Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Casal Mistério

Casal Mistério

fettuccine de camarão com um divinal molho alfredo

12.09.19

É um clássico. Não tão clássico como Alfredo Marceneiro, mas quase. O famosíssimo Molho Alfredo nasceu em Itália, em 1914, no restaurante Alfredo's, do conhecido chef Alfredo di Lelio. Tratava-se de um fettuccine al burro – um molho de manteiga e parmesão – com uma dose extra de manteiga que o tornava ainda mais cremoso.

Tudo isto teria passado despercebido na Itália do início do século XX se duas estrelas americanas do cinema mudo não tivessem provado o prato, nos anos 20, e ficado encantados com a textura do molho. De regresso aos Estados Unidos, tentaram recriar a pecaminosa combinação de manteiga e parmesão. Mas como, na época, a manteiga americana não tinha nada a ver com a gordurosa manteiga italiana, tiveram de acrescentar natas para conseguirem recriar a cremosidade do molho. E foi assim que nasceu a pasta alfredo.

Hoje eu prefiro manter-me fiel à combinação original, evitando ao máximo as natas nos pratos italianos. Mas, às vezes, cedo. E esta fantástica receita do site The Kitchn é um desses casos que me leva a ceder. Como ingredientes principais, combina um delicioso fettuccine com camarão descascado e manteiga. Para fazer o Molho Alfredo, vai precisar de mais manteiga, alho picado, natas, queijo parmesão ralado, noz moscada e salsa, além de sal e pimenta preta moída no momento. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

k_Photo_Recipes_2019-09-how-to-shrimp-alfredo_HT-Shrimp-Alfredo_103.jpeg

 

O primeiro passo é colocar a massa a cozer. Encha uma panela de água a ferver com sal e coza a massa seguindo as instruções da embalagem, deixando-a bem al dente. Quando terminar, retire a massa mas guarde cerca de 120 ml da água onde esta foi cozida.

O tempo que a massa demorar a cozinhar será mais ou menos o tempo que o resto demorará a fazer. Seque bem os camarões descascados, tempere-os com sal e pimenta e salteie-os numa frigideira, com uma colher de sopa de manteiga derretida, durante cerca de um minuto de cada lado, até começarem a ficar encarniçados.

Coloque os camarões num prato à parte e derreta mais quatro colheres de sopa de manteiga, na mesma frigideira, sem a lavar. Junte o alho picado. Quando começar a aloirar, acrescente as natas e deixe levantar fervura enquanto mexe. Adicione o queijo parmesão, o sal, a pimenta, a noz moscada e duas colheres de sopa da água onde cozeu a massa e misture tudo muito bem, durante três a quatro minutos, até o molho engrossar.

Desligue o lume e envolva a massa neste molho. Junte os camarões e termine com a salsa picada por cima.

 

Uma óptima massa para si onde quer que o Alfredo esteja,

Ele

 

receita e foto: the kitchn