Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

hotel fazenda nova, uma casa de campo de charme perto de tavira

1074366_479752385450018_1721571528_o.jpg

Se gosta de estar no campo junto à praia, este hotel é a sua cara. Quando entrar pelos portões da Fazenda Nova vai ficar encantado com a pequena horta, as oliveiras e os caminhos de pedra que vão dar à casa principal, impecavelmente restaurada, conjugando um estilo moderno com a arquitetura tradicional portuguesa. Tudo aqui é bom: desde os materiais de construção às peças de design, das camas às almofadas de penas. Todos os detalhes primam pelo bom gosto e pela qualidade.

1073846_480811852010738_715339411_o.jpg

 

O hotel

Os donos da Fazenda Nova são um casal de ingleses que compraram a propriedade em ruínas e transformaram-na num pequeno hotel de campo, mas muito sofisticado. A propriedade, com cerca de dez hectares de terreno, tem o seu próprio pomar, horta e jardins de ervas. Aliás, os jardins convidam a passeios românticos ou à leitura de um bom livro à sombra.

1072165_483974531694470_1820931741_o.jpg

Com uma série de caminhos e recantos, cercam a casa e as suites exteriores. E depois, os proprietários tiveram a incrível ideia de trazer a praia até ao campo: a água da piscina é salgada e recriaram uma praia de areia num recanto do jardim com enormes camas com dossel e convidativos almofadões.

29665431_1747210175370893_4863633384659238243_o.jp

Depois de explorar o exterior, pode entrar na casa principal por várias portas. Uma dá acesso direto ao corredor da receção, outra entra para a sala principal e pode ainda chegar pelas traseiras, pela porta que dá acesso ao terraço e aos jardins.

lounge-008.jpg

A sala principal é cozy e confortável. Com uma decoração moderna e cosmopolita, sóbria e com apontamentos coloridos, conjuga traves de madeira recuperadas com betão e é, sem dúvida, o coração da fazenda: tem um bar, mesas com cadeiras e bancos perto do balcão do bar, onde pode tomar o pequeno-almoço ou comer qualquer coisa durante o dia, e jantar claro (todos os dias menos ao sábado) nos dias mais frios.

Lounge-034(1).jpg

Num dos cantos desta sala principal, tem uma das áreas de estar com lareira. Ao todo, tem duas salas de estar com lareiras e alguns recantos onde pode jogar jogos de tabuleiro. Na mezzanine tem ao seu dispor uma sala de música com uma impressionante coleção de vinis. Depois do jantar, pode servir-se de uma bebida no honesty bar e subir até ao andar de cima para regressar ao passado, ao som do bom e velho gira-discos.

fazendanova2017-003.jpg

Os quartos

A Fazenda Nova tem 15 quartos ao todo, sendo que os primeiros têm uma decoração moderna, mas rústica. Entretanto, abriu recentemente 5 novas suites modernas e espaçosas, claramente mais urbanas. Além das 8 suites com jardim privativo, tem ainda 2 apartamentos também com jardim, cozinha e duas áreas de estar separadas do quarto; uma Terrace Suite e uma Master Suite (esta última com 90 m2), e as 3 novíssimas Loft Suites, situadas no edifício principal. Nós ficámos numa destas.

28701267_1727025717389339_7975242180398436969_o.jp

O nosso quarto era enorme, com os tetos esconsos, a fazer lembrar o sótão de uma casa, com três janelas esculpidas no teto. O único problema é que uma das janelas não tinha nem blinders nem portadas, por isso, os raios de sol da manhã invadiam-nos o quarto sem dó nem piedade, o que para mim, que adoro dormir até tarde, foi uma espécie de tortura.

loft-fazenda-nova-tavira (9).jpg

A cama era gigante e confortável com umas almofadas tão boas, mas tão boas que só apetecia levar para casa. A casa de banho também era grande, em tons de branco, com um enorme duche e o teto também inclinado. As amenities eram da marca biológica Ren.

loft-fazenda-nova-tavira (3).jpg

Tínhamos à nossa disposição roupões e toalhas turcas brancas e fofinhas, grandes como o meu querido Marido Mistério gosta, uns flip flops e um espelho longe do lavatório para este ficar estrategicamente situado em frente a uma janela com vista para o jardim. Uma opção que não agradou ao meu querido e exigente Marido Mistério porque não conseguiu fazer a barba de frente para o espelho. Manias.

fazendanova2017-052.jpg

E a quantidade de armários no quarto? Dava para guardar roupa para um mês. As mesinhas de cabeceira abriam e fechavam-se com um pequeno toque. A cabeceira da cama escondia uma enorme secretária onde podia estar à vontade a escrever no computador todos estes disparates.

garden-suite-fazenda-nova (2).jpg

E por trás? Mais armários, que maravilha! À nossa espera, tínhamos uma garrafa de água em vidro estilizada e uma tacinha de morangos numa original mesa redonda de madeira com pés de ferro.

loft-fazenda-nova-tavira (6).jpg

Noutro recanto do quarto, uns caixotes de madeira improvisados faziam de prateleiras onde podia encontrar livros e alguns objetos de decoração.

breakfastterrace.jpg

O pequeno-almoço

Foi claramente a desilusão do hotel. Servido das 8:30 às 10:30 era bom, mas não é digno de uma diária de 250 euros. Não tinha queijo fresco nem fiambre, para mim, dois ingredientes absolutamente indispensáveis de um pequeno-almoço. Note-se que não estou a pedir champanhe e caviar, mas achei pouco variado e pobre: tinha pão algarvio, pão escuro e croissants, uns bolos secos e umas miniaturas, depois também tinha presunto, paio e salame, salmão fumado e três tipos de queijo. No buffet, vi ainda iogurtes, cereais e fruta fresca.

FazendaNovaDiningTerrace.jpg

Havia também azeite e sal, sumo de laranja e um chá gelado. Só que, além de ser pouco sofisticado, tinha pouca quantidade e tínhamos de estar sempre a pedir às simpáticas empregadas para repor. Os ovos, por exemplo, que tem de pedir (tal como o café e o leite), vieram secos e desenxabidos e, se chegar às 10:20, corre o risco de não apanhar muita coisa nas travessas. Normalmente, o pequeno-almoço é servido no terraço. Quando lá estivemos, estava vento, mas no verão é muito agradável.

30420156_1775085875916656_1250279428376026505_o.jp

Se quiser ficar a almoçar pelo hotel, tem à sua disposição refeições leves como baguettes, wraps, saladas e alguns pratos de carne ou de peixe típicos da região. E pode pré-reservar piqueniques na véspera, se quiser passar o dia na praia, por exemplo.

A vantagem deste hotel? Além de ser lindo e um refúgio de paz e tranquilidade, pode ir em qualquer altura do ano, porque em Tavira está bom tempo durante todo o ano.

IMG_0096.jpg

O bom

A decoração e os exteriores

O ótimo

Os quartos

O mau

A falta de quantidade e de variedade no pequeno-almoço

 

Um ótimo fim-de-semana,

Ela

 

fotos: fazenda nova