17 são propriedade da coroa britânica? E que as recordações fazem mais de 127000 milhões de libras, anualmente?
      É que isto paga impostos e dá receitas, brutais, a muita empresa.
      No fim das contas, o estado britânico ainda ganha dinheiro com a família real.

    4. Se o Barack Obama recebe 1.6 milhões de dólares por 30 minutos de discursos, o Harry safa-se bem, só com essas aparições. A Meghan chegava a obter 5 milhões de dólares, por anúncios a marcas conhecidas… algo que foi proibida de fazer, pois a família real não pode endossar publicidade a consumismo. Deixando essa esfera, pode voltar aos anúncios, com preços superiores aos antigos.
      Ora se há uns milhares de youtubers que fazem 15-20 milhões, anualmente, o casal consegue 1-3 milhões a partilhar vídeos seus…

    5. Eles não são futuros ex-duques, porque não vão deixar de ser duques, só de serem tratados como “Alteza Real” porque não vão representar a realeza em atos oficiais (ele como príncipe vai continuar a ser “alteza real” , mas não vai usar o título) . No meio disto tudo há muita desinformação e os próprios meios de comunicação não se informam como deve ser… Tanta notícia querem dar que dão notícias falsas e com traduções erradas de comunicados oficiais… São em inglês, não em chinês…

    6. As pessoas falam um pouco sem saber: a rainha recebe uma pequena parte do rendimento que dá ao país… Só em turismo, a realeza dá muuuuuitos milhões de libras ao RU. Se se informarem em fontes sérias conseguem ter uma ideia melhor. E até parece que nós, como democracia, não pagamos milhões a políticos para, supostamente, nos representarem. Motoristas, carros, casas, viagens em 1.a classe, hotéis 5 estrelas, etc., etc. E a maioria representa é os interesses deles!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *