Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Casal Mistério

Casal Mistério

e se em vez de pastéis de nata, fizer tartes de nata?

01.04.22

Os índios comunicavam por sinais de fumo, nós comunicamos pelo cheirinho apetitoso de um bolo no forno. É sinal de que sextou. Amanhã já é fim-de-semana e preciso de deixar um bolo delicioso preparado para o nosso brunch.

Hoje vou fazer estas facílimas tartes de nata da Donna Hay: uma pequena maravilha feita com massa quebrada crocante por fora e um creme de nata, ovos e baunilha por dentro. Tudo o que vou precisar é de massa quebrada, ovos inteiros, três gemas, açúcar, leite, natas magras e pasta de baunilha. Para polvilhar por cima, preciso de noz moscada em pó. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

vanillia_custard_tarts.jpeg

Comece por cortar a massa quebrada em seis círculos com 14 cm de diâmetro. Forre com os círculos de massa seis formas para mini-tartes com 9 cm de diâmetro. Leve ao frigorífico durante 30 minutos. Corte as pontas que ficaram de fora da forma, coloque papel vegetal por cima da massa e algum tipo de peso. Leve ao forno, pré-aquecido a 180º C, durante 10 minutos. Retire o papel vegetal e os pesos e coloque mais dez minutos no forno. Quando estiver pronto, reduza a temperatura do forno para os 140º C.

Enquanto isso, bata os ovos, as gemas e o açúcar até clarear. Numa panela pequena, aqueça o leite com as natas e a baunilha. Pouco antes de começar a ferver, desligue o lume e deite lentamente por cima dos ovos sem parar de misturar. Coloque a mistura dentro das tartes e leve ao forno, já a 140º C, durante cerca de 20 minutos, até o recheio ficar consistente mas ainda cremoso. Sirva com a noz moscada polvilhada por cima.

 

Umas óptimas tartes de nata para si onde quer que os pastéis estejam,

Ele

 

receita e foto: donna hay