Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Casal Mistério

Casal Mistério

este é o nosso brunch de ano novo 2019

01.01.19

É já uma tradição na Família Mistério. E mais ainda no final de um ano em que organizámos o nosso primeiro BrunchVilla.

No dia 31 de Dezembro, os Mini-Misteriosos mais velhos podem passar a meia-noite à vontade com os amigos, mas no dia 1 de Janeiro a Família Mistério tem de estar reunida à mesa para um brunch de Ano Novo. Se a noite for calma, fazemos o brunch a horas decentes; se a noite for mais violenta, fazemos quase à hora do lanche. Mas o mais importante é fazermos um brunch como primeira refeição do ano. E todos juntos. Com mais ou menos dores de cabeça, mas todos juntos.

Este ano, esta é a nossa mesa de Brunch de Ano Novo.

MVIMG_20181225_145243.jpg

 

Os crepes blinis

É a receita preferida da minha querida Mulher Mistério. E é facílima de preparar. Especialmente porque pode comprar os crepes blinis já prontos no El Corte Inglés.

Os blinis são uns mini-crepes originários da Rússia que são mais altos do que os crepes tradicionais porque levam claras em castelo. Eu adoro.

Quando chega a hora do brunch, só precisa de aquecer os crepes durante uns minutos numa frigideira anti-aderente, bater umas natas frescas até ficarem em espuma e servir: crepes quentes por baixo, espuma fresca de natas por cima e caviar Tzar (que é um delicioso sucedâneo de caviar produzido mesmo na Rússia) no topo.

Este ano, inovei e fiz metade dos crepes com espuma de natas batidas e a outra metade com mascarpone. Depois voltei a dividir cada conjunto de crepes: metade com caviar Tzar e a outra metade com salmão selvagem fumado. Tudo uma maravilha!

Se quiser saber mais detalhes, veja a receita aqui.

MVIMG_20181225_143105.jpg

As panquecas

O nosso querido mini-misterioso com jeito para chef gosta de tratar das panquecas sem intervenções do pai (que é como quem diz: eu mesmo). E prefere fazê-las com farinha branca e com leitelho. Esta é a sua receita preferida e aquela que fez este ano cá em casa. Quer saber qual é o segredo para ficarem tão altas e com a massa mais leve e fofinha? Veja aqui.

MVIMG_20181225_145253.jpg

A salada de abacate

Este ano, resolvi inovar a tradicional esmagada de abacate que fazemos sempre. E optei por fazer uma salada de tomate cherry com abacate, coentros e malagueta. Só precisa de fazer uma cama de azeite, flor de sal, uma cebola roxa picada e uma mão cheia de coentros picados. Esmague tudo com o pilão. Junte os tomatinhos cherry cortados ao meio e o abacate em fatias. Termine com uma malagueta picada (se não gostar de muito picante, use menos malagueta). Tempere com o sumo de duas limas e misture. Hoje em dia, esta é a minha salada preferida.

16693973_VZjKz.jpeg

Os ovos 

Brunch sem ovos quentes com palitos de torrada não é brunch. Os ingleses chamam-lhe Humpty Dumpty Egg with soldiers por causa da tradicional lenga-lenga infantil com o mesmo nome. O Humpty Dumpty é um ovo cozido durante dois minutos e meio a três minutos de forma a ficar com a clara dura e a gema líquida; e os soldadinhos são torradas com manteiga cortadas em palitos.

Abra o ovo por cima, retire uma tampa de clara e tempere a gema com flor de sal, pimenta preta e um pedacinho de manteiga que vai derreter no meio da gema cremosa. Depois, molhe os palitos de torrada na gema líquida. Uma absoluta maravilha! Veja a receita completa aqui.

MVIMG_20181225_143533.jpg

A burrata

Não há melhor queijo para um brunch: fresco, cremoso, delicioso e viciante. Então quando o corta e o prato se enche daquele creme de queijo que está no interior, não há nada melhor para servir com umas tostas de pão alentejano fininhas.

Eu temperei a primeira burrata de 2019 com azeite de trufas, vinagre balsâmico e flor de sal. Para terminar, umas amêndoas tostadas picadas por cima.

MVIMG_20181225_145357.jpg

A pasta de requeijão

Mais uma receita facílima: um requeijão de Seia inteiro, esmagado com um garfo, e misturado com um iogurte grego natural inteiro. Depois pique uma mão cheia de cebolinho e misture à pasta, juntamente com flor de sal e pimenta preta moída no momento. Misture com força para ficar quase com uma espuma e sirva com uns palitos de aipo e umas mini-cenouras cruas. Vai ver como lhe saberá bem ir molhando os palitos de vegetais na pasta de requeijão.

 

As angulas

Mais outra verdadeira maravilha da natureza. As angulas são um dos meus petiscos preferidos. Muito comuns em Espanha e no Japão, são enguias bebés. Eu sei que há quem considere a captura de angulas um infanticídio gastronómico, mas, tal como em relação aos jaquinzinhos, não consigo deixar de sonhar com elas. Como a captura é muito limitada, as verdadeiras angulas chegam a custar mil euros o quilo. No entanto, é fácil encontrar nos supermercados gourmet várias marcas de sucedâneos. E vai ver que não perde em sabor o que ganha no preço.

Para as cozinhar, coloque um fio de azeite, com uns dentes de alho esmagados, numa frigideira e deixe aloirar. Este ano, salteei primeiro no azeite uns espargos verdes baby, durante dois minutos, e só depois juntei as angulas. Mais dois minutos ao lume, sempre a mexer, e já está.

MVIMG_20181225_145331.jpeg

O carpaccio 

Vários supermercados têm um óptimo carpaccio já fatiado. A única coisa que eu faço é o molho. Este ano, servi com azeite de trufas, vinagre balsâmico, flor de sal e pimenta preta moída no momento. Termine com umas lascas de Queijo da Ilha com, pelo menos, 12 meses de cura e está pronto a comer. Se quiser, também pode colocar uns pinhões tostados que ficam fantásticos. Ou um molho pesto caseiro em vez do azeite de trufas.

 

Os fumados

O salmão fumado é já um habitué nesta casa. O segredo está em comprar salmão selvagem. Eu costumo comprar do Alasca e temperar apenas com limão. Mas também pode servir com umas alcaparras por cima e umas folhas de endro. Vai ver como o sabor do salmão fumado selvagem faz uma enorme diferença.

A muxama é uma pequena maravilha. Trata-se de fatias fininhas de lombo de atum salgadas e depois secas ao sol. A receita tem dois mil anos e era feita pelos romanos. Hoje ainda encontra deliciosas muxamas preparadas de forma artesanal no Algarve. Em alternativa, pode comprar a versão industrial nos supermercados gourmet. Sirva simples, com um fio de azeite ou sem mais nada. Vai ver como acaba viciado neste presunto do mar.

A cecina é um presunto mais leve feito a partir de carne de vaca. Tem menos gordura do que o presunto de porco e por isso é menos viciante, mas é uma boa opção para começar o ano já a pensar na dieta.

MVIMG_20181225_143824.jpg

A manteiga 

Os meus queridos Filhos Mistério são viciados em manteiga de Azeitão. E eu também. E a minha Mulher Mistério também. E praticamente toda a Humanidade também. Aquele sabor entre a manteiga e o queijo é único. Uma manteiga acaba sempre antes do final do brunch.

Isto foi o que escrevi aqui no ano passado e repito as vezes que for preciso: esta é a melhor manteiga do mundo!

 

A marmelada

Há alguma coisa melhor do que marmelada com queijo? Claro que sim: marmelada com queijo e banana. Pois bem, para preparar essa pequena preciosidade costumo comprar marmelada da Quinta Côro. É a receita do convento de Odivelas e não leva corantes nem conservantes. Isto quando não consigo a marmelada caseira feita pela minha querida Mãe Mistério.

MVIMG_20181225_143041.jpg

O Bolo-Rainha

aqui disse qual era o melhor Bolo-Rainha de Lisboa. E é claro que temos de o ter à mesa para entrar no ano em grande. A massa é levíssima e a quantidade de frutos secos (entre os quais se destacam os incríveis pinhões tostados) é colossal. Fresco ou torrado, com um bocadinho de manteiga, é sempre uma pequena preciosidade.

00000IMG_00000_BURST20181225145615976_COVER.jpg

A sobremesa

Mais uma tradição infalível: framboesas, mirtilos e amoras com mascarpone caramelizado. Bata o mascarpone na batedeira com um bocadinho de açúcar. Depois espalhe mais um pouco de açúcar por cima e caramelize com o maçarico. Fácil e arrasador.

E agora vou para a mesa. Afinal, não há melhor maneira de começar mais um ano.

 

Um óptimo 2019 para si onde quer que o brunch esteja,

Ele

 

fotos: casal mistério

 

1 comentário

Comentar post