Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Casal Mistério

Casal Mistério

este húmus de ervilhas é uma das melhores receitas da estrela do masterchef austrália

22.02.19

pea-pepita-and-spinach-hummus-90130-2.jpg

Primeiro, vamos à pergunta mais importante do dia: qual é o seu apresentador preferido no MasterChef Austrália?

Eu cá não tenho a mais pequena dúvida: quem me tira o meu querido Matt Preston tira-me uma válvula cardíaca. Adoro a boa disposição dele, os maravilhosos lenços coloridos e, acima de tudo, aquele ar de quem dá um pulmão em troca de um bom jantar.

Acontece que o meu querido Matt Preston tem várias receitas de cair para o lado, entre as quais este fenomenal húmus de ervilhas e espinafres aqui brilhantemente reproduzido pela revista Delicious. Como qualquer bom húmus que se preze, é facílimo de fazer.

Gary-Mehigan-George-Calombaris-Matt-Preston.jpg

 

Só vai precisar de ervilhas congeladas, espinafres baby, um dente de alho esmagado (sem o germe para não se tornar indigesto), azeite extra virgem, sumo de um limão, molho tahini e sementes de abóbora tostadas. Para topping, Preston sugere umas folhas de hortelã e endro e um molho feito com sumo de limão, azeite, aipo laminado, cebolo picado, ervilhas tortas e feijão verde. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Agora vem a melhor parte de todas: a preparação. E essa parece um filme do Charlot em versão acelerada. Para o húmus propriamente dito, só precisa de escladar as ervilhas, em água a ferver, durante um a dois minutos. Passe-as por um banho de água fria para as arrefecer e coloque-as num liquidificador, ou num robô de cozinha, juntamente com os espinafres baby, o alho, o azeite e o sumo de limão. Bata tudo muito bem. Acrescente o molho tahini e as sementes de abóbora e volte a bater até ficar com um creme aveludado.

Já está. Só lhe falta fazer o topping. Escalde o feijão verde e as ervilhas tortas, em água a ferver, até começarem a ficar tenrinhos (cerca de um minuto) e dê-lhes um banho de água fria para arrefecerem. Depois lamine o feijão verde e abra as ervilhas tortas. Misture tudo, numa taça, com o cebolo, o aipo, o azeite e o sumo de limão para marinar. E sirva por cima do húmus com umas folhas de hortelã e endro fresco e mais umas sementes de abóbora tostadas.

Vai ver como é um aperitivo muito mais suave e saboroso do que o húmus tradicional. Ideal para um jantar de sexta-feira.

 

Um óptimo húmus para si onde quer que o MasterChef esteja,

Ele

 

receita: matt preston; foto: delicious