Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

este é oficialmente o melhor queijo do mundo

Eu sei que uso mais vezes a expressão "melhor do mundo" do que "bom dia", mas desta vez é mesmo a sério. Este é o melhor queijo do mundo. Ponto (agora por extenso para ter mais impacto). E não é dito por mim. Foi eleito por um júri composto por 230 prestigiados especialistas de 29 países diferentes. 

Estou a falar do maior concurso anual de queijo, com 3.472 candidatos de todo o mundo, e este ano elegeu como grande vencedor um fabuloso queijo gouda norueguês.

O Fanaost é uma pequena raridade artesanal. Produzido numa minúscula quinta com apenas com 12 vacas, é maturado durante dois anos antes de ser colocado à venda no mercado. O resultado é um queijo de produção limitadíssima e absolutamente delicioso: o segredo do sabor único está no facto de as 12 privilegiadas vacas pastarem 14 tipos diferentes de erva, provocando uma explosão de sabores difícil de igualar.

4447.jpg

 

Mas o que mais me preocupa é o facto de serem produzidos muito poucos queijos por ano. Trata-se da mais pequena produção a ganhar este prémio, ao longo de 30 anos de História do concurso de melhor queijo do mundo. E isso significa que eu vou ter de andar a bater à porta de todas as queijarias da Europa à procura desta maravilha.

A eleição do Melhor Queijo do Mundo é feita através de prova cega. Os membros do júri provam e cheiram todos os candidatos e distinguem os melhores com medalhas de bronze, prata, ouro e super ouro. Este ano, foram atribuídas 78 medalhas de super ouro. Os distinguidos foram então submetidos a uma nova prova cega  e reduzidos a 16. Estes 16 foram avaliados por um super-júri, à frente do público. E foi assim que o Fanaost derrotou o também norueguês Helfeit e o queijo de cabra francês Ossau-Iraty.

img_817x460$2017_11_17_15_51_09_321064.jpg

Entre os distinguidos, estão também alguns queijos portugueses. O queijo de cabra Palhais, dos Queijos Santiago, ganhou uma distintíssima medalha de ouro, e o queijo de cabra, da Quinta Madre de Água, e o queijo de cabra fresco recheado com malagueta, da queijaria Brejo da Gaia Gourmet, ganharam ambos medalhas de bronze. Também houve um "Queijo de Cabra Português" distinguido com a medalha de super ouro. Mas infelizmente não é produzido em Portugal. É feito em Espanha, pela Quesos Almassora.

 

Um beijo e um queijo para si onde quer que esteja,

Ele

 

fotos: d.r.

 

1 comentário

Comentar post