Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Casal Mistério

Casal Mistério

não posso acreditar: a massa carbonara da martha stewart leva natas

23.09.21

Como é que é possível?! Colocar natas no spaghetti carbonara é como pôr crème fraîche num pastel de nata (espere, essa esperteza o Jamie Oliver já fez...). Logo a Martha Stewart que eu tinha em tão elevada conta...

A beleza da carbonada está na cremosidade única dada pelas gemas cruas. Ora, juntar natas a esta cremosidade é deitar a toalha ao chão. É desistir de tudo quanto há de mais sagrado na gastronomia italiana. Francamente, ºé melhor ir jantar ao McDonald's.

Mas vamos lá à receita. Para fazer este ultraje da cozinha italiana vai precisar de uma colher de sopa de azeite virgem extra, 120 g de pancetta, guanciale ou bacon em fatias (a receita original é com guanciale), um ovo mais três gemas, 50 g de queijo parmesão ralado (a receita original é com pecorino romano), 500 g de spaghetti e – tape os ouvidos – 60 ml de natas (vade-retro Satanás!). Para ver a receita completa, consulte o site da Martha Stewart aqui.

image.jpeg

 

Reunidos os ingredientes (natas :/ incluídas), coloque a massa a cozer, seguindo as instruções da embalagem. Retire cerca de um minuto antes do tempo indicado. Escorra e guarde de parte cerca de 300 ml da água da cozedura. 

Enquanto isso, aqueça o azeite numa frigideira e cozinhe a pancetta ou guanciale até ficar crocante. Coloque num prato forrado com papel de cozinha para absorver o excesso de gordura.

Numa taça, bata o ovo com as gemas e – dobre a língua – as natas. Tempere com sal e pimenta.

Coloque cerca de 240 ml de água da cozedura na frigideira ainda com os restos de gordura. Deixe levantar fervura. Envolva a massa na água e mexa durante cerca de um minuto. Desligue o lume e vá juntando progressivamente os ovos batidos com – infelizmente – as natas, mexendo até engrossar. Espalhe o queijo ralado e termine com a pancetta por cima. Sirva com mais queijo e pimenta preta moída no momento.

Nem sei o que dizer sobre este atentado gastronómico. Nem sei quem teria coragem de experimentar esta ousadia.

 

Uma óptima carbonara para si onde quer que as natas estejam,

Ele

 

receita e foto: martha stewart